Resumo olímpico da semana

Tênis

TENNIS-DAVIS-DOM-BRA

João Pedro Sorgi

Com equipe desfalcada, o Brasil sofreu para vencer a República Dominicana no Zonal Americano por 3-2.  Começando com João Pedro Sorgi, o Brasil perdeu o 1º jogo por 62 46 76(3) para José Hernandez-Fernandez. Na 2ª partida Thiago Monteiro sofreu para vencer Roberto Cid Subervi, 468º do ranking da ATP, por 67(6) 75 62. Nas duplas, Marcelo Melo e Marcelo Demoliner passaram com 63 64 sobre Nick Hardt e José Olivares. Nos jogos reversos de simples, Thiago perdeu 64 76(4) para Hernandez-Fernandez e o confronto chegou a 2-2.

No jogo decisivo, Sorgi, que é hoje o 364º do mundo obteve a vitória mais importante da carreira com 67(8) 61 64 sobre Cid Subervi e o Brasil venceu, marcando encontro com a Colômbia em abril, fora de casa.

Atletismo

Thiago Braz disputou na cidade alemã de Karlsruhe a 1ª etapa do novo circuito indoor da IAAF, mas queimou as 3 tentativa em 5,45m, terminando sem marca válida. A vitória foi do alemão Raphael Holzdeppe, com 5,88m.

Em Torneio Indoor em São Caetano do Sul, Talles Silva foi o destaque ao bater o recorde brasileiro indoor do salto em altura com 2,26m. Darlan Romani fez 21,06m no arremesso de peso e confirmou o índice pro Mundial Indoor. Já Vitor Hugo dos Santos fez 6.67 nos 60m e ficou a 0.04 do índice.

Gilberto Silvestre Lopes e Jenifer do Nascimento Silva venceram a Copa Brasil de Cross-Country, em Bragança Paulista e foram convocados para o Campeonato Pan-Americano, que será na outra semana em El Salvador. Também foram convocados os vices Valério de Souza Fabiano e Maria Aparecida Ferraz e os campeões da prova Sub-20 Francisco Perrout Lima e Raquel de Carvalho Xavier.

Tiro

n1542_002

Felipe Wu (centro). Reprodução

Felipe Wu disputou 3 provas da pistola de ar 10m no torneio Intershoot, na Holanda, saindo com 2 medalhas. No 1º dia ficou com o ouro após 576 na quali e 242,2 na final contra 239,8 do japonês Matsuda Tomoyuki. No 2º dia, fez os mesmo 576 pontos na quali, mas na final acabou em 5º após alguns tiros ruins. No 3º dia de prova, foi o 2º melhor na quali com 586 e na decisão perdeu pro veterano português João Costa por 241,7 a 241,4.

Esgrima

Atual 5º do ranking mundial juvenil na espada, Alexandre Camargo perdeu na 4ª rodada da Copa do Mundo juvenil em Sabac, na Sérvia e terminou na 28ª posição. Depois de passar pela fase de poules, ele foi bye na 1ª rodada, venceu belga por 15-9, norueguês por 15-8 até perder por 15-14 para francês Arthur Philippe. Por equipes, o Brasil fez uma boa campanha. Venceu na estreia 45-43 a Ucrânia e perdeu nas 8as 45-36 pra Hungria. Nos combates classificatórios venceu 42-40 a Romênia e 45-33 a Espanha, perdendo na disputa do 9º lugar 45-33 pra Suíça. Um bom 10º lugar.

Ana Beatriz Bulcão disputou a Copa do Mundo adulta de florete feminino em Alger, na Argélia, perdeu na 1ª rodada preliminar de 15-7 para australiana e terminou em 101º lugar.

Outros Esportes:

Raphaela Galacho foi prata no US Open de taekwondo, em Las Vegas. Cabeça 1, ela venceu 3 americanas e pegou mais uma na decisão, que precisou abandonar por conta de uma lesão para a americana Madelynn Gorman-Shore. Os brasileiros ganharam mais duas medalhas na categoria Jr e 3 no parataekwondo.

img-20180204-wa0005

Garipov no pódio em Zagreb. Foto: CBW

Marat Garipov, cazaque naturalizado brasileiro, foi medalha de prata no Grand Prix de Zagreb de luta greco-romana. Ele venceu duas lutas e perdeu na decisão pro turco Dogus Ayaczi por 8-0.

Ane Marcelle Santos e Lugui Cruz venceram a seletiva de tiro com arco para as etapas de Antalya (TUR) e Salt Lake City (USA) da Copa do Mundo. Eles foram os únicos a atingirem os índices no round duplo-70m nas duas tentativas. Ane Marcelle fez 648 no domingo (índice era 629) e Lugui fez 651 também no domingo (índice 650).

Adilson da Silva não passou pelo corte do Maybank Championship, na Malásia, válido pelo Tour Europeu e Asiático de golfe.

– A seleção de Rugby XV do Brasil derrotou por 16-14 o Chile na abertura do Campeonato das Américas, jogando fora de casa. Com a vitória, o Brasil subiu para 25º lugar no ranking mundial masculino, sua melhor colocação da história.

Resumo olímpico da semana

Vela

jorge-zarif-mais-uma-vez-termina-no-top-5-na-copa-do-mundo-de-miami-boatshopping

Jorge Zarif

Jorge Zarif foi o melhor brasileiro na 2ª etapa da Copa do Mundo 2017-18 de vela, em Miami. Depois de um começo razoável na Classe Finn, ele foi melhorando, mas acabou em 4º no geral com 61 pontos, 7 a menos que o medalhista de bronze. O britânico Gilles Scott venceu com apenas 19 pontos perdidos em 10 regatas. Carlos Lorente e Marco Grael na 49er foram os únicos além de Zarif a pegarem regata da medalha, terminando em 8º no geral.

Entre os top20 também tivemos: Fernanda Oliveira e Ana Luiza Barbachan ficaram em 12º na 470 feminina, Samuel Albrecht e Bruna de Mello em 13º na Nacra 17, João Bulhões e Gabriela de Sá em 14º também na Nacra 17 e Geison Dzioubanov e Gustavo Thiesen em 16º na 470 masculina.

Atletismo

Thiago Braz retornou às competições após 6 meses afastado por lesão. O campeão olímpico do salto com vara foi prata no meeting indoor de Berlim com 5,70m, ficando atrás do polonês Piotr Lisek, que venceu por 5,83m. A sua última competição havia sido na Diamond League de Rabat, no Marrocos, em julho de 2017. Thiago segue na Europa treinando com o técnico russo Vitaly Petrov de olho no Mundial Indoor de Birmingham, em março.

Em provas nos EUA, Almir Cunha dos Santos venceu o salto triplo em Geneva, Ohio, com 16,90m. No Texas, Rosângela Santos foi prata nos 60m Houston com 7.25.

Esgrima

Alexandre Camargo avançou para a chave final da Copa do Mundo de espada masculina em Heidenheim, na Alemanha. Depois de uma fase de poules ruim com 2 vitórias e 4 derrotas, ele venceu 15-9 australiano, 15-13 sueco e 15-14 estoniano para chegar na chave principal, mas acabou enfrentando o número 2 do mundo, o sul-coreano Jung Jinsun e perdeu de 15-11, terminando em 63º. Por equipes, o Brasil perdeu na estreia, mas fez um bom combate contra a Ucrânia perdendo por 45-38, terminando em 27º.

Na Copa do Mundo de florete feminino juvenil, em Zagreb, Mariana Pistoia ficou em 36º. Na fase de poules ela venceu 5 dos 6 combates, depois venceu 15-4 romena perdendo de 15-7 para russa na rodada de 64.

Outros Esporte:

Douglas Brose foi o destaque brasileiro na Premier League de Paris de karatê. Ele venceu 5 lutas até perder na decisão de 2-1 para o cazaque Darkhan Assadilov na categoria 60kg. Valéria Kumizaki nos 55kg e Vinícius Filgueira nos 67kg perderam nas 8as.

Raiza Goulão venceu a Costa Blanca Bike Race de mountain bike, na Espanha. Em prova de duplas, a brasileira competiu ao lado da australiana Rebecca Henderson. Após 4 etapas, elas venceram com 9h42min43, mais de 20min de vantagem.

Felipe Wu disputou 2 provas da pistola de ar 10m em torneio na Alemanha, terminando em 12º (579 pontos) e 27º (575)

– Na seletiva nacional de canoagem pros Jogos Olímpicos da Juventude, em Muzambinho, Diego Nascimento, João Victor Vieira e Maria Schilkmann se classificaram para o pré-olímpico mundial em Barcelona, que dará vagas para os Jogos.

Adilson da Silva não passou do corte no Aberto de Myanmar de golfe, válido pelo Tour Asiático, por 2 tacadas.

Resumo olímpico da semana

Tênis

esporte-marcelo-melo-kubot-20180112-001

Marcelo Melo e Lukasz Kubot

Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot começaram a temporada de 2018 com título no ATP250 de Sydney. Eles venceram na decisão o alemão Jan-Lennard Struff e o sérvio Viktor Troicki por 6-3 6-4 e faturaram o 9º título juntos. Foi também o 29º título da carreira do Marcelo, que segue liderando o ranking mundial empatado com seu parceiro.

No ATP250 de Auckland, Rogério Dutra Silva, depois de furar o quali, perdeu na estreia 6-3 6-2 para o canadense Denis Shapovalov e Marcelo Demoliner e o filipino Treat Huey perderam na estreia 6-3 6-4 para Santiago Gonzalez e Juan Peralta. Já no WTA de Hobart, Bia Haddad Maia venceu na estreia 6-3 6-2 a australiana Lizette Cabrera e perdeu na 2ª rodada 6-4 6-4 para a belga Elise Mertens, que viria a ficar com o título.

Rugby Sevens

Na 2ª etapa do Campeonato Sul-Americano de Rugby Sevens, em Viña del Mar, Chile, o Brasil terminou na 8ª posição. Na 1ª fase, empatou em 14-14 com a Irlanda, venceu 29-21 o Paraguai e empatou novamente em 14-14 com uma equipe sul-africana. Precisando vencer para buscar a vaga pra Copa do Mundo de Rugby Sevens, o Brasil perdeu de 14-7 para o Uruguai. Já sem chances de conquistar a vaga, ainda perdeu de 12-5 para a Alemanha e de 26-12 pro Chile, terminando em 8º.

Após as duas etapas, Uruguai e Chile se classificaram para a Copa do Mundo e para o Hong Kong Sevens, que serve como classificatório pra Série Mundial.

Outros Esportes:

– Única brasileira no Grand Slam Champions de taekwondo, em Wuxi, na China, Iris Tang Sing perdeu ainda na estreia por 6-1 para a sul-coreana Min-ah Há na categoria até 49kg.

Almir Cunha dos Santos fez 17,06m no salto triplo em prova indoor nos EUA, superando em 1cm o índice pro Mundial Indoor em fevereiro. Está também é a melhor marca do mundo este ano em competições indoor.

Ygor Coelho perdeu na estreia do Masters da Tailândia de badminton. Cabeça de chave número 5 da competição, ele foi derrotado por Pham Cao Cuong, do Vietnã. Ele joga esta semana no Masters da Malásia.

– No ranking mundial de mountain bike divulgado na semana passada, Henrique Avancini, 4º colocado no último mundial, subiu 2 posições e aparece na excelente 5ª colocação, a frente de grandes nomes como o campeão olímpico de 2012, o checo Jaroslav Kulhavy. No ranking de nações, o Brasil está em 10º.  No feminino, Raiza Goulão entrou pela primeira vez no Top-10 do ranking e é hoje a 9ª do mundo.

Mariana Pistoia terminou na 71ª posição na Copa do Mundo de florete feminino em Katowice, na Polônia. Ela passou pela fase de poules, venceu polonesa por 15-8 e perdeu na última rodada preliminar 15-5 para francesa. Em torneio satélite de espada masculina em Estocolmo, Gabriel Bonamigo foi 12º, Fabrizio Lazaroto 15º e Leopoldo Gubert 18º.

– CBDA convocou 26 atletas para a primeira edição da Copa UANA de natação, em Coral Springs, na Flórida. Foram convocados nadadores das categorias petiz, infantil, juvenil e júnior 1. A lista completa está aqui.

Adilson da Silva terminou na 20ª posição no BMW SA Open, válido pelo Sunshine Tour de golfe, na África do Sul. Ele somou 279 tacadas, 12 a mais que o campeão, o inglês Chris Paisley, com 267. O brasileiro somou 1,76 ponto no ranking

Resumo olímpico da semana

Tênis

gettyimages-852814420

Bia Haddad Maia segue em seu melhor ano da carreira com uma excelente campanha no WTA de Seul. A paulista chegou a sua 1ª final de um torneio WTA, perdendo para a campeã de Roland Garros e 10ª do mundo, a letã Jelena Ostapenko.

Bia passou pela ucraniana Katarina Zavatska por 46 63 61, depois venceu a romena Irina-Camelia Begu por 63 46 62, a espanhola Sara Sorribes Tormo por 64 64 e na semifinal eliminou a holandesa Richel Hogenkamp por 61 76(7). Na decisão, perdeu por 67(5) 61 64 para Ostapenko para ficar com o vice. Com a excelente campanha, Bia chegou ao 58º lugar do ranking mundial!

Tênis de Mesa

hugo_calderano_aberto_da_c3a1ustria_09_2017

Hugo Calderano. Foto: CBTM

Em mais uma ótima campanha, Hugo Calderano chegou nas 4as de final do Aberto da Áustria de tênis de mesa, em Linz. 26º do mundo, Calderano entrou direto na forte chave principal.

Ele venceu na estreia por 4-2 o japonês Masataka Morizono, venceu por 4-2 o forte alemãs Bastian Steger, dono de duas medalhas olímpicas por equipe, mas perdeu nas 4as para o francês Simon Gauzy por 4-0. Nas duplas, Calderano e Gustavo Tsuboi perderam na estreia por 3-0 para os chineses Fang Bo e Zhou Yu.

Outros Esportes

– Às vésperas dos Mundiais Juvenil e Adulto, Marcus Vinícius de Almeida bateu o recorde brasileiro no duplo 70m com 682 pontos em 720 possíveis em prova estadual em Maricá. Ele melhorou em 11 pontos a marca anterior dele mesmo.

Patrícia Freitas terminou o Mundial de RSX em 22º lugar na raia olímpica de Enoshima, onde serão disputados os Jogos de 2020. O domínio foi total chinês, com pódio completo no feminino e ouro e bronze no masculino.

Beatriz Ferreira foi o destaque do campeonato brasileiro de boxe feminino, ficando com o título dos 60kg e eleita a melhor atleta do torneio. Ela é o principal nome do boxe neste ciclo olímpico.

Ygor Coelho não conseguiu passar pelo quali do forte Aberto do Japão. Ele perdeu na 1ª rodada por 21-10 21-14 para o sul-coreano Lee Dong Keun.

Adilson da Silva terminou em 50º na Diamond Cup de golfe, válida pelo circuito asiático, com 287 tacadas, 15 acima do campeão.

Natália Gaudio venceu as provas de arco e maças no Brasileiro de ginástica rítmica, enquanto Bárbara Domingos levou as provas de bola e fita.

Resumo olímpico da semana

Vôlei

Captura de Tela 2017-09-13 às 00.48.37

Foto: FIVB

O Brasil ficou com a prata na Copa dos Campeões de Vôlei feminino no Japão, após 3 vitórias em 5 jogos. Começou vencendo por 3-1 a Rússia, depois perdeu de 3-2 para a China e para o Japão, antes de vencer 3-0 a coreia do Sul e fechar a campanha com 3-0 sobre as americanas. A China ficou com o ouro de maneira invicta e os Estados Unidos foram bronze também com 3 vitórias.

A seleção feminina encerra, assim, o ano com um excelente retrospecto, de 3 ouros (Grand Prix, torneio de Montreux e Sul-Americano) e uma prata em 4 competições, mas mostrou muita inconstância, embora esteja em renovação.

Canoagem Slalom

Ana Sátila não medalhou por pouco na etapa final da Copa do Mundo em La Seu D’Urgell, na Espanha. Na última competição antes do Mundial no fim do mês na França, Ana chegou às finais das duas provas que disputou. No K1, depois de fazer o melhor tempo na semifinal, acabou ficando em 4º lugar na decisão com 99.93, a 1.78 do bronze. A vitória foi da alemã Ricarda Funk com 96.82. No C1, que agora é olímpica, Ana Sátila terminou em 7º com 115.69, ficando a 2.68 do pódio. O ouro ficou com a espanhola Nuria Vilarrubla com 108.37.

Pedro da Silva, finalista olímpico, parou na semifinal do K1 em 25º.

Hipismo

A equipe brasileira formada por Pedro Muylaert/Prince Royal Z MFS, Yuri Mansur/Babylotte, Pedro Veniss/Quabri de Isle e Eduardo Menezes/Quintol foi prata na Copa das Nações no CSIO5* de Spruce Meadows, no Canadá. Somando 8 pontos, o Brasil empatou com os Estados Unidos, que contou com a bicampeã olímpica Beezie Madden. No desempate, Madden e Muylaert zeraram, mas a americana fez o percurso em 39.21 contra 39.75 do brasileiro.

Este torneio não valeu pro circuito da Copa das Nações. Apesar disso, o Brasil já está classificado pra etapa final, que será no fim do mês em Barcelona e contará com os mesmos 4 cavaleiros acima e também com Marlon Zanotelli.

Outros Esportes

img-20170910-wa0011

Equipe de karatê na Alemanha. Foto: CBK

– Os atletas brasileiros conquistaram 2 pratas na etapa final da Karate1 Premier League na Alemanha. Campeão no ano passado, Douglas Brose perdeu na final dos 60kg por 6-2 para o russo Evgeny Plakhutin. Nos 67kg, Vinicius Filgueira também perdeu na decisão 5-3 para o japonês Hiroto Gomyo.

Adilson da Silva fica em 37º no Omega European Masters de golfe, válido pelos fortes Tours Europeu e Asiático, na Suíça. Ele somou 276 tacadas, 10 acima do campeão, o inglês Matthew Fitzpatrick e ganhou 1,2029 potnos no ranking mundial. No Tour Latinoamericano, no México, nenhum brasileiro passou pelo corte.

Shayanne da Silva foi a única brasileira no Mundial Cadete de lutas, em Atenas. Nos 49kg, ela perdeu na estreia de 10-0 por superioridade para a ucraniana Tetiana Profatitilova, que foi bronze na categoria.

Resumo olímpico da semana

Vela

2017 World Cup Series Hyères

Martine Grael e Kahena Kunze

Martine Grael e Kahena Kunze dominaram a Copa do Mundo de Hyeres, na França. As campeãs olímpicas somaram 34 pontos com um descarte após 13 regatas, bem a frente da dupla alemã, com 50 pontos, 2ª colocada. Foi a 3ª competição delas este ano e a 3ª vitória.

Fora ainda dois quintos lugares, com Jorge Zarif na Finn e Patrícia Freitas na RSX. Ambos venceram duas regatas cada, mas pecaram feio em outras.

Atletismo

e3ba1997-62af-473b-a291-6f8cd32425a1

Jefferson Santos

Seis brasileiros foram disputar o Multistars, tradicional competição de provas combinadas em Firenze, na Itália. Sem grandes adversários, os brasileiros foram bem. O destaque foi Jefferson Santos, que terminou o 1º dia na liderança do decatlo e venceu a prova ao somar bons 7.728 pontos. Além de bater seu recorde pessoal no decatlo, fez a melhor prova da vida em 7 provas!

No feminino, Tamara de Sousa terminou o 1º dia na frente com 39 pontos de vantagem. Mas ela tem um tradicional 2º dia ruim, enquanto a colombiana Evelis Aguilar fez 3 excelente provas para vencer com 6.228. Tamara acabou na 3ª colocação com 5.866 pontos e Vanessa Chefer, que venceu esta prova no ano passado com 6.100 pontos, acabou em 4º com 5.808, indo mal no peso e no dardo.

Boxe

1-507

Beatriz Ferreira após vencer na semifinal

Beatriz Ferreira foi o destaque brasileiro no Belgrado Winner, competição tradicional na Sérvia, em sua primeira competição internacional. A jovem atleta venceu suas 3 lutas na categoria 60kg, passando por belga após o árbitro parar o combate, depois venceu por 5-0 escocesa e, na final, passou pela polonesa Aneta Rygielska para ficar com o ouro. Beatriz é uma das grandes revelações do boxe feminino brasileiro e mostrou nessa competição que tem tudo para brilhar.

Foram ainda outras 4 medalhas de bronze, com Graziele de Jesus (51kg), Joedison Teixeira (64kg), Jhonatan Soreas (69kg) e Juan Nogueira (91kg).

Outros Esportes

Darlan Romani venceu prova de arremesso de peso nos EUA com 20,93m finalmente conquistando o índice pro Mundial de Londres, ficando a 9cm do seu recorde brasileiro.

– Na copa Europeia Cadete de judô em Berlim, equipe brasileira com 3 ouros, todos no feminino: Laura Ferreira (44kg), Gabriella Moraes (63kg) e Luiza Cruz (+70kg). Teve ainda uma única prata no masculino com Willian Lima (60kg).

Adilson da Silva ficou em 4º lugar e torneio de golfe na Zâmbia válido pelo Sunshine Tour com 277 tacadas, a 4 do campeão. Ele ganhou 4,2 pontos pro ranking, subindo 48 posições para 322º.

– No torneio Superpraia em Niterói, Ágatha e Duda levaram o título no feminino com 21-17 21-14 an final sobre Maria Elisa/Carol. No masculino, os campeões olímpicos Alison/Bruno Schmidt levaram o tetra com 21-19 22-20 sobre Álvaro Filho/Saymon.

Raiza Goulão venceu prova de mountain bike na Espanha, em Arnedo. Ela completou o percurso em 1:18:18, mesmo tempo da espanhola Rocio Martinez, em 2º lugar.

Flávia Oliveira foi 40ª colocada no Festival Elsy Jacobs, prova de 3 etapas em Luxemburgo, ficando a 5:48 da campeã.

Luisa Baptista venceu Copa Americana de triatlo em Salinas, no Equador. Ela completou a distância olímpica em 2:06:05, mais de 1min15s na frente da 2ª colocada. No masculino, Manoel Messias foi 4º colocado.

Ana Beatriz Bulcão foi a única brasileira na Copa do Mundo de florete feminino em Tauberbischofsheim, na Alemanha, ficando em 91º lugar entre 155 competidoras.

– A CBG convocou 10 atletas para a seleção brasileira de ginástica rítmica de conjunto, sendo apenas 2 remanescentes da equipe 9ª colocada nos Jogos do Rio: Francielly Machado e Jéssica Maier.

Resumo da semana olímpica

Tênis

23097999

Dois títulos brasileiros no circuito da ATP. no fortíssimo ATP500 de Acapulco, Bruno Soares e Jamie Murray venceram na decisão o americano John Isner e o espanhol Feliciano López por 63 63. Foi a 7ª final da dupla e o 4º título desde que começaram a atuar juntos, em janeiro de 2016. Bruno conquistou seu 24º título na carreira.

Já no ATP250 de São Paulo, o Brasil Open, André Sá e Rogério Dutra Silva venceram Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell por 76(5) 57 [10-7] para vencerem o título. Foi a 29ª final de Sá e o 11º título dele na carreira. Já Dutra Silva chegou ao seu 1º título no circuito.

Na Austrália, Bia Haddad Maia conquistou o título de simples e de duplas no torneio ITF $25,000 em Clare. Na final de simples venceu a checa Marketa Vondrousova por 62 62.

Atletismo

83 atletas disputaram em Bragança Paulista a Copa Brasil de Marcha Atlética. Em sua primeira competição desde os Jogos Olímpicos, Caio Bonfim confirmou o favoritismo ao vencer os 20km com o alto tempo de 1:30:05, bem a frente de Max Batista dos Santos com 1:33:46 e de Moacir Zimmermann com 1:37:04. Foi a 6ª vitória consecutiva do Caio na competição. Nos 50km, José Alessandro Bagio venceu com 4:17:55.

No feminino, título de Liliane Barbosa com altíssimos 1:57:37. Érica Sena não participou. E na estreia dos 50km feminino, vitória de Nair da Rosa, única das duas atletas concorrente a completar, com 5:13:48, diminuindo o recorde brasileiro da prova em 18 minutos.

Rugby

16903518_10155765205139298_5482369601791332046_o_large

Um resultado histórico para a seleção de rugby XV masculina. Na última rodada do Campeonato das Américas, o Brasil venceu em São Paulo pela 1ª vez na história a seleção do Canadá, num grande jogo por 24-23. Com isso, o Brasil encerrou a competição com 2 vitórias e 3 derrotas, ficando em 4º lugar.

Na 3ª etapa da Série Mundial de Rugby 7s feminino, o Brasil ficou em 11º lugar em Las Vegas. Na 1ª fase, sofreu 3 derrotas sem marcar um único ponto: 24-0 para a Nova Zelândia, 38-0 para a Austrália e 12-0 para a Inglaterra. Aí perdeu de 19-7 para a Espanha e venceu a Argentina por 41-0 na decisão do 11º lugar. Após 3 etapas, o Brasil está em 11º no geral com 7 pontos. A Nova Zelândia lidera com 56.

Esgrima

No Pan Juvenil e Cadete, em Havana, Cuba, a equipe brasileira ficou bem abaixo do esperado. O maior destaque veio no florete feminino juvenil. Gabriela Cecchini, maior revelação do país nos últimso anos, venceu na decisão brasileira Mariana Pistoia por 15-12. Gabriela foi mal na fase de poules, mas nas 8as obteve uma excelente vitória sobre a favorita americana Delphine Devore por 15-9.

Nas provas individuais, foram apenas mais 2 medalhas de bronze, ambas na categoria cadete: Bruno Pekelman no sabre masculino e Leopoldo Gubert na espada masculina.

Hipismo

A equipe brasileira de saltos formada por Eduardo Menezes/Quintol, Yuri Mansur/Babylotte, Pedro Muylaert/MFS Prince Royal Z e Luiz Francisco de Azevedo/Comic ficou com o bronze na Copa das Nações e Wellington, EUA. O Brasil somou 16 pontos, todos de Eduardo Menezes, ficando atrás da Irlanda, com 4, e os EUA, com 13.

Em Portugal, Marlon Zanotelli foi vice mais uma vez, agora em Vilamoura.

Outros Esportes

d5c914zc95

Lauro Chaman

– No Mundial de Paraciclismo de Pista, em Los Angeles, Lauro Chaman conquistou 3 medalhas na categoria C5. Dono de duas medalhas nos Jogos do Rio, Lauro foi prata na perseguição individual e faturou dois bronzes, na prova de Scratch e do 1km contrarrelógio.

– No Aberto de Tshwane de golfe, em Pretória, África do Sul, Adilson da Silva ficou em 15º lugar. Ele somou 276 tacadas no torneio válido pelo Tour Europeu e pelo Tour Africano, 10 a mais que o sul-africano campeão Dean Burmester. O brasileiro somou 1,72 ponto no ranking mundial, subindo 16 posições, para 374º.

– Na conclusão da etapa de Nova Delhi da Copa do Mundo de tiro, nenhum brasileiro pegou final. Felipe Wu ficou em 10º na quali da pistola de 50m e apenas 24º na pistola de ar 10m, Júlio Almeida foi 11º na prova de 10m e 29º na de 50m e Cássio Rippel foi 23º no rifle deitado 50m.

– Na 2ª etapa do Circuito Sul-Americano de vôlei de praia, no Peru, Lili/josi ficaram com o ouro após vencer 21-9 21-14 dupla do Paraguai. No masculino, Oscar/Hevaldo ficaram com o bronze. Em 2 etapas, Brasil soma 3 ouros, 1 prata e 2 bronzes.