Mundial de Vôlei de Praia – Dias 7 e 8

Brasil fica muito abaixo do esperado e já faz pior campanha em anos.

Masculino

Na primeira rodada do mata-mata, a dupla cabeça 1 do mundial, Álvaro e Saymon caíram por 21-17 21-18 para is holandeses Christiaan Varenhorst/Maarten van Garderen. Já os campeões olímpicos e mundiais Alison e Bruno Schmidt venceram por 21-15 21-7 os letões Edgars Tocs/Rihards Finsters. Também venceram Evandro/André por 21-13 21-18 os letões Martins Plavins/Haralds Regza e Pedro Solberg/Guto por 21-23 21-16 17-15 os austríacos Martin Ermacora/Moritz Pristauz.

Já nas 8as nesta sexta-feira, duas duras derrotas. Alison/Bruno caíram para os surpreendentes canadenses Ben Saxton/Chaim Schalk por 21-19 19-21 15-13 e Pedro Solberg/Guto perderam 21-19 17-21 15-13 para os espanhóis Herrera/Gavira. Já Evandro/André venceram por 24-22 21-19 os letões Smedins/Samoilovs.

Feminino

Captura de Tela 2017-08-05 às 08.07.44

Ludwig e Walkenhorst (GER)

Nas 8as, Maria Elisa/Carol venceram Elize Maia/Taiana 21-9 21-19. Larissa/Talita derrotaram as suíças Joana Heidrich/Anouk Vergé-Dépré por 21-19 21-16. Nas 4as, mais um confronto brasileiro e Larissa/Talita vencera Maria Elisa/Carol por 21-17 21-17. Também na sexta já rolou a semifinal e as brasileiras enfrentaram as alemãs campeãs olímpicas Laura Ludwig/Kira Walkenhorst e perderam por 21-19 21-16.

As alemãs fazem final neste sábado contra as americanas April Ross/Lauren Fendrick, que derrotaram na semifinal de virada as canadenses Sarah Pavan/Melissa Humana-Paredes por 19-21 21-16 15-11. Ross já foi campeã mundial em 2009, jogando com Jennifer Kessy.

Anúncios

Mundial de Vôlei de Praia – Dias 3 e 4

Os brasileiros seguiram praticamente invictos e as primeiras duplas começam a se classificar.

Masculino

Captura de Tela 2017-07-31 às 23.32.53

Álvaro Filho

Entre os homens, as 4 duplas com 2 vitórias em 2 jogos. Álvaro/Saymon, duplas cabeça 1, venceu os austríacos Kunert/Dressler por 21-17 21-17 no Grupo A. No D, Evandro/André venceram os cubanos Quesada/Piña por 21-17 21-19. Os atuais campeões olímpicos e mundiais Alison/Bruno Schmidt passaram com 21-19 21-19 pelos letões Plavins/Regza. Pedro Solberg/Guto venceram austríacos Seidl/Winter por 21-19 21-14 no H.

No Grupo B, o brasileiro Jefferson e Cherif, que jogam pelo Qatar, venceram seus dois jogos, assim como os letões Smedins/Samoilovs. Duas vitórias também no C pros americanos Dalhausser/Lucena, pros italianos vice olímpicos Nicolai/Lupo no K e outras 13 duplas. A 1ª fase nos dois torneio termina nesta terça.

Feminino

Cabeças 1 Larissa/Talita venceram no domingo 21-15 21-9 as americanas Day/Branagh e já estão classificadas pra próxima rodada com 2 vitórias. Ainda tem um jogo. Ágatha/Duda venceram facilmente as quenianas Gaudencia/Too por 21-5 21-7 e também já avançaram com um jogo restante. Pelo Grupo H, que tem duas duplas brasileiras, Elize Maia/Taiana venceram moçambicanas Manhica/Muianga por 21-5 21-6 e passam em 1º no grupo com 3 vitórias. Já a atual campeã mundial Bárbara e Fernanda Berti perderam nesta segunda para as suíças Heidrich/Vergé-Dépré por 23-21 21-19. Com apenas 1 vitórias em 3 jogos, ficaram em 3º no grupo. Elas podem se classificar como as 4 melhores terceiras colocadas ou disputam um play-off. No Grupo I, Maria Elisa/Carol venceram 18-21 21-16 15-8 americanas Hughes/Claes e ficam em 1º lugar com 3 vitórias.

Pelo Grupo D, as alemãs campeãs olímpicas Ludwig/Walkenhorst venceram seus 3 jogos para avançar em 1º no grupo que contou com 3 duplas alemãs. Pelo F, as checas Hermannová/Sluková venceram o gruypo com 3 vitórias sem perder sets, assim como as canadenses Pavan/Humana-Paredes no Grupo G. Também venceram seus grupos e avançaram: as suíças Betschart/Hüberli no J, as americanas Ross/Fendrick no K e as checas Kolocová/Kvapilová no L.

 

Mundial de Vôlei de Praia – Dias 1 e 2

São 9 duplas brasileiras nas areias de Viena para o Mundial de vôlei de praia, em sua 11ª edição. São 4 duplas no masculino e 5 no feminino. A grande ausência é da tricampeã mundial e olímpica Kerri Walsh, que se lesionou na última etapa na Polônia.

Mundial não tem qualificatória e para se classificar apenas pelo ranking mundial ou pelos qualificatórios continentais. Por isso, há muitas duplas bem fracas e que não disputam o circuito.

Masculino

Captura de Tela 2017-07-29 às 18.31.39

Bruno Schmidt

As 4 duplas brasileiras venceram na estreia. A maior vitória veio com Evandro/André de virada sobre os holandeses Varenhorst/Van Garderen. Os holandeses venceram o 1º set e chegaram ao match point no 2º, quando tudo começou a dar certo pros brasileiros, que viraram com 20-22 23-21 15-7 para vencer a 1ª no Grupo D. Atuais campeões mundiais e olímpicos, Alison/Bruno Schmidt passearam na estreia contra a dupla moçambicana de Nguvo/Tovela por 21-13 21-13 pelo Grupo E.

Melhor dupla nesta temporada, Álvaro/Saymon passaram sem dificuldades por Williams/Phillip de Trinidad & Tobago com 21-11 21-11 no Grupo A. Pelo Grupo H, Pedro Solberg/Guto venceram os sul-africanos Naidoo/Williams por 21-13 21-15.

Nos outros jogos, Dalhausser/Lucena venceram Doherty/Hyden 17-21 21-18 16-14 no duelo entre americanos pelo Grupo C. No J, os holandeses Brouwer/Meeuwsen venceram 21-15 22-20 os uruguaios Vieyto/Cairus. No K, os italianos vice olímpicos Nicolai/Lupo jantaram Lombi/Kamara de Serra Leoa por 21-7 21-8 e no L, a maior esperança austríaca Doppler/Horst fez 21-19 21-15 nos iranianos Raoufi/Salemi.

Feminino

Captura de Tela 2017-07-29 às 18.30.00

Talita Antunes

Em 8 jogos já disputados pelas duplas brasileiras, 7 vitórias. A única derrota ocorreu num duelo brasileiro pelo Grupo H. Elize Maia/Taiana venceram por 10-21 21-16 17-15 a atual campeã mundial e vice olímpica Bárbara, que agora joga com Fernanda Berti. Na 2ª rodada, Bárbara/Fernanda venceram por incrivelmente fáceis 21-4 21-6 as moçambicanas Manhica/Muianga e Elize Maia/Taiana sofreram com 26-24 11-21 15-10 sobre as boas suíças Heidrich/Vergé-Dépré.

Favoritas ao título, Larissa/Talita também precisaram de um tiebreak na estreia, vencendo as austríacas Strauss/Holzer por 21-11 19-21 15-8 pelo Grupo A. No C, Ágatha/Duda passearam nas quenianas Gaudencia/Too com 21-7 21-8. No Grupo I, Maria Elisa/Carol nem jogaram contra dupla de Ruanda, vencendo por W.O. na sexta e neste sábado fizeram 21-14 21-5 nas canadenses Pischke/Broder.

O Grupo D tem três duplas alemãs, incluindo as campeãs olímpicas Ludwig/Walkenhorst, que venceram seus dois jogos já disputados: 21-10 21-12 em marroquinas Mahassine/Zeroual e 17-21 21-15 15-12 sobre compatriotas Glenzke/Grossner. As americanas Summer/Sweat venceram 21-15 21-14 as austríacas Rimser/Plesiutschnig no Grupo E. Canadenses Pavan/Humana-Paredes, que vem de uma ótima temporada, estrearam com 21-13 23-21 sobre holandesas Flier/van Iersel no G.

Resumo olímpico da semana

Ciclismo

0xwx27dcxd

Henrique Avancini

Henrique Avancini fez excelente prova na Copa do  Mundo de mountain bike, em Vallnord, Andorra. O ciclista da equipe Cannondale Factory Racing XC ficou boa parte da prova em 7º lugar e terminou em 10º com 12:24:52. O campeão foi o mito suíço Nino Schurter com 1:23:28. A posição de Henrique só não foi melhor pois ele precisou ajudar um ciclista da sua equipe, que chegou em 7º. No feminino, uma boa prova de Raiza Goulão, que terminou em 14º com 1:31:05, 5min atrás da campeã, a ucraniana Yana Belomoina.

Judô

O Brasil arrasou a concorrência no Pan Cadete e Juvenil, em Cancun, conquistando 12 ouros em cada categoria, entre 16 possíveis. No cadete, foram 12 ouros, 3 pratas e 2 bronzes, sendo 5 vitórias no masculino e 7 no feminino.

No juvenil, foram 12 ouros, 1 pratas e 2 bronzes, 6 ouros de cada gênero. O destaque foi Laura Ferreira, que venceu o ouro nas duas categorias de idade, ambos na categoria 44kg.

Vôlei de Praia

2017porecmajorgoldmedalwinnersbrazilsgutocravalhaesleftandpedrosolberg_lnzamrn

Guto/Pedro Solberg

No Major de Porec, na Croácia, vitória brasileira no masculino com Pedro Solberg e Guto. A dupla teve que disputar o country quota e passar pelo qualificatório até chegar ao ouro, vencendo 9 jogos seguidos! Na decisão, venceram os italianos vice olímpicos Nicolai/Lupo por 18-21, 25-23, 15-9.

Os campeões olímpicos e mundiais Bruno Schmidt e Alison ficaram com o bronze ao derrotar a dupla russa Stoyanovskiy/Yarzutkin por 21-15 21-18. No feminino, Bárbara e Fernanda Berti chegaram à semifinal, mas ficaram sem medalha, em 4º lugar.

Outros Esportes

Ana Sátila bateu duas vezes na trave nas semifinais da 3ª etapa da Copa do Mundo de Canoagem Slalom. Ela foi 11ª na semi do C1 e em 14º lugar na semi do K1. Ninguém mais pegou semifinal na etapa.

Fernando Ferreira venceu salto em altura em prova em São Bernardo com 2,30m e obteve o índice pro Mundial de Londres. É o 2º com índice na prova, juntando-se a Talles Silva.

– No Brasileiro de BMX, Anderson Ezequiel e Júlia Alves ficaram com o título em Campo Bom (RS).

Pedro Veniss montando Quabri de l’Isle venceu po GP Pan American 5* Rolex a 1,60m em Calgary, no Canadá. Somente 3 conjuntos dos 40 zeraram. No desempate, deu Pedro com 51.46 em faltas.

Resumo olímpico da semana

Vôlei de Praia

Captura de Tela 2017-06-07 às 00.11.27

Talita e Larissa

No Aberto de Moscou, as mulheres foram o destaque. Larissa e Talita ficaram com o título ao vencer na decisão as americanas Brooke Sweat/Summer Ross por 21-16, 21-14. As brasileiras perderam apenas um set na competição, na semifinal contra Ágatha/Duda, quando venceram por 23-21, 18-21, 15-10. Agatha/Duda acabaram com a medalha de bronze ao passarem pelas alemãs Schneider/Bieneck por 21-14, 21-8. Foi o 3º título seguido de uma dupla brasileira no circuito feminino e o 4º na temporada em 7 torneios. Foi o 61º título de Larissa no circuito, o 33º de Talita e o 15º da dupla.

Já no masculino, nenhum brasileiro chegou às semifinais. Apenas os campeões olímpicos Alison/Bruno Schmidt atingiram as 4as, onde perderam para os letões Smedins/Samoilovs de virada por 18-21, 22-20, 15-12. O título ficou com os americanos Lucena/Dalhausser. Foi o 35º título do circuito mundial de Dalhausser.

Vôlei

Na estreia de Renan Dal Zotto no comando da seleção brasileira masculina, 2 vitórias e uma derrota na 1ª rodada da Liga Mundial, em Pesaro, Itália.

Logo na 1ª partida, um grande duelo contra a campeã mundial Polônia, que venceu por 3-2 (25-20, 20-25, 19-25, 25-22, 15-8). Depois, o Brasil venceu o Irã por 3-1 (21-25, 25-19, 25-22, 25-22) e derrotou a Itália também por 3-1 (25-15, 17-25, 25-23, 25-22). O Brasil aparece em 3º na classificação geral da 1ª Divisão da Liga Mundial e a França lidera como a única a vencer os 3 jogos do fim de semana. A seleção agora parte para a Bulgária onde enfrentará além dos donos da casa, o Canadá e novamente a Polônia.

Atletismo

5390f429-b3b3-491b-82ed-0617c5c08b16

Lorraine Martins

O Brasil dominou o Sul-Americano Sub20m, disputado na Guiana. A equipe brasileira venceu 18 ouros, 11 pratas e 3 bronzes e venceu as classificações gerias por gênero e total, com 287 pontos. Lorraine Martins foi um dos destaques brasileiros ao vencer os 100m e os 200m, com bons tempos e fortes ventos contra. Nos 100m, ela fez sua melhor marca pessoal com 11.56 (-3,1m/s) e nos 200m 23.89 (-2,6m/s). Vale ressaltar que ela ainda é Sub18. Daniel do Nascimento, que disputou o Mundial de cross-country, venceu os 5.000m (14:53.71) e os 10.000m (31:01.64) com corridas táticas. Outra dobradinha foi de Saymon Hoffmann, que levou o arremesso de peso (16,57m) e o lançamento de disco (54,59m).

Na Holanda, Thiago André marcou 3:35.28, sua melhor marca pessoal nos 1.500m e conseguiu o índice para o Mundial de Londres.

Em La Coruña, na Espanha, Érica de Sena venceu a Marcha 20km com 1:29:16 e lidera com folga a classificação geral no circuito de marcha. Nos 20km masculino, Caio Bonfim ainda não chegou ao seu melhor e foi 6º com 1:21:04, sua melhor marca no ano.

Outros Esportes:

– Paola Reis foi campeã na categoria juvenil no Pan-Americano de Ciclismo BMX na Argentina. Na categoria elite, Priscilla Carnaval foi prata e Julia Alves foi bronze. Elas perderam para a argentina Gabriela Diaz. No masculino, Anderson Ezequiel ficou em 4º na elite. No domingo, pela Copa Latino-Americana, Priscilla ficou com o ouro.

– Adilson da Silva foi 15º no Aberto da Zâmbia de golfe, válido pelo Sunshine Tour e somou 1,2667 ponto no ranking mundial. Alexandre Rocha foi 39º Rex Hospital Open, válido pelo Web.com Tour.

– O Brasil ficou em 8º na Copa das Nações de hipismo saltos em St. Gallen, Suíça. Com Yuri Mansur, João Victor Castro, Karina Johannpeter e Eduardo Menezes, somando 41 pontos perdidos. A vitória ficou com a equipe da Itália, com apenas 9 pontos.

– O pivô brasileiro Rogério Moraes foi campeão da Champions League de handebol. O seu time Vardar, da Macedônia, venceu por 24-23 o Paris Saint-Germain e conquistar pela 1ª vez o título europeu.

– A IJF definiu as 16 equipes classificadas para o Mundial por equipes de judô e confirmou a presença do Brasil no masculino. A equipe feminina tinha sido campeã do Pan e já estava garantida.

– Danilo Pimentel foi 19º na Copa do Mundo de triatlo em Cagliari, na Itália. No formato sprint, ele completou em 56:22. Beatriz Neres foi a melhor no feminino com 1:05:29, em 24º lugar.

Resumo olímpico da semana

Vôlei de Praia

Festa em casa no Rio de Janeiro no torneio 4 estrelas de vôlei de praia, disputado nas quadras de tênis do Parque Olímpico da Barra.

Captura de Tela 2017-05-23 às 23.35.17

Os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt venceram todos os 6 jogos por 2-0 até faturarem o título com 25-23 21-12 sobre os poloneses Losiak/Kantor, para faturar o 12º título do circuito da dupla. No feminino, a campeã mundial e prata olímpica Ágatha, jogando agora com a maior revelação da modalidade nos último anos, Duda Lisboa, venceu o ouro no feminino num jogo duro contra as canadenses Sarah Pavan/Melissa Humana-Paredes por 21-14 13-21 15-13. Na semifinal, Ágatha/Duda venceram Bárbara (ex-parceira da Ágatha) e Fernanda Berti por 21-23 21-15 15-7. Na disputad o bronze, Bárbara/Fernanda perderam para as checas Hermannova/Slukova por 23-21 21-18.

Foi a 58ª vez desde 1992 que o Brasil venceu os torneios masculino e feminino em uma mesma etapa do circuito!

Outros Esportes

– Na 2ª etapa da Copa do Mundo de Paraciclismo de Estrada, na Bélgica, 3 medalhas: Lauro Chaman foi ouro na prova de resistência C5 e prata no contrarrelógio C5 e Jady Malavazzi ficou com o bronze na resistência H4. Após 2 etapas, Lauro lidera com folga a sua categoria.

– No Torneio Nacional de esgrima no Rio tivemos como campeões: no sabre Karina Trois e Enrico Pezzi, na espada Clarisse Menezes e Athos Schwantes e no florete Ana Beatriz Bulcão e Henrique Marques. Vale ressaltar o bronze de Luana Pekelman no sabre aos 14 anos!

– Pelo Sunshine Tour de golfe, na África, Adilson da Silva foi 31º no Lombard Insurance Classic, na Suazilândia. Já pelo web.com Tour, Alexandre Rocha não passou pelo corte em prova na Carolina do Sul.

hh

– Marcelo Melo e Lukasz Kubot chegaram até as 4as do Masters 1.000 de Roma, perdendo de 64 76(6) para a dupla cabeça 1 Henri Kontinen/John Peers. Durante o 2º set, Marcelo levou uma bolada na cabeça de um saque de Kubot e caiu no chão, claramente com muita dor, mas não foi nada sério.

Notícias de saltos ornamentais, judô e ginástica artística em posts individuais no blog.

Ótimo início pro vôlei de praia

Não podia ser muito melhor a estreia das duplas brasileiras no Circuito Mundial em 2017. No Major de Fort Lauderdale, o Brasil fez as duas finais e conquistou 2 ouros e 2 pratas.

captura-de-tela-2017-02-13-as-22-39-38

Saymon e Álvaro Filho

Os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt perderam ainda nas 4as de final para os americanos Dalhausser/Lucena, repetindo a derrota da semana anterior no amistoso do Parque Olímpico, no Rio. Em compensação, uma ótima participação de duplas novas. O título do Major ficou com Saymon e Álvaro Filho, que derrotaram na final por 21-15 21-17 Evandro e André. Saymon e André jogaram muito e mostram que tem tudo para ser uma das melhores duplas do mundo.

No feminino, as veteranas Larissa e Talita estão em sua 4ª temporada juntas e segue no topo. Na decisão, derrotaram a vice-campeã olímpica e campeã mundial Ágatha, que agora faz dupla com a maior revelação do vôlei de praia mundial Duda Lisboa por 21-15 21-18. Foi a 1ª competição internacional delas juntas.

Larissa chegou ao incrível número de 60 títulos no circuito mundial e Ágatha e Duda já se mostram bem em sintonia.

Foi a 57ª vez que o Brasil conquistou os dois ouros em uma etapa do circuito mundial.