Roland Garros – Dia 14

Parecia que a romena Simona Halep espantaria a zebra Jelena Ostapenko e iria vencer seu 1º título de Grand Slam. Parecia.

french-open_294a1a1a-4df4-11e7-942b-1b07039b2a8c

Jelena Ostapenko (LAT)

Depois de perder o 1º set por 64, Ostapenko, que j;a vinha dando baile em winners, se recuperou e virou o jogo. Com 20 anos recém-completados (ela fez aniversário na quinta-feira), Ostapenko venceu seu 1º título da carreira justo em um Grand Slam. A letã marcou 46 64 63 e com incríveis 54 winners em 1h59min de jogo faturou o título inédito. Foram 299 winners em 7 jogos em Paris!

Sua história é muito parecida com a do Guga, que venceu o seu 1º título justamente em Roland Garros há 20 anos. Aquela final contra o espanhol Sergi Bruguera de 1997 completou aniversário na quinta-feira. Ou seja, Ostapenko nasceu no dia do 1º título do brasileiro.

47ª do mundo antes do torneio, Ostapenko fará sua estreia no top-15 no ranking desta segunda-feira, quase no top-10.

Nas duplas masculinas, vitória do americano Ryan Harrison e do neozelandês Michael Venus por 76(5) 67(4) 63 sobre o americano Donald Young e o mexicano Santiago Gonzalez. Foi o 1º título de um tenista da Nova Zelândia desde 1979.

Anúncios

Roland Garros – Dia 13

Um grande jogo e mais um passeio de Nadal.

Masculino

wawrinka

Stan Wawrinka (SUI)

Nas semifinais masculinas, Stan Wawrinka saiu duas vezes atrás do placar para virar o jogo sobre Andy Murray, conquistar sua 4ª vitória sobre um número 1 do mundo e sua 4ª final de Grand Slam na carreira. O suíço, campeão do torneio em 2015, venceu a 1ª semifinal sobre o escocês por 67(6) 63 57 76(3) 61 em jogo de 4h34min.

Já no 2º jogo, mais um passeio de Rafael Nadal. O espanhol, que está muito perto do seu 10º (!!) título de Roland Garros  nem deixou o austríaco Dominic Thiem ver a cor da bola. Muito superior, o espanhol venceu por 63 64 60 e segue sem perder sets neste torneio! Em 6 partidas, Nadal venceu 98 games e perdeu apenas 29! Se Nadal vencer a final por 3-0, será seu 3º título em RG sem perder sets! Ele fez isso em 2008 e 2010.

Duplas

O americano Ryan Harrison e o neozelandês Michael Venus venceram 46 63 64 os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah para garantir a vaga na final de duplas masculinas, a 1ª final de Grand Slam dos dois.

No feminino, a final será entre as australianas Ashleigh Barty e Casey Dellacqua (75 46 63 em Lucie Hradecka/Katerina Siniakova) e as cabeças número 1 Bethanie Mattek-Sands/Lucie Safarova (64 62 em Martina Hingis/Yung-Jan Chen). Barty chega a sua 4ª final de GS de duplas femininas e Dellacqua a sua 7ª. Ambas nunca venceram um título! Já Mattek-Sands/Safarova buscam o 5º título de GS da parceria.