US Open – Dia 3

Realmente não está um bom torneio para os cabeças de chave, que caíram em massa no complemento da 1ª rodada e no início da 2ª.

Masculino

skysports-denis-shapovalov-us-open_4087429

A sensação canadense Denis Shapovalov

Cabeça 4 e principal favorito depois de Nadal (#1) e Federer (#3) – lembrando que o cabeça 2 Andy Murray desistiu antes do início –, o alemão Alexander Zverev decepcionou mais uma vez em um Grand Slam caindo em seu jogo de 2ª rodada para o croata Borna Coric por 36 75 76(1) 76(4). Sensação há 2 semanas no Masters 1.000 de Montreal, o canadense de 18 anos Denis Shapovalov mostrou que veio pra ficar e eliminou o cabeça de chave 8, o francês Jo-Wilfried Tsonga por 64 64 76(3). O sempre polêmico Nick Kyrgios manteve a escrita e criou confusão no seu jogo contra o compatriota John Millman. Kyrgios xingou e levou uma punição do árbitro de cadeira, deixando-o ainda mais irritado. Sentindo uma contusão depois do 2º set, praticamente não jogou e perdeu por 63 16 64 61. Outros 5 cabeças de chave caíram nesta quarta-feira.

Em compensação, o croata Marin Cilic e o austríaco Dominic Thiem venceram. Ciclic passou por 63 63 63 pelo alemão Florian Mayer e Thiem derrotou o desconhecido australiano Alex de Minaur por 64 61 61. Thiago Monteiro jogou por 3h46 para perder pro tunisiano Malek Jaziri por 76(5) 46 63 57 64 e Thomaz Bellucci foi arrasado pelo alemão-jamaicano Dustin Brown por 64 63 62. Nenhum dos 4 brasileiros que jogaram em simples venceram no US Open.

Feminino

Entre as mulheres, foram 7 favoritas caindo. Número 5, a dinamarquesa Caroline Wozniacki perdeu pra perigosa russa Ekaterina Makarova por 62 67(5) 61 enquanto Dominika Cibulkova perdeu de 62 57 63 para a americana Sloane Stephens. Já Maria Sharapova saiu vencedora, mas com grandes dificuldades contra a forte húngara Timea Babos, por 67(4) 64 61.

gettyimages-841071096

Garbiñe Muguruza (ESP)

Entre as favoritas que venceram, tivemos Garbiñe Muguurza (64 60 na chinesa Ying-Ying Duan), Venus Williams (75 64 na francesa Oceane Dodin), Elina Svitolina (60 67(5) 63 na checa Katerina Siniakova), Svetlana Kuznetsova (46 64 76(2) na checa Marketa Vondrousova), Agnieszka Radwanska (64 76(3) na croata Petra Martic) e a checa Petra Kvitova (61 62 na francesa Alizé Cornet).

Wimbledon – Dia 3

Vitórias dos favoritos e derrotas dos brasileiros.

Feminino

Embed from Getty Images

Bia Haddad Maia fez um ótimo jogo contra a número 2 do mundo, a romena Simona Halep na Quadra 1, a 2ª maior do complexo. Bia começou bem abrindo logo 3-0, mas deixou Halep empatar. Depois quebrou novamente e chegou a sacar para fechar o 1º set em 5-3, mas a romena venceu 4 games seguidos. No 2º set, games muito disputados, mas com 4-3, Halep quebrou a brasileira de zero e venceu com 75 63. Bia mostrando que tem grande potencial e tudo para encarar as melhores do mundo! Foi uma pena pegar a Halep logo na 2ª rodada. A romena enfrentará a chinesa Shuai Peng (62 62 na espanhola Carla Suárez Navarro).

Também venceram e estão na 3ª rodada: Elina Svitolina (63 60 na italiana Francesca Schiavone), a campeã de Roland Garros Jelena Ostapenko (46 76(4) 63 na canadense Françoise Abanda), Dominika Cibulkova (64 64 na americana Jennifer Brady), Venus Williams (46 64 61 na chinesa Qiang Wang), Johanna Konta (76(4) 46 10-8 na croata Donna Vekic) e Victoria Azarenka (63 63 na russa Elena Vesnina).

Masculino

andy-murray-627444

Andy Murray

Andy Murray segue como favorito e derrotou o alemão/jamaicano Dustin Brown por 63 62 62 para alcançar a 3ª rodada. Terá pela frente o italiano Fabio Fognini (76(3) 64 62 no checo Jiri Vesely). Rafael Nadal foi outro que sobrou ao derrotar o americano Donald Young por 64 62 75. O espanhol pega agora o russo Karen Khachanov, que venceu de virada o brasileiro Thiago Monteiro por 36 76(5) 76(3) 75.

Seguem na disputa pelo título Kei Nishikori (64 67(7) 61 76(6) no ucraniano Sergiy Stakhovsky), Marin Cilic (76(2) 64 75 no alemão Florian Mayer), o britânico Aljaz Bedene (63 36 63 63 no bósnio Damir Dzumhur) e o luxemburguês Gilles Müller (75 67(7) 46 63 97 no checo Lukas Rosol).

Duplas

Marcelo Melo e Lukasz Kubot passearam pelos holandeses Wesley Koolhof e Matwé Middelkoop com 64 60 63 em apenas 1h20min. Já André Sá e o israelense Dudi Sela perderam de virada por 36 36 75 76(5) 63 para Nicholas Monroe/Artem Sitak. Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva também perderam na 1ª rodada, de 62 76(5) 62 para Fabrice Martin/Daniel Nestor.

 

Wimbledon – Dia 2

Num dia sem grandes surpresas, favoritos avançam e quase sem jogar.

Masculino

6ae2f360-60dd-11e7-8e9a-26934b659213

Quem foi na quadra central saiu bem desapontado, pois viu dois jogos masculinos acabarem no início do 2º set por abandono. Novak Djokovic vencia o eslovaco Martin Klizan por 63 20 quando o adversário abandonou. Logo depois, entrou Roger Federer, que vencia por 63 30 quando o ucraniano Alexander Dolgopolov abandonou.

Também venceram nesta terça-feira o canadense Milos Raonic (76(5) 62 76(4) sobre o alemão Jan-Lennard Struff), o alemão Alexander Zverev (64 76(3) 63 no russo Evgeny Donskoy), o austríaco Dominic Thiem (64 64 63 no canadense Vasek Pospisil), o checo Tomas Berdych (63 36 76(4) 64 no francês Jeremy Chardy) e o argentino Juan Martin Del Potro (63 36 76(2) 64 no australiano Thanasi Kokkinakis). Thomaz Bellucci apanhou do desconhecido qualifier austríaco Sebastian Ofner, 217º do ranking, por 62 63 62 e foi eliminado.

Feminino

Cabeça 1 Angelique Kerber venceu a qualifier americana Irina Falconi por 64 64. Outras favoritas que avançaram foram Garbiñe Muguruza (62 64 na russa Ekaterina Alexandrova), Agnieszka Radwanska (76(3) 60 na sérvia Jelena Jankovic), Svetlana Kuznetsova (63 62 na tunisiana Ons Jabeur), Karolina Pliskova (61 64 na russa Evgeniya Rodina) e Caroline Wozniacki (64 46 61 na húngara Timea Babos).

Roland Garros – Dia 4

Derrotas brasileiras em simples e uma surpresa árabe histórica.

Masculino

Embed from Getty Images

No jogo que não havia terminado no dia anterior, o favorito da casa Jo-Wilfried Tsonga caiu na 1ª rodada para o desconhecido argentino Renzo Olivo por 3-1, parciais 75 64 67(6) 64. Ele não perdia na estreia de um Grand Slam desde 2007! Pela 2ª rodada, os dois brasileiros que jogaram perderam. Rogério Dutra Silva surpreendeu o cabeça 5 Milos Raonic no 1º set com 64, mas levou a virada do canadense, perdendo por 46 62 63 64. Já Thomaz Bellucci começou bem também, mas levou um 3-0 do francês Lucas Pouille com 76(5) 61 62, alegando problemas físicos nos glúteos.

Novak Djokovic passou tranquilo pelo português João Sousa com 61 64 63, assim como Dominic Thiem (75 61 63 no italiano Simone Bolelli), Rafael Nadal (61 64 63 no holandês Robin Haase) e Grigor Dimitrov (63 64 75 no espanhol Tommy Robredo).

Feminino

gettyimages-6909558701

Ons Jabeur (TUN)

O nome do dia foi a tunisiano Ons Jabeur, que eliminou a 6ª favorita, a eslovaca Dominika Cibulkova por 64 63. Jabeur entrou como lucky-loser após perder na última rodada do qualifying e se tornou a 1ª tenista de um país árabe a chegar a 3ª rodada de um Grand Slam! Ela enfrenta agora a suíça Timea Bacsinszky (60 62 na americana Madison Brengle).

Vitórias também da atual campeã Garbiñe Muguruza (67(4) 64 62 na estoniana Anett Kontaveit), de Svetlana Kuznetsova (76(5) 57 63 na francesa Océane Dodin) e de Caroline Wozniacki (bicicleta 60 60 na canadense Françoise Abanda.

Duplas

Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot venceram de virada os franceses Julien Benneteau e Jeremy Chardy por 36 62 63 e estão na 2ª rodada. Foi uma ótima notícia pro brasileiro a derrota da dupla francesa cabeça 2 Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut para os australianos Nick Kyrgios e Jordan Thompson por 76(8) 46 63. Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell caíram na estreia para Ivan Dodig/Marcel Granollers por 64 64.

Roland Garros – Dia 1

O 2º Grand Slam começou neste domingo com uma sessão não muito grande, mas já algumas surpresas.

Feminino

cat8rflnp7xdrj5sz9vm

Angelique Kerber caiu na 1ª rodada

Logo no 2º jogo da Philippe-Chatrier, a principal quadra do complexo, a número 1 do mundo Angelique Kerber caiu por fáceis 62 62 para a russa Ekaterina Makarova. Ano passado, Kerber também havia caído na estreia. Na abertura da quadra, a checa Petra Kvitova derrotou a americana Julia Boserup por 63 62. Também tivemos vitória de Venus Williams (64 76(3) em Wang Qiang-CHN), Dominika Cibulkova (62 61 em Lara Arruabarrena-ESP), Svetlana Kuznetsova (75 64 em Christina McHale-USA) e a porto-riquenha campeã olímpica Monica Puig (63 36 62 na cabeça 31 Roberta Vinci-ITA).

Masculino

Embed from Getty Images

O brasileiro Thomaz Bellucci bobeou no começo e por pouco não se complicou para vencer o sérvio Dusan Lajovic por 46 75 64 64. Bellucci agora enfrentará o cabeça 16 Lucas Pouille, que derrotou num longo duelo francês Julien Benneteau por 76(6) 36 46 63 64. O brasileiro não chega a 3ª rodada de Roland Garros desde 2011.

Principal favorito a jogar neste domingo, o austríaco cabeça 6 Dominic Thiem atropelou o australiano Bernard Tomic por 64 60 62. Também venceram Grigor Dimitrov (62 63 64 em Stephane Robert-FRA), Ivo Karlovic (76(5) 75 64 em Stefanos Tsitsipas-GRE), Albert Ramos Viñolas (67(7) 61 64 62 em Marius Copil-ROU) e Pablo Carreño Busta (64 62 62 em Florian Mayer-GER). O único cabeça de chave a perder no dia foi o 26º, o luxemburguês Gilles Muller, que perdeu por 76(4) 67(2) 62 62 para o espanhol Guillermo García López.

Resumo olímpico da semana

Tênis

Duas finais para brasileiros na semana nos circuitos mundiais. Em Houston, Thomaz Bellucci perdeu na final para o americano Steve Johnson por 64 46 76(5). Bellucci teve boas chances de vencer e não conseguiu aproveitar, mesmo quando o adversário se arrastava com câimbras. Foi a 8ª final do brasileiro no circuito, que tem 4 vitórias e 4 derrotas. Se o brasileiro vencesse no 3º set, ele seria o 1º desde 2004 a vencer um título do circuito tendo vencido todos os jogos do torneio por 2 sets a 1.

880x400_noticia_58f2a8fc22704_15-04-2017_20-13-00

No WTA de Bogotá, onde as brasileiras tem se saído bem ultimamente, Beatriz Haddad Maia ficou com o título do torneio de duplas ao lado da argentina Nadia Podoroska. Elas venceram por 63 76(4) a paraguaia Veronica Cepede Royg e a polonesa Magda Linette. Foi o 2º título da carreira da Bia no circuito WTA, repetindo o feito de Bogotá em 2015.

Ciclismo Estrada

podiobra

Os ciclistas brasileiros da Soul Brasil Pro Cycling Team dominaram o pódio da Volta do Uruguai, válida pelo Tour Americano da UCI. Após 10 etapas, Magno Nazaret ficou com o título geral com o tempo de 31h09m09s, seguido de Murillo Affonso a 2min36s e de Flávio Cardoso Santos, a 2min43s.

No feminino, Flávia Oliveira, que compete pela equipe belga Lares-Waowdeals, ficou em 17º lugar na Amstel Gold Race, na Holanda neste domingo, a 1min51s da campeã, a holandesa Anna van der Breggen, com 3:15:57. Flávia ganhou 8 pontos pro ranking mundial e foi a melhor de sua equipe na prova.

Atletismo

Em Taicang, na China, Caio Bonfim venceu a etapa do circuito mundial de marcha. 4º no Rio-2016, Caio completou os 20km em 1:22:16, 3s pior que sua melhor marca do ano estabelecida no início do mês em Portugal. Caio contou com as ausências dos principais nomes chineses da prova, como o campeão olímpico Wang Zhen e o vice Cai Zelin e o campeão olímpico em Londres Chen Ding. Ao mesmo tempo foi disputado o Grand Prix Nacional, vencido por Wang Rui com 1:21:58, mas ele não estava inscrito na prova internacional.

No feminino, Érica de Sena ficou em 4º com 1:31:31, atrás de 3 chinesas, incluindo Xiuzhi Lu, bronze no Rio e vencedora desta prova com 1:31:01.

Nos EUA, Darlan Romani venceu prova de arremesso de peso em Clermont, na Flórida, com 19,79m. No mesmo evento, Cleverson Oliveira foi ouro no lançamento de disco com 55,59m. Paulo André de Oliveira foi 2º colocado no 100m com 10.08, mas com um vento (quase um furacão) de 5,5m/s.

Outros Esportes

– Em tomada de tempo no Clube Pinheiros, destaques para 49.53 nos 100m livre de Gabriel Santos, 27.53 nos 50m peito de Felipe França, 23.01 de Nicholas Santos nos 50m borboleta (a 0.25 do recorde sul-americano), César Cielo com 22.04 nos 50m livre. O tempo nem é tão bom, mas finalmente uma brasileira volta a baixar dos 2:30 nos 200m peito! Pamela Souza fez 2:29.73.

– Ex-número 1 do mundo Vinicius Figueira foi 7º na Premier League de Karatê em Rabat, Marrocos. Nos 67kg, ele venceu 3 marroquinos, perdendo para egípcio nas 4as. Ele foi pra repescagem, mas perdeu para tunisiano.Já a vice mundial Valéria Kumizaki caiu logo na estreia dos 55kg para turca.

– Na 3ª etapa do circuito mundial feminino de surfe, Silvana Lima ficou em 9º lugar no Rip Curl Pro, na Austrália. Ela está em 14º no geral após 3 das 10 etapas.

Resumo da semana olímpica

Pólo Aquático

gustavogrummy

Grummy

A seleção brasileiro masculina de polo aquático venceu o título da Copa UANA e garantiu vaga pro Mundial de Esportes Aquáticos em Budapeste. Na 1ª fase, o Brasil venceu 9-6=3 a Argentina, 29-5 Trinidad & Tobago e perdeu pro Canadpa por 8-4. Nas semifinais, nova vitória sobre a Argentina, por 11-5, e na decisão, uma ótima vitória de 6-5 sobre o Canadá. O Brasil foi pro último quarto perdendo de 4-3 e virou para 6-5. Grummy foi eleito o melhor jogador do torneio.

A seleção está bem diferente da que disputou os Jogos do Rio. Alguns jogadores saíram da seleção, alguns se aposentaram do esporte e o técnico não é mais o croata Ratko Rudic.

Esgrima

Na Copa do Mundo de florete em Bonn, Alemanha, Heitor Shimbo fez excelente fase de poules e se classificou direto pra chave principal. Guilherme Toldo precisou passara pelas rodadas preliminares, mas também chegou ao top64, onde ambos perderam na estreia: Toldo de 15-6 para o egípcio Alaaeldin Abouelkassem e Shimbo de 15-5 para o sul-coreano Heo Jun. Em Legnano, na Itália, Nathalie Moellhausen perdeu na estreia na Copa do Mundo de espada por 12-10 para a italiana Marta Ferrari.

Mas o belo resultado foi na prova por equipes no florete masculino. No 1º confronto, o Brasil derrotou por 41-40 a Grã-Bretanha e chegou às 4as de final. Pegando a forte Itália, levou uma surra de 45-17, depois peredu por 45-40 pra China e de 45-29 pra Alemanha, terminando na ótima 8ª posição, subindo para a excelente 7ª posição do ranking mundial.

Outros Esportes

Thiago Braz conquistou mais uma medalha em provas indoor na Europa. Em Berlim, o campeão olímpico foi prata no salto com vara com 5,70m, ficando atrás do polonês Piotr Lisek, com 5,86m. Em 3 competições, ele ficou com um ouro, uma prata e um bronze.

Letícia Cherpe de Souza, que disputou o revezamento 4x400m nos Jogos do Rio, estabeleceu novo recorde brasileiro indoor nos 400m na sexta-feira, dia 10. Em Fayetteville, Arkansas, EUA, ela marco 52.54, batendo o recorde anterior que era dela mesma, de 52.93, estabelecido no dia 4 de fevereiro.

dy3wcb4zw5

Guilherme Müller

– Guilherme Müller e Letícia Candido venceram a 1ª etapa da Taça Brasil de mountain bike, em Campo Largo, Paraná. Guilherme deixou pra trás nomes fortes do país, como Henrique Avancini e Luiz Henrique Cocuzzi.

Adilson da Silva passou pelo corte em torneio na Malásia válido pelo European Tour, terminando em 59º com 288 tacadas, 19 acima do paraguaio Fabrizio Zanotti, vencedor da prova. Na Colômbia, pelo web.com Tour, Alexandre Rocha foi 54º com 285 tacadas, 14 a mais que o vencedor, o americano Erhan Tracy.

Luiz Francisco Azevedo foi vice em GP5* nos EUA neste sábado. A prova teve uma alta premiação de USD 380.000 e Luiz Francisco levou USD 76.000. No mesmo torneio, mas na sexta-feira, Yuri Mansur foi 3º colocado em prova de 1,45m.

Thomaz Bellucci chegou às semifinais do ATP250 de Quito, no Equador. Ele perdeu pelo 3º ano seguido no torneio para o dominicano Victor Estrella Burgos, agora por 76(4) 76(3). Estrella Burgos conquistou o tricampeonato seguido da competição.

– Na Fed Cup, o Brasil teve uma participação bem fraca. Começou perdendo de 2-1 pra Colômbia, depois venceu 3-0 o México e perdeu 2-1 pra Argentina e pro Chile. Ficou em 4º no grupo e precisou duelar contra a Bolívia parfa não cair. Venceu por 2-0 e se manteve no Grupo I das Américas.

– A equipe de Hugo Calderano foi eliminada nas 4as da Champions League de tênis de mesa. O Ochsenhausen perdeu para o Borussia Düsseldorf. Hugo perdeu pro super alemão Timo Boll por 3-1.

Australian Open – Dias 3 e 4

Surpresas quase inacreditáveis na 2ª rodada e a saída precoce da dupla atual campeã.

Masculino

Na quarta-feira, primeiro dia de disputas da 2ª rodada, a maior eliminação veio por conta do britânico Daniel Evans, que tirou o cabeça número 7, o croata Marin Cilic. O britânico chega pela 3ª vez seguida a uma 3ª rodada de Grand Slam ao passar pelo croata com parciais de 36 75 63 63 após pouco menos de 3h de jogo e vai enfrentar na 3ª fase o australiano Bernard Tomic (75 76(4) 46 76(5) em Victor Estrella Burgos-DOM). Andy Murray não teve dificuldades contra o russo Andrey Rublev, vencendo por 63 60 62. Kei Nishikori (63 64 63 e Jeremy Chardy-FRA) e Stan Wawrinka (63 64 64 em Steve Johnson-USA) também avançaram, assim como Tomas Berdych (63 76(6) 62 em Ryan Harrison-USA) e Jo-Wilfried Tsonga (62 62 63 em Dusan Lajovic-SRB). Berdych fará um belo jogo de 3º rodada contra Roger Federer, que venceu 75 63 76(3) o qualifier americano Noah Rubin.

Denis Istomin (UZB)

Denis Istomin (UZB)

Já nesta quinta-feira, a maior zebra em muitos anos, com Novak Djokovic caindo ainda na 2ª rodada! Ele foi surpreendido pelo uzbeque Denis Istomin, apenas o atual 117º do ranking e convidado do torneio! Istomin (que já chegou a ser 33º do mundo) jamais chegou a uma 4ª rodada de Grand Slam e só havia vencido um top-10 na história (David Ferrer, 5º em Indian Wells, em 2012). A última vez que o Djoko perdeu em um Grand Slam na 2ª rodada (ou antes) havia sido na 2º rodada de Wimbledon em 2008! O uzbeque precisou de 4h48 para derrotar o sérvio por 76(8) 57 26 76(5) 64!

Rafael Nadal venceu fácil o cipriota Marcos Baghdatis por 63 61 63. Também avançam  Milos Raonic (63 64 76(4) em Gilles Muller-LUX), Gael Monfils (63 64 16 60 em Alexandr Dolgopolov-UKR), Dominic Thiem (62 61 67(6) 64 em Jordan Thompson-AUS), David Goffin (64 60 63 em Radek Stepanek-CZE) e Roberto Bautista-Agut (62 63 63 em Yoshihito Nishioka-JPN). Depois da grande virada na 1ª rodada, Rogério Dutra Silva perdeu na 2ª para o francês Gilles Simon por 64 61 61.

Feminino

Angelique Kerber (GER)

Angelique Kerber (GER)

Atual campeã e cabeça 1, a alemã Angelique Kerber segue sem empolgar. Após sofrer na estreia, passou pela 2ª rodada pela compatriota Carina Wotthöft com 62 67(3) 62, precisando de 2h08 para vencer. Garbiñe Muguruza também espantou a zebra, vencendo a americana Samantha Crawford por 75 64, assim como Venus Williams (63 62 em Stefanie Vögele-SUI), Svetlana Kuznetsova (62 61 em Jaimee Fourlis-AUS) e Elina Svitolina (64 61 em Julia Boserup-USA). Já a cabeça 10 Carla Suárez Navarro perdeu de 76(1) 63 para a romena Sorana Cirstea.

Nesta quinta, a zebra do lado feminino veio com a derrota de Agnieszka Radwanska para a croata Mirjana Lucic-Baroni por 63 62. A croata, aliás, é uma especialista em zebras em Grand Slams. Ela eliminou duas vezes a Simona Halep, uma no US Open de 2014 na 3ª rodada, quando a romena era cabeça 2, e outra em Roland Garros em 2015 na 2º rodada, onde Halep era a 3ª favorita. Já Serena Williams venceu bem Lucie Safarova com 63 64. Outras que passam para a 3ª rodada são Johanna Konta (64 62 em Naomi Osaka-JPN), Dominika Cibulkova (64 76(8) em Su-wei Hsieh-TPE), Karolina Pliskova (60 62 em Anna Blinkova-RUS) e Timea Bacsinszky (61 76(5) em Danka Kovinic-MNE).

Duplas

Embed from Getty Images

Apenas 2 dos 5 brasileiros venceram na estreia de dupla. Defensores do título de 2016, Bruno Soares e Jamie Murray decepcionaram e perderam na estreia para os americanos Sam Querrey/Donald Young por 63 76(5), perdendo quase 2.000 pontos no ranking. Já Marcelo Melo e o seu novo parceira Lukasz Kubot venceram 75 46 64 os suecos Johan Brunström/Andreas Siljeström, a 1ª vitória da dupla este ano.

Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell passaram pelo argentino Guillermo Durán e pelo português João Sousa por 76(2) 64. Mas André Sá e o indiano Leander Paes caíram na estreia de virada para os cabeças 10 Treat Huey-PHI/Max Mirnyi-BLR po 46 76(3) 64. Thomaz Bellucci e o argentino Máximo Gonzalez também perderam, por 64 76(4) para Rohan Bopanna-IND/Pablo Cuevas-URU.

Australian Open – Dia 1

O 1º Grand Slam do ano começou com dificuldades para vários favoritos e o retorno de Roger Federer.

Masculino

3227721269-andy-murray-busca-o-titulo-inedito-no-aberto-da-australia

Andy Murray (GBR)

Número 1 em um Grand Slam pela primeira vez, Andy Murray teve certa dificuldade contra o ucraniano Illya Marchenko, mas venceu por 3-0, parciais de 75 76(5) 62. Ele enfrentará na 2ª rodada o russo Andrey Rublev (46 63 76(0) 63 em Yen-hsun Lu-TPE). Outros três fortes favoritos sofreram bem mais. Campeão em 2014, o suíço Stan Wawrinka precisou de 5 sets para passar pelo eslovaco Martin Klizan por 46 64 75 46 64 e pega o americano Steve Johnson. Kei Nishikori teve um resultado parecido, passando pelo russo Andrey Kuznetsov por 57 61 64 67(6) 62 e agora pega o francês Jeremy Chardy, que só jogou 4 games contra o espanhol Nicolas Almagro. Com 4-0 pro francês, Almagro abandonou a partida. Já Marin Cilic precisou sair de um 0-2 contra o polonês Jerzy Janowicz e virar em 3-2 com 46 46 62 62 63.

Embed from Getty Images

Os dois brasileiros caíram na estreia. Thomaz Bellucci não impôs dificuldades ao australiano Bernard Tomic, que venceu por 62 61 64 em apenas 1h37. Thiago Monteiro também perdeu na estreia, mas pelo menos venceu um set sobre o francês Jo-Wilfried Tsonga, cabeça 12. Parciais de 61 63 67(5) 62. Apenas cabeça de chave 17, Roger Federer não jogava no circuito desde a semifinal de Wimbledon e voltou com vitória de 75 36 62 62 sobre o austríaco Jurgen Melzer.

Feminino

Atual campeã, a alemã Angelique Kerber sofreu para vencer a ucraniana Lesia Tsurenko, por 62 57 62 em 2h03. Pela segunda rodada enfrentará a compatriota Carina Witthöft. Mas a maior surpresa do dia foi a precoce derrota da romena Simona Halep. Cabeça 4, ela levou 63 61 da americana Shelby Rogers em apenas 1h15.

Entre as outras principais favoritas, vitórias de Garbiñe Muguruza (75 64 em Marina Erakovic-NZL), Venus Williams (76(5) 75 em Kateryna Kozlova-UKR), Svetlana Kuznetsova (60 61 em Mariana Duque Mariño-COL) e a campeã olímpica Monica Puig (60 61 em Patricia Maria Tig-ROU).

Resumo do fim de semana

Vôlei

Após perder na final do sul-americano Sub18 de vôlei, a equipe masculina perdeu novamente, agora no SulAm Sub-21 de vôlei masculino, novamente para a Argentina. Jogando em casa, os Hermanos venceram no jogo final por 3-1 de virada: 24-26 25-22 25-20 25-21.

O Brasil havia vencido os 4 jogos anteriores (Chile, Uruguai, Colômbia e Peru) por 3-0. Com a derrota, o Brasil não se classificou ainda pro Mundial da categoria de 2017 e precisará conquistar a vaga na Copa Pan-Americana. Final de ano ruim para as seleções de base.

Já no Mundial de Clubes masculino, o Sada Cruzeiro se tornou tricampeão mundial ao vencer na final por 3-0 (25-21 25-23 25-15) o time russo do Zenit Kazan em Betim. No Mundial feminino, o Rio de Janeiro decepcionou e terminou em 5º lugar.

Rugby

Seguindo o seu plano de crescimento do rugby sevens. a CBRu anunciou os novos técnicos das seleções brasileiras. O destaque é o neozelandês Reuben Samuel, que comandará a equipe feminina já neste fim de ano na primeira etapa do Circuito Mundial, em Dubai. Ele já foi técnico assistente da equipe feminina da Nova Zelândia.

O também neozelandês Jacob Mangin comandará a equipe masculina. Ele já fazia parte da equipe brasileira, mas da seleção de XV, desde 2013, e agora acumulará as duas funções. Nos Jogos do Rio, a equipe masculina perdeu todos os 5 jogos e terminou em último, enquanto as meninas venceram 3 jogos, ficando em 9º lugar.

Outros Esportes

Thiago Braz está na lista final da IAAF dos melhores do ano, concorrendo com outros 9 atletas no masculino, entre eles Usain Bolt, Mo Farah, Ashton Eaton, David Rudisha, Christian Taylor e Wayde van Niekerk.

Ane Caroline Lopes

– Ótimas marcas no Brasileiro Sub-16 de atletismo em São Bernardo. Foram estabelecidos 4 recordes brasileiros: Vitor Motin fez 69,86m no disco e 19,60m no arremesso de peso, William Lima 63,09m no dardo e Ana Caroline Lopes 48,64m no disco feminino.

– No Mundial Infanto-Juvenil de levantamento de peso, na Malásia, Laura Amaro terminou em 13º lugar nos 63kg feminino com 171kg no total. Pra quem não lembra, ela disputou o bobsled nos Jogos Olímpicos da Juventude deste ano! Nos 77kg masculino, Renan Fernandes fez 120kg no arranco, mas ficou sem marca no arremesso.

Marcelo Melo e Bruno Soares perderam nas 4as do ATP250 de Estocolmo 62 64 para o croata Mate Pavic e para o neozelandês Michael Vênus. A última final que eles jogaram juntos foi justamente em Estocolmo, mas em 2012.

Thomaz Bellucci fez boa campanha no ATP250 de Moscou, chegando nas 4as de final.Ele venceu o desconhecido turco Cem Ilkel e o russo Andrey Kuznetsov, para perder de 64 62 para o alemão Philipp Kohlschreiber.

Tiago Lobo (amador) foi 3º colocado no Aberto do Kuwait de golfe a 3 tacadas do campeão. No Aberto do Peru do PGA Latinoamericano, Rodrigo Lee melhor brasileiro em 12º.