Resumo olímpico da semana

Tênis

gettyimages-852814420

Bia Haddad Maia segue em seu melhor ano da carreira com uma excelente campanha no WTA de Seul. A paulista chegou a sua 1ª final de um torneio WTA, perdendo para a campeã de Roland Garros e 10ª do mundo, a letã Jelena Ostapenko.

Bia passou pela ucraniana Katarina Zavatska por 46 63 61, depois venceu a romena Irina-Camelia Begu por 63 46 62, a espanhola Sara Sorribes Tormo por 64 64 e na semifinal eliminou a holandesa Richel Hogenkamp por 61 76(7). Na decisão, perdeu por 67(5) 61 64 para Ostapenko para ficar com o vice. Com a excelente campanha, Bia chegou ao 58º lugar do ranking mundial!

Tênis de Mesa

hugo_calderano_aberto_da_c3a1ustria_09_2017

Hugo Calderano. Foto: CBTM

Em mais uma ótima campanha, Hugo Calderano chegou nas 4as de final do Aberto da Áustria de tênis de mesa, em Linz. 26º do mundo, Calderano entrou direto na forte chave principal.

Ele venceu na estreia por 4-2 o japonês Masataka Morizono, venceu por 4-2 o forte alemãs Bastian Steger, dono de duas medalhas olímpicas por equipe, mas perdeu nas 4as para o francês Simon Gauzy por 4-0. Nas duplas, Calderano e Gustavo Tsuboi perderam na estreia por 3-0 para os chineses Fang Bo e Zhou Yu.

Outros Esportes

– Às vésperas dos Mundiais Juvenil e Adulto, Marcus Vinícius de Almeida bateu o recorde brasileiro no duplo 70m com 682 pontos em 720 possíveis em prova estadual em Maricá. Ele melhorou em 11 pontos a marca anterior dele mesmo.

Patrícia Freitas terminou o Mundial de RSX em 22º lugar na raia olímpica de Enoshima, onde serão disputados os Jogos de 2020. O domínio foi total chinês, com pódio completo no feminino e ouro e bronze no masculino.

Beatriz Ferreira foi o destaque do campeonato brasileiro de boxe feminino, ficando com o título dos 60kg e eleita a melhor atleta do torneio. Ela é o principal nome do boxe neste ciclo olímpico.

Ygor Coelho não conseguiu passar pelo quali do forte Aberto do Japão. Ele perdeu na 1ª rodada por 21-10 21-14 para o sul-coreano Lee Dong Keun.

Adilson da Silva terminou em 50º na Diamond Cup de golfe, válida pelo circuito asiático, com 287 tacadas, 15 acima do campeão.

Natália Gaudio venceu as provas de arco e maças no Brasileiro de ginástica rítmica, enquanto Bárbara Domingos levou as provas de bola e fita.

Anúncios

US Open – Dia 11

Nas semifinais femininas só de americanas, as mais novas venceram para uma final inédita e inesperada.

Women's Singles - SF

Sloane Stephens (USA). Foto: USTA/Darren Carroll

Na abertura das semifinais, Sloane Stephens derrotou a bicampeã do US Open e 13 anos mais velha Venus Williams pelo curioso placar de 61 06 75. Stephens chega a sua 1ª final de Grand Slam de maneira espetacular. Ela operou o pé em janeiro e ficou de fora por boa parte da temporada, chegando a ficar em 957ª no fim de julho! Aí veio a semifinal de Toronto e de Cincinnatti, levando a americana até o 83º lugar do ranking em apenas 3 semanas!

Pelo título inédito, ela vai ter pela frente Madison Keys, a mais nova das semifinalistas. Keys passou o trator em CoCo Vandeweghe e venceu por 61 62 para chegar a sua 1ª final de GS da carreira. Elas só jogaram uma única vez, em 2015 em Miami, com vitória de Stephens por 64 62.

US Open – Dia 10

Americanos fecham o 100% nas semis e Del Potro dá show mais uma vez.

Masculino

Na sessão da tarde, Rafael Nadal não tomou conhecimento da sensação russa Andrey Rublev. Aos 19 anos e em seu 2º US Open, Rublev havia perdido apenas um set em 4 jogos e eliminado dois favoritos: Grigor Dimitrov e David Goffin. Mas jogando contra o número 1 do mundo em busca do seu 16º título de Grand Slam, Rublev foi presa fácil pro espanhol por 61 62 62, no jogo completo de 4as com menor número de games desde que Nadal venceu Tommy Robredo nas 4as de 2013 por 60 62 62, ano em que foi campeão.

Men's Singles - QF

Juan Martin Del Potro (ARG). Foto: USTA/Garrett Ellwood

Mas os olhos estavam mesmo todos voltados para o jogo da noite entre Roger Federer e Juan Martin Del Potro. Era o 22º confronto entre os dois, o 7º em um Grand Slam e a única vitória do argentino em GS havia sido na final do US Open de 2009. Vindo de um longo jogo das 8as onde virou de maneira espetacular sobre Dominic Thiem, Del Potro começou melhor e conseguiu a quebra no final do 1º set para abri 1-0 com 75. Mas logo no início do 2º, Federer quebrou para garantir o empate. No 3º, muito equilíbrio e o argentino levou no tiebreak. No 4º, foi um show. Del Potro fazia tudo enquanto o GOAT errava bolas bobas. No final, mais uma grande vitória de Del Potro neste torneio jogando demais com 75 36 76(8) 64 e a vaga na semifinal.

Será o 14º confronto entre Del Potro e Nadal e o 1º desde a incrível semifinal olímpica do Rio-2016, quando Del Potro venceu por 2-1. E seguimos sem um confronto entre Federer e Nadal em NY. Já são 37 jogos, mas nenhum no US Open.

Feminino

E a festa americana foi completa. Na abertura do dia, Coco Vandeweghe derrotou a número 1 do mundo Karolina Pliskova por 76(4) 63 e colocou a 3ª americana nas semifinais. Com a derrota, Pliskova seguirá sem um Grand Slam e ainda por cima perderá a liderança do ranking para a espanhola Garbiñe Muguruza. Será a 1ª vez desde 2003 que tenistas do mesmo país lideram o ranking masculino e feminino. A última vez foi com Andre Agassi e Serena Williams.

Women's Singles - QF

Madison Keys (USA). Foto: USTA/Garrett Ellwood

Na sessão noturna, Madison Keys eliminou a qualifier Kaia Kanepi por 63 63 e quatro americanas farão as semifinais pela 6ª vez na era aberta. A última vez foi em Wimbledon-1985 e em NY foi no US Open de 1981. Todas as outras 5 oportunidades tiveram Martina Navratilova na semifinal.

A chuva atrasou o resto da rodada de duplas e juvenis.

US Open – Dia 9

Americanas começam o domínio e Bruno Soares se despede duplamente.

Feminino

Women's Singles - QF

Sloan Stephens. Foto: USTA/Garrett Ellwood

O domínio das americanas nas 4as começou na terça-feira com Sloane Stephens vencendo por 63 36 76(4) a letã Anastasija Sevastova, que buscava sua 1ª semi de GS da carreira. Stephens, semifinalista no AusOpen em 2013, vai enfrentar a veteraníssima Venus Williams por uma vaga na final.

Em um jogo de mais de 2h30, Venus chega pela 9ª vez à semifinal do US Open na carreira, a 1ª desde 2010. Aos 37 anos, Venus faz sua melhor temporada em quase 10 anos, acumulando duas finais de Grand Slam e agora mais uma semifinal. Ela derrotou a checa Petra Kvitova pelo placar quase idêntico do outro jogo, 63 36 76(2).

Masculino

Men's Singles - QF

Kevin Anderson (RSA). Foto: USTA/Darren Carroll

A chave de baixo vai se concluindo com dois nomes inéditos em uma semifinal. O espanhol Pablo Carreño Busta atinge sua 1ª semi de GS ao derrotar o argentino Diego Schwartzman por 64 64 62. Pela inédita vaga na final, o espanhol terá pela frente o sul-africano Kevin Anderson, que num jogo praticamente de saques venceu o último americano na chave, Sam Querrey, por 76(5) 67(9) 63 76(7). Se Anderson vencer, será o 1º sul-africano na final do US Open desde Cliff Drysdale em 1965. O último título de GS de um sul-africano foi com Johan Kriek na Austrália em 1981 (ele também venceu em 1982, mas defendendo os EUA).

Duplas

Duplo adeus de Bruno Soares em Nova York. Pelas 4as das duplas, ele e Jamie Murray perderam facilmente para Jean-Julien Rojer e Horia Tecau por 62 61 na Grandstand. Pouco tempo depois, voltou na mesma quadra ao lado da húngara Timea Babos pelas 4as das mistas, quando também foram derrotados pelo mesmo Horia Tecau, agora jogando com Coco Vandeweghe, por 46 61 [10-8].

Nas duplas juvenis, Thiago Seyboth Wild e o argentino Sebastian Baez venceram 64 46 [12-10] o checo Tomac Machac e o russo Timofey Skatov e estão nas 4as.

US Open – Dia 8

No complemento da 4ª rodada, um jogo épico entre Del Potro e Thiem.

Masculino

Men's Singles - R4

Juan Martin Del Potro (ARG). Foto: USTA/Andrew Ong

O argentino Juan Martin Del Potro acordou nesta segunda-feira com 38ºC de febre e resfriado enquanto se preparava para enfrentar o austríaco Dominic Thiem, que faz excelente temporada. Thiem começou arrasador abrindo 61 62 sobre o argentino, que pensava em desistir. Mas quem conhece o Delpo sabe que ele não desiste e logo diminui vencendo o 3º set por 61. No 4º, Thiem chegou a ter 3 matchpoints no saque do argentino, que respondeu com 2 aces e venceu o 4º set 76(1) para empatar a partida. Com suas direitas espetaculares, Del Potro virou um jogo histórico e de maneira inacreditável para atingir as 4as de final com 16 26 61 76(1) 64. Por uma vaga na semifinal, o argentino vai enfrentar Roger Federer, que passeou pelo freguês alemão Philipp Kohlschreiber por 64 62 75. Será a reedição da final de 2009.

Rafael Nadal também não teve problemas para passar pelo ucraniano Alexander Dolgopolov com 62 64 61 e vai pegar nas 4as a surpresa russa Andrey Rublev. Campeão juvenil de Roland Garros em 2014, Rublev se tornou o 1º russo a chegar às 4as de um Grand Slam desde Mikhail Youzhny no US Open de 2013! Ele derrotou nesta segunda o belga David Goffin por 75 76(5) 63 e segue numa campanha brilhante.

Feminino

A número 1 do mundo Karolina Pliskova destruiu a americana Jennifer Brady por 61 60 e precisa chegar à final para se manter na liderança do ranking. ela terá no caminho a americana Coco Vandeweghe, que passou pela checa Lucie Safarova por 64 76(2).

Women's Singles - R4

Kaia Kanepi (EST). Foto: USTA/Andrew Ong

Maior surpresa do torneio, a estoniana Kaia Kanepi se tornou a 1ª qualifier a chegar às 4as do US Open desde 1981! Mas esta será a 6ª aparição da estoniana nas 4as de um Grand Slam. Ela derrotou a russa Daria Kasatkina por 64 64. Madison Keys venceu a ucraniana 4ª da mundo Elina Svitolina por 76(2) 16 64 para completar o show americano. São 4 americanas nas 4as de final, uma em cada jogo! A última vez que isso aconteceu foi no US Open de 2002, quando 5 americanas chegaram às 4as!

Duplas

Bruno Soares e Jamie Murray seguem em busca do bicampeonato de duplas e passaram com tranquilidade pelo australiano Jordan Thompson e pelo sueco Robert Lindstedt com 63 64, chegando nas 4as de final, onde farão um duro jogo contra Jean-Julien Rojer e Horia Tecau.

US Open – Dia 7

Fim do sonho de Sharapova e os americanos seguem brilhando.

Masculino

Men's Singles - R4

Pablo Carreño Busta (ESP). Foto: USTA/Darren Carroll

Na abertura da rodada do domingo, o espanhol Pablo Carreño Busta venceu a sensação canadense Denis Shapovalov em 3 tiebreaks 76(2) 76(4) 76(3) e chega pela 2ª vez no ano às 4as de um Grand Slam. Na busca por uma vaga em uma inédita semifinal para ele, o argentino Diego Schwartzman, que faz seu melhor Grand Slam na carreira. Em sua melhor posição da vida, o 33º lugar do ranking mundial, o argentino derrotou o francês Lucas Pouille por 76(3) 75 26 62.

Fazendo um ótimo ano, o sul-africano Kevin Anderson derrotou o italiano Paolo Lorenzi por 64 63 67(4) 64 e repete as 4as de final do US Open de 2015, quando perdeu pro Wawrinka. Ele vai enfrentar nas 4as o americano Sam Querrey, que arrasou o alemão Mischa Zverev com 62 62 61, e busca repetir a semifinal de Wimbledon deste ano. Ele é o 1º americano nas 4as do US Open desde 2011!

Feminino

O ótimo torneio de Maria Sharapova chegou ao fim ao ser derrotada pela letã Anastasija Sevastova por 57 64 62, que repete as 4as de final do ano passado. Ela vai enfrentar na próxima rodada a americana Sloane Stephens, que eliminou a alemã Julia Görges por 63 36 61.

Women's Singles - R4

Petra Kvitova (CZE). Foto: USTA/Pete Staples

Aos 37 anos, Venus Williams chega pela 12ª na carreiras às 4as do US Open e pela 39ª em um Grand Slam! A americana derrotou a espanhola Carla Suárez Navarro com por 63 36 61 (mesmo placar da Stephens) e vai enfrentar nas 4as a checa Petra Kvitova, bicampeã de Wimbledon. Ela venceu Garbiñe Muguruza por 76(3) 63 e diminui as chances da espanhola de ser a nova número 1 do mundo, que agora torce contra Elina Svitolina e Karolina Pliskova.

Duplas

Em duelo de brasileiros pela 2ª rodada das duplas, os atuais campeões Bruno Soares e Jamie Murray derrotaram Marcelo Demoliner e o neozelandês Marcus Daniell por 76(4) 63, se garantindo na 3ª rodada.

Nas mistas, Demoliner e Kveta Peschker chegaram a ter match point contra Murray e Martin Hingis, mas perderam na 2ª rodada por 60 46 [11-9]. Já Bruno e a húngara Timea Babos se classificaram para as 4as com 75 63 em Raluca Olaru/Nikola Mektic.

US Open – Dia 6

Cabeças 1 Nadal e Pliskova espantam a zebra no complemento da 3ª rodada no sábado.

Masculino

Men's Singles - R3

Rafael Nadal (ESP). Foto: USTA/Garrett Ellwood

Rafael Nadal enfrentou o lucky loser argentino Leonardo Mayer e perdeu o 1º set, mas virou sobre o sul-americano para vencer por 67(3) 63 61 64, chegando pela 9ª vez às 8as do US Open. O espanhol enfrentará o ucraniano Alexander Dolgopolov, que arrasou o sérvio Viktor Troicki por 61 60 64. Aos 19 anos, o russo Andrey Rublev passou pelo bósnio Damir Dzumhur com 64 64 57 64 e chega pela 1ª vez às 8as de um Grand Slam (a 3ª rodada já era novidade para ele). Vai brigar por uma vaga nas 4as com o cabeça, o belga David Goffin, que vencia por 75 51 Gael Monfils, quando o francês abandonou.

Depois de duas partidas suando por 5 sets, Roger Federer não teve problemas com seu freguês Feliciano López, vencendo pela 13ª vez o confronto entre os dois, agora por 63 63 75. O suíço pega o alemão Philipp Kohlschreiber, que passou pelo australiano John Millman com 75 62 64. Fechando a chave de cima, Juan Martin del Potro derrotou o espanhol Roberto Bautista Agut por 63 63 64 e pega o austríaco Dominic Thiem (75 63 64 no francês Adrian Mannarino).

Feminino

Karolina Pliskova também penou contra a chinesa Shuai Zhang, vencendo de virada por 36 75 64. A líder do ranking vai pegar a americana Jennifer Brady num ótimo dia para as tenistas da casa. Brady derrotou a romena Monica Niculescu por 63 46 76(3). Outra americana a vencer foi CoCo Vandeweghe, que eliminou a polonesa Agnieszka Radwanska em 2h56 de jogo por 75 46 64. Ele enfrenta agora por uma vaga nas 4as a checa Lucie Safarova (63 62 na japonesa Kurumi Nara).

Women's Singles - R3

Daria Kasatkina (RUS). Foto: USTA/Brad Penner

A 3ª americana a vencer foi Madison Keys com 26 64 61 na russa Elena Vesnina. A festa da casa só não foi perfeita pois Shelby Rogers perdeu para a cabeça 4 Elina Svitolina por 64 75. A campeã de Roland Garros Jelena Ostapenko abriu com 3-0 o 1º set contra a russa Daria Kasatkina, mas teve um apagão e perdeu 11 games seguidos! A russa venceu por 63 62 e Ostapenko inclusive evitou cumprimentá-la ao final da partida. Kasatkina enfrentará a qualifier estoniana Kaia Kanepi, que venceu por 63 26 75 a japonesa Naomi Osaka.

Duplas

Nas mistas, Bruno Soares e a húngara Timea Babos venceram 62 62 na estreia os americano Sofia Kenin e Michael Mmoh. Nas duplas masculinas, os quadrifinalistas em RG Rogério Dutra Silva e o italiano Paolo Lorenzi perderam na 2ª rodada por 67(1) 64 63 para Nicholas Monroe/John-Patrick Smith. Mas o assunto do dia foi a desclassificação do italiano Fabio Fognini. Na sua derrota em simples na 1ª rodada, Fognini xingou em italiano a juíza e, alguns dias depois, a organização o retirou do torneio e estuda até um banimento pra sempre. Com isso, Monroe/Smith já se garantem diretamente nas 4as sem jogar.