Duas medalhas no Jr de Judô

Mais duas medalhas pro Brasil no Mundial Jr (Sub21) de judô, disputado na semana passada na Croácia. Com isso, o país encerra os Mundiais de Judô de 2017 com pelo menos um ouro em todas as categorias. Vale lembrar que ainda teremos o Mundial Open no Marrocos, sem brasileiros.

66pod-1508441004-1508441004

Daniel Cargnin no pódio. Foto: IJF

O grande destaque foi do número 1 do mundo na categoria Jr até 66kg, Daniel Cargnin. O brasileiro comprovou o favoritismo e venceu suas 5 lutas para faturar o ouro. Teve grande dificuldade na semifinal contra o georgiano Bagrati Niniashvili, vencendo apenas no golden score após shido para o adversário. Na decisão, Cargnin derrotou por waza-ari o uzbeque Artyom Shturbabin para ficar com o ouro. No último mundial jr, em 2015, ele havia ficado com o bronze.

A única outra medalha veio no sábado com Beatriz Souza, no Acima de 78kg. Bronze no Mundial cadete em 2015, Beatriz, que também foi prata por equipes no Mundial adulto em agosto, perdeu nas 4as para japonesa, mas depois venceu georgiana e polonesa na disputa de bronze por hansokumake. O Brasil conseguiu ainda 4 quintos lugares: Robson Penna (60kg), David Lima (73kg), Laura Ferreira (44kg) e Ellen Santana (70kg). E um 7º lugar com Arthur Barboza (+100kg). Ellen conseguiu um fato raro, ao derrotar uma japonesa nas 4as, mas perdeu duas seguidas na semi e na disputa do bronze e ficou sem medalha. Por equipe, o Brasil caiu log0 na estreia por 5-4 para a França.

Assim, o Brasil chega a 22 medalhas na base neste ciclo olímpico (8O-6P-8B):

Ouro – Wesley Dantas – Surfe Júnior (set/16)
Ouro – Duda / Ana Patrícia – Vôlei de Praia Sub21 (jul/17)
Ouro – Adrielson / Renato  – Vôlei de Praia Sub21 (jul/17)
Ouro – Revezamento 4x400m misto – Atletismo Sub18 (jul/17)
Ouro – Uncas Batista – Remo single skiff peso leve Sub23 (jul/17)
Ouro – Isaquias Queiroz – C1 1.000m Sub23 (jul/17)
Ouro – Aldi de Oliveira – Judô 50kg Sub18 (ago/17)
Ouro – Daniel Cargnin – Judô 66kg Sub21 (out/17)
Prata – Manoel Messias – Triatlo Sub23 (set/16)
Prata – Ana Sátila Vargas – Canoagem slalom K1 Sub23 (jul/17)
Prata – Isaquias Queiroz – C1 200m Sub23 (jul/17)
Prata – Gabriella Moraes – Judô 63kg Sub18 (ago/17)
Prata – Milena Silva – Judô 70kg Sub18 (ago/17)
Prata – Judô por Equipe Mista Sub18 (ago/17)
Bronze – Lucas Ferreira – Remo single skiff Júnior (ago/16)
Bronze – Leandro Souza – Taekwondo +78kg Juvneil (nov/16)
Bronze – Luana Madeira – Levantamento de Peso 48kg Júnior (jun/17)
Bronze – Giovana Rosa – Atletismo 400m Sub18 (jul/17)
Bronze – Amanda Arraes – Judô 44kg Sub18 (ago/17)
Bronze – Luiza Cruz – Judô +70kg Sub18 (ago/17)
Bronze – Maria Clara Pacheco – Taekwondo 47kg Cadete (ago/17)
Bronze – Beatriz Souza – Judô +78kg Sub21 (out/17)

Resumo olímpico da semana

Ciclismo

0xwx27dcxd

Henrique Avancini

Henrique Avancini fez excelente prova na Copa do  Mundo de mountain bike, em Vallnord, Andorra. O ciclista da equipe Cannondale Factory Racing XC ficou boa parte da prova em 7º lugar e terminou em 10º com 12:24:52. O campeão foi o mito suíço Nino Schurter com 1:23:28. A posição de Henrique só não foi melhor pois ele precisou ajudar um ciclista da sua equipe, que chegou em 7º. No feminino, uma boa prova de Raiza Goulão, que terminou em 14º com 1:31:05, 5min atrás da campeã, a ucraniana Yana Belomoina.

Judô

O Brasil arrasou a concorrência no Pan Cadete e Juvenil, em Cancun, conquistando 12 ouros em cada categoria, entre 16 possíveis. No cadete, foram 12 ouros, 3 pratas e 2 bronzes, sendo 5 vitórias no masculino e 7 no feminino.

No juvenil, foram 12 ouros, 1 pratas e 2 bronzes, 6 ouros de cada gênero. O destaque foi Laura Ferreira, que venceu o ouro nas duas categorias de idade, ambos na categoria 44kg.

Vôlei de Praia

2017porecmajorgoldmedalwinnersbrazilsgutocravalhaesleftandpedrosolberg_lnzamrn

Guto/Pedro Solberg

No Major de Porec, na Croácia, vitória brasileira no masculino com Pedro Solberg e Guto. A dupla teve que disputar o country quota e passar pelo qualificatório até chegar ao ouro, vencendo 9 jogos seguidos! Na decisão, venceram os italianos vice olímpicos Nicolai/Lupo por 18-21, 25-23, 15-9.

Os campeões olímpicos e mundiais Bruno Schmidt e Alison ficaram com o bronze ao derrotar a dupla russa Stoyanovskiy/Yarzutkin por 21-15 21-18. No feminino, Bárbara e Fernanda Berti chegaram à semifinal, mas ficaram sem medalha, em 4º lugar.

Outros Esportes

Ana Sátila bateu duas vezes na trave nas semifinais da 3ª etapa da Copa do Mundo de Canoagem Slalom. Ela foi 11ª na semi do C1 e em 14º lugar na semi do K1. Ninguém mais pegou semifinal na etapa.

Fernando Ferreira venceu salto em altura em prova em São Bernardo com 2,30m e obteve o índice pro Mundial de Londres. É o 2º com índice na prova, juntando-se a Talles Silva.

– No Brasileiro de BMX, Anderson Ezequiel e Júlia Alves ficaram com o título em Campo Bom (RS).

Pedro Veniss montando Quabri de l’Isle venceu po GP Pan American 5* Rolex a 1,60m em Calgary, no Canadá. Somente 3 conjuntos dos 40 zeraram. No desempate, deu Pedro com 51.46 em faltas.

Judô segue vencendo

junior-european-judo-cup-coimbra-2017-03-18-231247_153837190317

Seleção Sub-28 em Coimbra (POR)

A seleção sub-21 de judô segue em seu brilhando tour europeu. Na 3ª competição, agora em Coimbra, Portugal, a equipe conquistou 19 medalhas com 31 atletas! Foram 10 ouros, 3 pratas e 6 bronze, sendo 3 finais entre brasileiros.

Nos 60kg, Kainan Pires derrotou Renan Torres, nos 73kg Jeferson Santos Jr venceu David Lima e nos 52kg feminino, Jessica Lima passou por Maria Taba. Os outros 7 ouros vieram com: Bruno Watanabe (55kg), Tiago Pinho (81g), Arthur Barbosa (+100kg), Laura Ferreira (44kg, 2º ouro dela na Europa), Larissa Pimenta (48kg), Yanka Pascoalino (63kg) e Ellen Furtado (+78kg). Desde 2006 que o Brasil não ia tão bem uma etapa do circuito de base. Na ocasião, num torneio sub-20 em Boras, na Suécia, a equipe contava com nomes como Sarah Menezes, Ketleyn Quadros, Mayra Aguiar e Rafael Silva e levou 12 ouros.

Que essa nova geração tem muito a oferecer pro país, tem. Dificilmente neste ciclo de Tóquio, pois a maioria teria 20-21 anos, mas para os Jogos de 2024 com certeza. A equipe segue em Portugal para treinamento de campo e embarca para a Alemanha, onde disputará Copas Europeias Sub-21. Até o momento, em 3 competições das categorias de base (sub21 e Sub18), foram conquistadas 42 medalhas (16O-8P-18B).

Onze brasileiros estavam em Santiago para o Aberto Pan-Americano do Chile. Numa competição muito esvaziada, mas muito esvaziada mesmo (apenas 2 atletas no +78kg feminino, por exemplo), todos conquistaram medalha. Nada mais que o esperado. Foram 8 ouros, 1 prata e 2 bronzes.

Os títulos ficaram com Phelipe Pelim (60kg), Marcelo Contini (73kg). Eduardo Bettoni (90kg), Luciano Correa (100kg), Ruan Isquierdo (+100kg), Gabriela Chibana (48kg), Eleudis Valentim (52kg) e Ketleyn Quadros (63kg). Charles Chibana (66kg) perdeu na decisão para canadense. Equipe segue agora para Lima onde se juntará a outros 13 judocas brasileiros.