Resumo olímpico da semana

Vôlei

Captura de Tela 2017-09-13 às 00.48.37

Foto: FIVB

O Brasil ficou com a prata na Copa dos Campeões de Vôlei feminino no Japão, após 3 vitórias em 5 jogos. Começou vencendo por 3-1 a Rússia, depois perdeu de 3-2 para a China e para o Japão, antes de vencer 3-0 a coreia do Sul e fechar a campanha com 3-0 sobre as americanas. A China ficou com o ouro de maneira invicta e os Estados Unidos foram bronze também com 3 vitórias.

A seleção feminina encerra, assim, o ano com um excelente retrospecto, de 3 ouros (Grand Prix, torneio de Montreux e Sul-Americano) e uma prata em 4 competições, mas mostrou muita inconstância, embora esteja em renovação.

Canoagem Slalom

Ana Sátila não medalhou por pouco na etapa final da Copa do Mundo em La Seu D’Urgell, na Espanha. Na última competição antes do Mundial no fim do mês na França, Ana chegou às finais das duas provas que disputou. No K1, depois de fazer o melhor tempo na semifinal, acabou ficando em 4º lugar na decisão com 99.93, a 1.78 do bronze. A vitória foi da alemã Ricarda Funk com 96.82. No C1, que agora é olímpica, Ana Sátila terminou em 7º com 115.69, ficando a 2.68 do pódio. O ouro ficou com a espanhola Nuria Vilarrubla com 108.37.

Pedro da Silva, finalista olímpico, parou na semifinal do K1 em 25º.

Hipismo

A equipe brasileira formada por Pedro Muylaert/Prince Royal Z MFS, Yuri Mansur/Babylotte, Pedro Veniss/Quabri de Isle e Eduardo Menezes/Quintol foi prata na Copa das Nações no CSIO5* de Spruce Meadows, no Canadá. Somando 8 pontos, o Brasil empatou com os Estados Unidos, que contou com a bicampeã olímpica Beezie Madden. No desempate, Madden e Muylaert zeraram, mas a americana fez o percurso em 39.21 contra 39.75 do brasileiro.

Este torneio não valeu pro circuito da Copa das Nações. Apesar disso, o Brasil já está classificado pra etapa final, que será no fim do mês em Barcelona e contará com os mesmos 4 cavaleiros acima e também com Marlon Zanotelli.

Outros Esportes

img-20170910-wa0011

Equipe de karatê na Alemanha. Foto: CBK

– Os atletas brasileiros conquistaram 2 pratas na etapa final da Karate1 Premier League na Alemanha. Campeão no ano passado, Douglas Brose perdeu na final dos 60kg por 6-2 para o russo Evgeny Plakhutin. Nos 67kg, Vinicius Filgueira também perdeu na decisão 5-3 para o japonês Hiroto Gomyo.

Adilson da Silva fica em 37º no Omega European Masters de golfe, válido pelos fortes Tours Europeu e Asiático, na Suíça. Ele somou 276 tacadas, 10 acima do campeão, o inglês Matthew Fitzpatrick e ganhou 1,2029 potnos no ranking mundial. No Tour Latinoamericano, no México, nenhum brasileiro passou pelo corte.

Shayanne da Silva foi a única brasileira no Mundial Cadete de lutas, em Atenas. Nos 49kg, ela perdeu na estreia de 10-0 por superioridade para a ucraniana Tetiana Profatitilova, que foi bronze na categoria.

Anúncios

Resumo olímpico da semana

Handebol

not_grd_0000032741

Sem adversários de mesmo nível, a seleção feminina conquistou o Torneio Quatro Nações em São Bernardo. Arrasou por 40-13 o Chile e por 36-9 a República Dominicana e derrotou Portugal por 35-29.

O Brasil enfrentou 3 equipes bem fracas na preparação para o Pan, que começa no próximo domingo na Argentina e dará 3 vagas para o Mundial em dezembro na Alemanha. Na primeira fase, o Brasil pega EUA, Colômbia, Paraguai e Porto Rico.

Luta

img-20170609-wa0046

Joilson Santos Jr no topo do pódio

A equipe brasileira juvenil conquistou 8 medalhas no Pan da categoria em Lima. Apesar da greco-romana ser o pior estilo do Brasil no adulto, foram 4 medalhas na competição juvenil. O único ouro do país em Lima veio com Joilson Ramos Jr, que venceu a categoria 66kg e se tornou bicampeão continental. Ele venceu suas 3 lutas com muita tranquilidade e superioridade. Rafael Crystêllo Filho foi prata nos 120kg, Erivan Rocha nos 55kg foi bronze e Douglas Rocha nos 96kg também foi bronze.

Na luta feminina, Shayenne Silva foi prata nos 48kg ao perder para peruana por 19-17 (!!). Fabiana Alcantara nos 63kg e Thais Oliveira nos 72kg foram bronze. Na luta livre, apenas um bronze, com Daniel Nascimento nos 55kg.

Vôlei

Na 2ª semana da Liga Mundial, o Brasil foi para a Bulgária e, assim como na 1ª, venceu duas partidas e perdeu uma.

Na sexta, venceu o Canadá por 3-1 (23-25, 25-20, 25-22, 25-23). No sábado, fez 3-1 na campeã mundial Polônia (25-21 ,25-20, 17-25, 25-19) e no domingo não foi páreo para a Bulgária, que venceu por 3-1 (25-22, 25-19, 23-25, 25-19).

Após 6 jogos, o Brasil está em 3º no Grupo 1 com 4V e 2D atrás da França, que está invicta com 6 vitórias, e Sérvia, que tem 5.

Outros Esportes

– Participação bem modesta dos brasileiros no Pan de pentatlo moderno, em Santo Domigno. No masculino, William Muinhos foi 8º com 1.399 pontos (52s atrás do campeão) e Gabriel Sasaqui foi 21º com 1.297 entre 41 atletas. No feminino, Priscila Oliveira terminou em 10º com 1,264 (85s atrás da campeã) e Bianca Cavalcanti foi 18ª com 1.189 entre 28 atletas.

Bia Haddad Maia segue embalada e chegou às semifinais do Bol Open, torneio da WTA de US$ 125.000 na Croácia. Bia venceu na 2ª rodada a sueca cabeça 1 Johanna Larsson por 76(3) 61 e nas quartas derrotou a italiana Sara Errani por 61 64, até perder na semifinal para a sérvia Aleksandra Krunic de virda por 16 62 60. Com mais uma boa campanha, Bia atingiu seu melhor ranking da carreira , o 94º lugar

Alexandre Rocha ficou em 4º no Rust-Oleum Championship, em Illinois, com 281 tacadas, 7 acima do alemão campeão Stephan Jaeger. Alexandre somou 3,45333 pontos pro ranking e subiu quase 400 posições no ranking, para 858º.

Philip Greenlees venceu a seletiva brasileira para os Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires-2018, em Campinas. A FEI ainda precisa confirmar as vagas sul-americanas pros Jogos.

– Em amistoso de Rugby XV em São Paulo, Brasil vence Portugal com virada histórica. Com menos de 10min pro final da partida, os Tupis perdiam de 21-6, mas, com 3 tries seguidos, virou para 25-21

– Na Série Mundial de triatlo em Leeds (GBR), Danilo Pimentel foi 31º na prova masculina com 1:53:26, quase 7min atrás do campeão Alistair Brownlee.

Vela e tiro com arco tem seus posts próprios.

Resumo olímpico da semana

Vôlei de Praia

Captura de Tela 2017-06-07 às 00.11.27

Talita e Larissa

No Aberto de Moscou, as mulheres foram o destaque. Larissa e Talita ficaram com o título ao vencer na decisão as americanas Brooke Sweat/Summer Ross por 21-16, 21-14. As brasileiras perderam apenas um set na competição, na semifinal contra Ágatha/Duda, quando venceram por 23-21, 18-21, 15-10. Agatha/Duda acabaram com a medalha de bronze ao passarem pelas alemãs Schneider/Bieneck por 21-14, 21-8. Foi o 3º título seguido de uma dupla brasileira no circuito feminino e o 4º na temporada em 7 torneios. Foi o 61º título de Larissa no circuito, o 33º de Talita e o 15º da dupla.

Já no masculino, nenhum brasileiro chegou às semifinais. Apenas os campeões olímpicos Alison/Bruno Schmidt atingiram as 4as, onde perderam para os letões Smedins/Samoilovs de virada por 18-21, 22-20, 15-12. O título ficou com os americanos Lucena/Dalhausser. Foi o 35º título do circuito mundial de Dalhausser.

Vôlei

Na estreia de Renan Dal Zotto no comando da seleção brasileira masculina, 2 vitórias e uma derrota na 1ª rodada da Liga Mundial, em Pesaro, Itália.

Logo na 1ª partida, um grande duelo contra a campeã mundial Polônia, que venceu por 3-2 (25-20, 20-25, 19-25, 25-22, 15-8). Depois, o Brasil venceu o Irã por 3-1 (21-25, 25-19, 25-22, 25-22) e derrotou a Itália também por 3-1 (25-15, 17-25, 25-23, 25-22). O Brasil aparece em 3º na classificação geral da 1ª Divisão da Liga Mundial e a França lidera como a única a vencer os 3 jogos do fim de semana. A seleção agora parte para a Bulgária onde enfrentará além dos donos da casa, o Canadá e novamente a Polônia.

Atletismo

5390f429-b3b3-491b-82ed-0617c5c08b16

Lorraine Martins

O Brasil dominou o Sul-Americano Sub20m, disputado na Guiana. A equipe brasileira venceu 18 ouros, 11 pratas e 3 bronzes e venceu as classificações gerias por gênero e total, com 287 pontos. Lorraine Martins foi um dos destaques brasileiros ao vencer os 100m e os 200m, com bons tempos e fortes ventos contra. Nos 100m, ela fez sua melhor marca pessoal com 11.56 (-3,1m/s) e nos 200m 23.89 (-2,6m/s). Vale ressaltar que ela ainda é Sub18. Daniel do Nascimento, que disputou o Mundial de cross-country, venceu os 5.000m (14:53.71) e os 10.000m (31:01.64) com corridas táticas. Outra dobradinha foi de Saymon Hoffmann, que levou o arremesso de peso (16,57m) e o lançamento de disco (54,59m).

Na Holanda, Thiago André marcou 3:35.28, sua melhor marca pessoal nos 1.500m e conseguiu o índice para o Mundial de Londres.

Em La Coruña, na Espanha, Érica de Sena venceu a Marcha 20km com 1:29:16 e lidera com folga a classificação geral no circuito de marcha. Nos 20km masculino, Caio Bonfim ainda não chegou ao seu melhor e foi 6º com 1:21:04, sua melhor marca no ano.

Outros Esportes:

– Paola Reis foi campeã na categoria juvenil no Pan-Americano de Ciclismo BMX na Argentina. Na categoria elite, Priscilla Carnaval foi prata e Julia Alves foi bronze. Elas perderam para a argentina Gabriela Diaz. No masculino, Anderson Ezequiel ficou em 4º na elite. No domingo, pela Copa Latino-Americana, Priscilla ficou com o ouro.

– Adilson da Silva foi 15º no Aberto da Zâmbia de golfe, válido pelo Sunshine Tour e somou 1,2667 ponto no ranking mundial. Alexandre Rocha foi 39º Rex Hospital Open, válido pelo Web.com Tour.

– O Brasil ficou em 8º na Copa das Nações de hipismo saltos em St. Gallen, Suíça. Com Yuri Mansur, João Victor Castro, Karina Johannpeter e Eduardo Menezes, somando 41 pontos perdidos. A vitória ficou com a equipe da Itália, com apenas 9 pontos.

– O pivô brasileiro Rogério Moraes foi campeão da Champions League de handebol. O seu time Vardar, da Macedônia, venceu por 24-23 o Paris Saint-Germain e conquistar pela 1ª vez o título europeu.

– A IJF definiu as 16 equipes classificadas para o Mundial por equipes de judô e confirmou a presença do Brasil no masculino. A equipe feminina tinha sido campeã do Pan e já estava garantida.

– Danilo Pimentel foi 19º na Copa do Mundo de triatlo em Cagliari, na Itália. No formato sprint, ele completou em 56:22. Beatriz Neres foi a melhor no feminino com 1:05:29, em 24º lugar.

Resumo do fim de semana

Judô

A equipe brasileira faturou 13 medalhas no Grand Slam de Abu Dhabi. Na primeira competição importante após os Jogos, a equipe misturou atletas que estiveram no Rio e nomes conhecidos e alguns novos, somando 19 judocas.

Maria Suelen Altheman na final

Maria Suelen Altheman aproveitou uma chave sem nomes fortes e levou o ouro na categoria acima dos 78kg após vencer a alemã Carolin Weiss. Foram outras 4 derrotas em finais: Eric Takabatake (60kg), Victor Penalber (81kg), Luciano Correa (100kg) e Maria Portela (70kg). Foram ainda 8 medalhas de bronze: Charles Chibana (66kg), David Moura (+100kg), Nathalia Brígida (48kg), Jéssica Pereira (52kg), Ketleyn Quadros (63kg), Mariana Silva (63kg), Bárbara Timo (70kg) e Samanta Soares (78kg).

Ciclismo Estrada

Rafael Andriato teve uma ótima participação no Tour de Hainan na China. Ele venceu a 1ª etapa da competição e liderou o Tour por 2 etapas, até perder a liderança para o alemão Max Walscheid. Rafael seguiu bem até a 5ª etapa, brigando pela liderança, mas na 6ª chegou apenas em 60º, a quase 6min do vencedor da prova. O cazaque Alexey Lutsenko assumiu a liderança para não perder mais.

Após as 9 etapas, Rafael Andriato terminou apenas em 32º. Já Alex Diniz foi o melhor brasileiro, terminando na ótima 7ª posição geral, a 1min17s do cazaque campeão. Rafael ainda terminou na 2ª colocação da classificação por pontos.

Tênis

Lukaz Kubot (POL) e Marcelo Melo com os troféus do ATP500 de Viena

Ao lado do polonês Lukasz Kubot, Marcelo Melo venceu o título do ATP500 de Viena. Eles já haviam vencido este torneio no ano passado e defenderam o título com 4-6 6-3 [13-11] na final sobre o austríaco Oliver Marach e o francês Fabrice Martin. Foi o 22º título de duplas da carreira do brasileiro, que joga esta semana em Paris ao lado do canadense Vasek Pospisil antes de voltar com a parceira de Ivan Dodig para o ATP Finals em Londres.

Também em Viena, Bruno Soares e Jamie Murray perderam na semifinal para Marach/Martin, mas foi o suficiente para que a dupla aparecesse na 1ª colocação do ranking mundial de parcerias. As chances do Bruno virar número 1 do mundo nas duplas ficou um pouco mais distante, mas há ainda essa possibilidade neste ano. Se ele vencer Paris e a dupla francesa Mahut/Herbert perder nas quartas, o brasileiro se tornaria o 50º da história a liderar o ranking.

Outros Esportes

Equipe Sub20 de vôlei campeã sul-americana

Equipe Sub20 de vôlei campeã sul-americana

– Com 5 vitórias e apenas um set perdido, o Brasil conquistou o título do Sul-Americano Sub20 de vôlei feminino em Uberaba. Nos jogos decisivos, venceu por 3-1 (25-22 25-14 -23-25 25-20) e por 3-0 (25-19 25-22 25-14) o Peru para confirmar o 19º título da competição, sendo o 14º seguido. Lorrayna da Silva foi eleita a melhor da competição.

– Na 3ª etapa do circuito brasileiro de vôlei de praia em Uberlândia, Larissa/Talita conquistaram o 3º título com 21-14 21-18 sobre Elize Maia/Rebecca na final. No masculino, ouro para os campeões olímpicos Alison/Bruno Schmidt com 17-21 21-8 15-12 sobre Álvaro Filho/Saymon.

Ygor Coelho disputou o qualificatório do Aberto da França de badminton. Venceu americano na estrei por 16-21 21-17 22-20, mas abandonou a partida no meio do 3º set contra o indonésio Anthony Ginting, com parcial de 21-14 17-21 14-11 e não avançou para a chave final.

– Em Foz de Iguaçu, Ana Sátila confirmou o favoritismo e foi campeã brasileira de canoagem slalom no C1 e no K1. No masculino, Pedro Gonçalves venceu no K1, Felipe Borges levou no C1 e Charles Correa/Anderson Oliveira venceram no C2.

– No PGA Tour Latino-Americano de golfe, Rodrigo Lee foi o melhor brasileiro em competição na Colômbia, em 14º, ficando a 6 tacadas do campeão, o colombiano Andres Echavarria. Rafael Becker foi o 20º, uma tacada pior.

– Em torneio juvenil de florete feminino em Bochum, na Alemanha, válido pela Copa do Mundo do esporte, Gabriela Cecchini chegou à chave final, perdendo para grego por 15-10 na 1ª rodada, terminando em 35º no geral.

– César Almeida vence o Torneio Best Jump, Concurso Internacional de Saltos de Porto Alegre (CSI2*), sendo o único a zerar as duas passagens, faturando seu 4º título do torneio mais antigo do Brasil de hipismo.

– Seleção brasileira masculina de handebol foi convocada para a disputa do Torneio Quatro Nações, contra Canadá, Cuba e Chile, no próximo fim de semana. É o primeiro compromisso da seleção masculina após a histórica participação nos Jogos Olímpicos.

– Botafogo venceu o título geral do Campeonato Brasileiro de Remo, disputado na Lagoa Rodrigo de Freitas, vencendo 13 das 20 provas. A competição marcou a despedida de Fabiana Beltrame, campeã mundial do single skiff leve em 2011 e com 3 Olimpíadas na bagagem. Ela venceu o Skiff Quádruplo, o Double Skiff, o Double Skiff Leve e o Oito Com.

Resumo do fim de semana

Vôlei

Após perder na final do sul-americano Sub18 de vôlei, a equipe masculina perdeu novamente, agora no SulAm Sub-21 de vôlei masculino, novamente para a Argentina. Jogando em casa, os Hermanos venceram no jogo final por 3-1 de virada: 24-26 25-22 25-20 25-21.

O Brasil havia vencido os 4 jogos anteriores (Chile, Uruguai, Colômbia e Peru) por 3-0. Com a derrota, o Brasil não se classificou ainda pro Mundial da categoria de 2017 e precisará conquistar a vaga na Copa Pan-Americana. Final de ano ruim para as seleções de base.

Já no Mundial de Clubes masculino, o Sada Cruzeiro se tornou tricampeão mundial ao vencer na final por 3-0 (25-21 25-23 25-15) o time russo do Zenit Kazan em Betim. No Mundial feminino, o Rio de Janeiro decepcionou e terminou em 5º lugar.

Rugby

Seguindo o seu plano de crescimento do rugby sevens. a CBRu anunciou os novos técnicos das seleções brasileiras. O destaque é o neozelandês Reuben Samuel, que comandará a equipe feminina já neste fim de ano na primeira etapa do Circuito Mundial, em Dubai. Ele já foi técnico assistente da equipe feminina da Nova Zelândia.

O também neozelandês Jacob Mangin comandará a equipe masculina. Ele já fazia parte da equipe brasileira, mas da seleção de XV, desde 2013, e agora acumulará as duas funções. Nos Jogos do Rio, a equipe masculina perdeu todos os 5 jogos e terminou em último, enquanto as meninas venceram 3 jogos, ficando em 9º lugar.

Outros Esportes

Thiago Braz está na lista final da IAAF dos melhores do ano, concorrendo com outros 9 atletas no masculino, entre eles Usain Bolt, Mo Farah, Ashton Eaton, David Rudisha, Christian Taylor e Wayde van Niekerk.

Ane Caroline Lopes

– Ótimas marcas no Brasileiro Sub-16 de atletismo em São Bernardo. Foram estabelecidos 4 recordes brasileiros: Vitor Motin fez 69,86m no disco e 19,60m no arremesso de peso, William Lima 63,09m no dardo e Ana Caroline Lopes 48,64m no disco feminino.

– No Mundial Infanto-Juvenil de levantamento de peso, na Malásia, Laura Amaro terminou em 13º lugar nos 63kg feminino com 171kg no total. Pra quem não lembra, ela disputou o bobsled nos Jogos Olímpicos da Juventude deste ano! Nos 77kg masculino, Renan Fernandes fez 120kg no arranco, mas ficou sem marca no arremesso.

Marcelo Melo e Bruno Soares perderam nas 4as do ATP250 de Estocolmo 62 64 para o croata Mate Pavic e para o neozelandês Michael Vênus. A última final que eles jogaram juntos foi justamente em Estocolmo, mas em 2012.

Thomaz Bellucci fez boa campanha no ATP250 de Moscou, chegando nas 4as de final.Ele venceu o desconhecido turco Cem Ilkel e o russo Andrey Kuznetsov, para perder de 64 62 para o alemão Philipp Kohlschreiber.

Tiago Lobo (amador) foi 3º colocado no Aberto do Kuwait de golfe a 3 tacadas do campeão. No Aberto do Peru do PGA Latinoamericano, Rodrigo Lee melhor brasileiro em 12º.

Resumo do fim de semana

Hóquei na Grama

2016-0810-w-awards-020

Fora dos Jogos do Rio, a seleção feminina foi bronze no sul-americano  disputado em Chiclayo, no Peru. A equipe começou empatando em 0-0 com o Paraguai, mas vencendo nas disputas de penalidades por 6-5. Depois, foi arrasado pelo Chile por 8-0 e perdeu para p Uruguai por 2-0.

Na partida decisiva, venceu por 2-0 o Peru e ficou com o 3º lugar. Com isso, o Brasil não avançou para a Liga Mundial 2016-17, pois apenas as 2 primeiras seleções se classificavam. No jogo decisivo, o Uruguai venceu o Chile por 1-0 e ficou com o título. O Brasil não disputou o torneio masculino, mas está classificado para a Copa Pan-Americana, a ser disputada em agosto de 2017.

Outros Esportes

– Apesar de dominar o vôlei sul-americano, o Brasil tem pecado no campeonato Sub-19 masculino. Em Lima, o Brasil perdeu na final para a Argentina por 3-0 (25-18 25-23 25-15) e ficou com a prata. O Brasil tinha vencido 15 torneios seguidos, mas nos últimos 5 campeonatos venceu apenas 1, enquanto a Argentina soma 4 títulos. O torneio é disputado a cada dois anos.

2841850_big-lnd

Brasil x Inglaterra na Copa do Mundo Sub-17 feminina

– Com duas derrotas, o Brasil foi eliminado na 1ª fase da Copa do Mundo Sub17 de futebol feminino. Na estreia, o Brasil havia vencido por 1-0 a Nigéria, mas depois perdeu de 1-0 para a Coreia do norte e de 2-1 para a Inglaterra. Vale ressaltar que os EUA também caíram na 1ª fase também com duas derrotas.

Marcelo Melo jogou no ATP500 de Pequim como polonês Lukasz Kubot e chegou até a semifinal do torneio, perdendo por 7-5 6-4 para Jack Sock/Bernard Tomic. Já no ATP500 de Tóquio, Bruno Soares e o britânico Jamie Murray caíram nas quartas por 1-6 7-6(5) [10-8] para os colombianos Juan Sebastian Cabal/Robert Farah.

Adilson da Silva disputou torneio de golfe na Indonésia, valendo pelo Tour Asiático, mas não passou no corte por 3 tacadas.

Allan do Carmo foi bronze na etapa chinesa do circuito de Maratonas de 10km da FINA. Ele completou a prova em 1:56:05.6 atrás do italiano Simone Ruffini e do alemão Andreas Waschburger. Poliana Okimoto foi 5ª colocada e Ana MArcela dos Santos 6ª.

– Após o Brasileiro de Saltos Ornamentais, apenas 3 saltadores conseguiram índice para o Mundial Júnior, que começa no final de novembro: Isaac Souza Filho, Luis Felipe Moura e Anna Lúcia dos Santos.

 

Resumo do fim de semana

Badminton

2914479

Ygor Coelho no Rio-2016

Sem grandes nomes, rolou em Foz de Iguaçu o GP Brasil Open de badminton, que distribuiu USD55,000 de premiação. O destaque do Brasil ficou com o nosso jogador olímpico Ygor de Oliveira, que chegou às semifinais do torneio, perdendo para o malaio Zulfadli Zulfikkli, eventual campeão, por 21-18 24-22 e terminando com a medalha de bronze.

Também com o bronze no individual, Fabiana Silva perdeu na semi para a finlandesa Airi Mikkelä por 21-14 19-21 21-7. Nas duplas femininas, praticamente sem duplas estrangeiras e com vários WOs, foram uma prata e 2 bronzes para o Brasil, que encerrou com 1 prata e 4 bronzes o torneio. Lohaynny Vicente, que também esteve no Rio-2016, não disputou o torneio.

Outros Esportes

– Brasil terminou em 13º no Mundial da Juventude de Pólo Aquático masculino, em Montenegro. A equipe perdeu seus 3 jogos da 1ª fase (18-9 pra Itália,23-14 pra Hungria e 19-11 pra Montenegro), mas venceu 15-12 a África do Sul, 21-7 a China e 15-12 o Egito para terminar em 13 entre 19 equipes. O título ficou com a Croácia, com 16-13 em Montengro na final;

Raiza Goulão terminou na 20ª posição na Copa do Mundo de mountain bike em Andorra, há pouco mais de 10min da campeã, a suíça Jolanda Neff. Sueca campeã olímpica Jenny Rissveds terminou em 4º. No masculino, sem brasileiros, ouro pro francês Julien Absalon. Nino Schurter apenas em 13º.

Thiago Braz foi prata em torneio em Berlim no salto com vara com 5,72m. Foi a mesma altura do grego Konstandinos Filippidis, mas o grego passou de primeira enquanto Thiago passou apenas na 3ª tentativa.

Lin Gui disputou o Aberto da República Checa de tênis de mesa. Na qualificação, venceu suas 3 partidas, mas na chave final, perdeu na estreia de 4-2 para a húngara Dora Madarasz.

– Em 2 amistoso em estádios de futebol, a seleção brasileira de vôlei masculina venceu Portugal por 3-0 em Curitiba, na Arena da Baixada no sábado. No domingo, vitória de 3-1 em Brasília, no Mané Garrincha, com um 4º set indo a apenas 15 pontos por conta do calor que começou a deformar a quadra. Os jogos marcaram a despedida (será?) de Serginho da seleção e foram vistos por mais de 30.000 por partida.

– Na 3ª etapa da Copa do Mundo de natação em piscina curta, Felipe Lima foi prata nos 50m peito com 26.24 e bronze nos 100m peito com 57.79. Foram mais 7 ouros para Katinka Hosszu.