Mundial de Tênis de Mesa – Dia 8

De maneira espetacular, Ma Long coloca seu nome mais uma vez no panteão dos campeões.

 

Liebherr 2019 ITTF World Table Tennis Championships

Ma Long. Foto: ITTF

O chinês, considerado um dos maiores jogadores de todos os tempos, confirma o favoritismo e vence seu 3º título mundial individual seguido! Dominando quando era necessário, ele derrotou a boa surpresa sueca Mattias Falck na decisão por 4-1 (11-5, 11-7, 7-11, 11-9, 11-5) em 50min de partida. Dois ouros no Rio-2016, Ma Long chega a 12 títulos mundiais no geral, além de 3 ouros olímpicos. Afastado por 6 meses no ano passado por conta de uma lesão, ele chegou ao Mundial apenas como cabeça de chave 11, pegando uma dura chave, mas soube dominar quando preciso, perdendo apenas 5 sets em 7 jogos, assim como no seu primeiro título em 2015. Em nenhum jogo ele chegou a perder 2 sets!

Ma Long é apenas o 3º a conquistar 3 títulos mundiais seguidos no masculino. O húngaro Viktor Barna, dono de 5 títulos, venceu 4 seguidos de 1932 a 1935, época em que o Mundial era anual. O chinês Zhuang Zedong também venceu 3 vezes seguidas: 1961, 1963 e 1965.

Liebherr 2019 ITTF World Table Tennis Championships

Wang Manyu e Sun Yingsha. Foto: ITTF

Para fechar o Mundial, a dupla chinesa Sun Yingsha/Wang Manyu venceu nas duplas femininas as japonesas Hina Hayata/Mima Ito de virada por 4-2 (8-11, 3-11, 11-8, 11-3, 12-10, 11-8). Foi o 16º título seguido de uma duplas chinesa! Aliás, essa final quebrou uma sequência de 15 finais seguidas entre duplas chinesas!

O próximo Mundial será em 2020, com disputas apenas por equipes, em Busan, na Coreia do Sul.

Anúncios

Mundial de Tênis de Mesa – Dia 7

Nas duas finais do sábado, mais dois ouros chineses.

46ec2925-31d1-4535-b0db-a8212065d914

Liu Shiwen. Foto AFP/Attila Kisbenedek

Na final feminina entre Liu Shiwen e Chen Meng, a primeira, cabeça de chave 4, venceu Meng, cabeça 2, por 4-2 (9-11, 11-7, 11-7, 7-11, 11-0, 11-9) com direito a um 11-0 no 5º set! Na semifinal ela já havia feito um 11-0 na número 1 do mundo Ding Ning! Este deve ter sido o último Mundial da jogadora de 28 anos, que chega a seu 6º pódio seguido! Após 2 pratas e 3 bronzes, Liu Shiwen finalmente sobe ao ponto mais alto do pódio de maneira impressionante, dominando suas adversárias. Nos 4 primeiros jogos, vitórias por 4-0 e foi perder seu 1º set apenas nas 4as de final, tendo perdido apenas 5 durante todo o campeonato. 13º título seguido de uma chinesa no feminino. Liu é a 7ª chinesa a vencer o título nessa sequencia de 13.

ma-long-chn-wang-chuqin-chn-28

Wang Chuqin e Ma Long. Foto: Rémy Gros

Na final de duplas masculinas, Ma Long e Wang Chuqin derrotaram a dupla europeia formada pelo romeno Ovidiu Ionescu e o espanhol Alvaro Robles, o 1º de seu país a chegar a uma final de mundial de tênis de mesa. Com 4-1 (11-3, 8-11, 11-7, 11-3, 11-5) na final, Ma Long faturou seu 11º título mundial, somando individual, duplas e equipe. Mas foi apenas o seu 2º nas duplas masculinas.

Algumas horas depois, Ma Long voltou à mesa para enfrentar seu compatriota Liang Jingkun na semifinal, vencendo por 4-1 (11-8, 6-11, 11-9, 11-9, 14-12), assegurando vaga na final pela 3ª vez seguida. Seu adversário seria o surpreendente sueco Mattias Flack, que eliminou a zebra da competição, o sul-coreano An Jaehyun, vindo do qualificatório e apenas 157º do ranking mundial. Falck venceu por 4-3 (11-8, 7-11, 11-3, 4-11, 9-11, 11-2, 5-11) e voltou a colocar a Suécia na final masculina, o que não ocorria desde 1997, com Jan-Ove Waldner.

Nas semifinais de duplas femininas, Hina Hayata e Mima Ito venceram Honoka Hashimoto/Hitomi Sato no duelo japonês por 4-2 (11-9, 10-12, 14-16, 11-5, 11-5, 11-7). Na outra semi toda chinesa, Sun Yingsha/Wang Manyu passaram com 4-3 (11-3, 11-9, 9-11, 6-11, 11-6, 9-11, 11-5) por Chen Meng/Zhu Yuling.

Mundial de Tênis de Mesa – Dia 6

Nas 4as no masculino, Ma Long venceu seu compatriota Lin Gaoyuan por 4-0 (11-8, 11-9, 11-8, 11-4) e marcou encontro com outro chinês, Liang Jingkun, de 22 anos, que venceu o japonês Koki Niwa por 4-3 (12-10, 10-12, 11-8, 11-4, 9-11, 7-11, 11-5). Do lado de baixo, a surpresa An Jaehyun venceu no duelo sul-coreano Jang Woojin por 4-3 (12-10, 10-12, 7-11, 11-3, 11-5, 8-11, 12-10) em 1h04 e o sueco Mattias Falck derrotou o francês Simon Gauzy por 4-1 (11-8, 11-13, 11-6, 11-3, 11-7), se tornando o 1º sueco a medalhar no individual em um Mundial desde Jan-Ove Waldner em 1997.

Captura de Tela 2019-04-29 às 00.00.48

Nas semifinais femininas só com chinesas, Liu Shiwen garantiu vaga na final pela 3ª vez na carreira derrotando a número 1 do mundo Ding Ning de virada por 4-2 (6-11, 9-11, 11-5, 11-5, 11-0, 11-2). Chen Meng pegou sua 1ª final individual em Mundiais ao vencer Wang Manyu por 4-0 (11-5, 11-7, 11-5, 11-8).

Nas duplas masculinas, Ma Long e Wang Chuqin passaram pelos compatriotas chineses Liang Jingkun e Lin Gaoyuan por 4-0 (12-10, 11-7, 11-7, 11-5) enquanto no duelo europeu o romeno Ovidiu Ionescu e o espanhol Alvaro Robles venceram em jogo de 1h04 os portugueses Tiago Apolonia e João Monteiro por 4-3 (11-6, 3-11, 10-12, 11-7, 11-7, 9-11, 1-8).

xu-xin-lsw-e1556329994765

Liu Shiwen e Xu Xin. Foto: ITTF

Na grande decisão de duplas mistas, os chineses Xu Xin/Liu Shiwen venceram por 4-1 (11-5, 11-8, 9-11, 11-9, 11-4) os japoneses Maharu Yoshimura e Kasumi Ishikawa, que defendiam o título. É a 1ª vez desde 2011 que uma dupla totalmente chinesa é ouro nas mistas. Lembrando que teremos disputa de duplas mistas pela 1ª vez nos Jogos Olímpicos a partir de Tóquio-2020.

Mundial de Tênis de Mesa – Dia 5

Infelizmente Hugo Calderano deu azar no sorteio e estava destinado a enfrentar o chinês bicampeão mundial e campeão olímpico Ma Long nas 8as. O chinês ficou 6 meses sem disputar torneios por conta de uma lesão e entrou no Mundial apenas como cabeça de chave 11. Hugo começou muito bem vencendo o 1º set 11-8 e manteve seu bom jogo, mas Ma Long devolveu os 11-8 no 2º set. Aí o chinês ligou o modo trator e arrasou com 11-1 no 3º. Jogando seu melhor, o chinês não deu chances pro brasileiro e venceu por 4-1 (8-11, 11-8, 11-1, 11-3, 11-8).

Captura de Tela 2019-04-28 às 21.02.06

Hugo Calderano x Ma Long. Foto: ITTF

Um dos maiores do mundo, o alemão Timo Boll abandonou o mundial por lesão e deu WO no jogo de simples contra o sul-coreano Jang Woojin. Algoz do chinês Xu Xin, o francês Simon Gauzy venceu tranquilo o chinês naturalizado eslovaco Wang Yang por 4-0 (11-0, 11-5, 11-4, 11-8). Outra grande surpresa do torneio é o sul-coreano An Jaehyun, que veio do qualificatório. Nas 8as ele derrotou o talentosíssimo jovem japonês Tomokazu Harimoto por 4-2 (11-7, 3-11, 11-8, 11-7, 8-11, 11-9).

No feminino, só deu China. A número 1 do mundo Ding Ning venceu a japonesa Miu Hirano por 4-1 (11-8, 4-11, 11-2, 11-7, 11-9), Liu Shiwen passou pela japonesa Miyu Kato 4-1 (11-9, 8-11, 11-4, 11-6, 11-5). Na chave de baixo, Wang Manyu venceu no duelo chinês Sun Yingsha por 4-2 (11-9, 10-12, 21-19, 11-6, 9-11, 11-8) e Chen Meng fez 4-2 (9-11, 11-7, 11-7, 8-11, 12-10, 11-4) em Doo Hoi Kem, de Hong Kong. Com isso, as 4 primeiras cabeças de chave chegaram às semifinais.

Nas duplas masculinas, do lado de cima só com asiáticos, vitórias das duas duplas chinesas. Na chave de baixo, os portugueses Tiago Apolonia e João Monteiro passaram direto pra semi por conta do WO de Timo Boll. O romeno Ovidiu Ionescu e o espanhol Alvaro Robles venceram os suecos Mattias Falck e Kristian Karlsson por 4-0.

Já nas duplas femininas, só tínhamos duplas asiáticas. E as duas chinesas e as duas japonesas venceram seus jogos, marcando uma semifinal chinesa e uma japonesa.

Por fim, tivemos as semifinais das mistas. No duelo chinês, Xu Xin/Liu Shiwen venceram 4-0 (11-5, 11-8, 13-11, 16-14) Fan Zhendong/Ding Ning. No outro jogo, os campeões mundial de 2017, os japoneses Maharu Yoshimura e Kasumi Ishikawa derrotaram por 4-1 (11-9, 11-6, 11-6, 5-11, 11-6) os alemães Patrick Franziska e Petrissa Solja.

Mundial de Tênis de Mesa – Dia 4

Liebherr 2019 ITTF World Table Tennis Championships

Hugo Calderano. Foto: ITTF

Hugo Calderano teve na 3ª rodada da chave masculina seu jogo mais tranquilo até aqui. Ele dominou o confronto contra o indiano Sathiyan Gnanasekaran ao vencê-lo por 4-0 (11-6, 11-3, 11-9, 11-9) e se classificou pela 1ª vez às 8as de final de um Mundial, onde enfrentará o fortíssimo chinês Ma Long, bicampeão mundial, campeão olímpico no Rio-2016 e considerado um dos maiores mesatenistas da história.

A grande zebra da quarta-feira foi a vitória do francês Simon Gauzy sobre o chinês Xu Xin, cabeça 2. Tricampeão mundial de duplas, Xu Xin perdeu por 4-2 (11-8, 6-11, 11-13, 11-6, 11-9, 11-9) e foi o 1º chinês a perder em Budapeste. Com isso, não há mais chinês na chave de baixo. Também venceram na 3ª rodada o chinês Fan Zhendong, cabeça 1, com 4-0 (12-10, 11-2, 11-6, 11-9) sobre o nigeriano Quadri Aruna, o jovem japonês Tomokazu Harimoto com 4-0 (11-8, 14-12, 11-7, 11-7) sobre o português Marcos Freitas e o alemão Timo Boll com 4-0 (11-3, 11-9, 11-7, 11-8) sobre o japonês Masataka Morizono.

gauzy-simon-fra_2019wttc_prg_3048-e1556156970935

A zebra francesa Simon Gauzy. Foto: ITTF

Na chave feminina, rodada dupla que definiu as quartas-de-final. Todas as 16 jogadoras que estavam nas 8as eram asiáticas. E as 5 chinesas venceram. Ding Ning fez 4-1 (11-6, 11-9, 5-11, 11-6, 11-9) na sul-coreana Suh Hyowon, Liu Shiwen venceu por 4-0 (11-6, 11-5, 11-6, 11-4) a norte-coreana Kim Song-I, Wang Manyu fez 4-2 (9-11, 11-4, 11-9, 8-11, 11-4, 11-9) na japonesa Hitomi Sato, Sun Yingsha venceu 4-0 (11-7, 11-3, 11-3, 11-7) a norte-coreana Cha Hyo-sim e Chen Meng derrotou Feng Tianwei, de Singapura, por 4-1 (12-10, 11-6, 11-6, 11-13, 11-7).

Nas duplas mistas, tivemos a definição das semifinais, onde as duplas chinesas Fan Zhendong/Ding Ning e Xu Xin/Liu Shiwen irão se enfrentar. Na outra semi, os japoneses atuais campeões Maharu Yoshimira/Kasumi Ishikawa irão enfrentar os alemães Patrick Franziska/Petrissa Solja.

Nas duplas masculinas, temos 4 duplas euriopeias e 4 asiáticas nas 4as. Interessante que as 4 europeias estão na chave de cima e as 4 asiáticas na de baixo. Legal ver os portugueses Tiago Apolonia e João Monteiro nas 4as, onde enfrentam os alemães Timo Boll/Patrick Franziska. Já nas duplas femininas, são 8 duplas asiáticas e as 2 chinesas estão na chave de baixo.

Apesar das várias vitórias chinesas, só poderemos ter uma final totalmente chinesa no individual feminino.

Mundial de Tênis de Mesa – Dia 3

Num dia com dezenas e dezenas de jogos, Hugo Calderano foi o único brasileiro a sobreviver e chegar à 3ª rodada.

calderano-hugo-bra-7-m-53

Hugo Calderano. Foto: ITTF

Na 1ª rodada masculina, Calderano venceu o argentino Horacio Cifuentes por 4-2 (11-6, 9-11, 15-13, 11-7, 7-11, 11-1) num jogo duro pro brasileiro, que está tendo problemas com a bolinha usada na competição. Eric Jouti também venceu na estreia, com 4-2 (8-11, 13-11, 9-11, 11-5, 11-8, 11-9) sobre o chileno Felipe Olivares. Já Gustavo Tsuboi perdeu pro romeno Cristian Pletea por 4-0 (11-5, 11-8, 11-7, 11-5), Vítor Ishiy pro francês Can Akkuzu por 4-1 (11-4, 11-7, 11-8, 7-11, 12-10) e Thiago Monteiro pro português Marcos Freitas por 4-1 (12-10, 12-10, 9-11, 13-11, 11-8).

Na 2ª rodada, Calderano derrotou o japonês Kazuhiro Yoshimira por 4-2 (11-7, 14-12, 7-11, 10-12, 11-5, 11-8) e chegou às 16as de final. Jouti abriu 3-0 sobre o austríaco Daniel Habesohn, cabeça 25, mas levou uma bela virada e perdeu por 4-3 (4-11, 8-11, 3-11, 11-7, 11-6, 11-7, 11-8).

No feminino, Bruna Takahashi venceu na estreia a chilena Judith Morales por 4-0 (11-9, 11-6, 11-7, 11-5), mas caiu na 2ª rodada pra sul-coreana Suh Hyowon, cabeça 10, por 4-1 (11-7, 11-4, 9-11, 11-4, 11-3). Lin Gui perdeu na 1ª rodada pra japonesa cabeça 12 Hitomi Sato por 4-0 (11-3, 11-5, 11-3, 11-5).

Derrotas vieram nas duplas também. Na masculina, Eric Jouti e Gustavo Tsuboi perderam 4-1 (5-11, 11-9, 11-4, 12-10, 11-7) para os húngaros Nandor Ecseki/Adam Szudi e Vitor Ishiy/Thiago Monteiro perderam 4-1 (5-11, 11-9, 11-9, 11-8, 11-9) para a dupla de Taiwan Lin Yun-Ju/Wang Tai-Wei. Nas duplas femininas, Bruna Takahashi e a sérvia Andrea Todorovic caíram para as alemãs Chantal Mantz/Sabine Winter por 4-2 (10-12, 11-7, 11-4, 11-7, 8-11, 11-9).

Liebherr 2019 ITTF World Table Tennis Championships

Foto: ITTF

Dos 32 que sobraram na chave masculina, apenas 3 não são cabeças de chave e os 5 chineses avançaram sem problema. Na chave feminina, apenas 1 das 32 não é cabeça de chave e 23 são asiáticas. Calderano é o único americano que restou entre os homens. Já no feminino, temos 3 das Américas: a porto-riquenha Adriana Díaz, que vai pegar a cabeça 1 Ding Ning, a canadense Zhang Mo e a americana Jennifer Wu.

Nas duplas masculinas, a surpresa foi a derrota da dupla número 1 formada pelos japoneses Masataka Morizono/Yuya Oshima para os franceses Trista Flore/Emmanuel Lebesson por 4-3.

Curioso que como os chineses não jogam tantas etapas do circuito, eles não aparecem sempre no topo do ranking e com isso pegam chaves ruins. Ou seja, teremos duelos de chineses cedo. Nas duplas masculinas, femininas e nas mistas não há possibilidade de final chinesa.

Mundial de Tênis de Mesa – Dia 2

A segunda-feira seguiu com preliminares individuais e as primeiras rodadas de duplas. E pela 1ª vez na história o Brasil coloca 7 mesatenistas na chave principal de um Mundial.

No individual masculino, Thiago Monteiro venceu 4-0 (11-8, 12-10, 11-9, 11-7) o lituano Alfredas Udra e venceu o Grupo 10, avançando de fase. Pelo grupo 35, Vítor Ishiy venceu 4-0 (11-6, 11-2, 11-6, 11-3) o congolês Abiodun Lawal e também avançou. No feminino, Lin Gui derrotou 4-0 (11-4, 11-3, 11-9, 12-10) a mongol Bolor-Erdene Batmunkh pelo grupo 11 e chegou à chave principal. Já Jéssica Yamada perdeu 4-0 (11-9, 11-8, 11-4, 11-8) para a taiwanesa Liu Hsing-Yin, ficou em 2º no grupo 58 e foi eliminada. Pelo grupo 48 no masculino tivemos um curioso duelo de veteranos entre o dinamarquês Michael Maze, bronze em Atenas-2004 nas duplas, e o sérvio Aleksandar Karakasevic, que venceu por 4-3 e avançou de fase.

Captura de Tela 2019-04-22 às 23.10.39

Lin Gui. Foto: Abelardo Mendes Jr/rededoesporte.gov.br

Na 1ª rodada das duplas mistas, Gustavo Tsuboi/Bruna Takahashi perderam por 4-1 (11-4, 11-7, 3-11, 11-9, 13-11) para os suecos Mattias Falck/Matilda Ekholm e Eric Jouti/Lin Gui também foram derrotados na estreia da chave principal por 4-2 (8-11, 11-9, 11-4, 7-11, 11-7, 11-8) para os norte-coreanos Ham Yu Song/Cha Hyo Sim. A dupla cabeça de chave 1 perdeu na 2ª rodada. Wong Chun Ting/Doo Hoi Kem, de Hong kong, bronze nos dois últimos mundiais, caíram para os chineses Fan Zhendong/Ding Ning por 4-0 (11-7, 11-9, 18-16, 11-5).

Nas duplas masculinas, Eric Jouti/Gustavo Tsuboi venceram na 1ª rodada 4-0 (11-9, 11-5, 11-8, 11-7) os venezuelanos Cecilio Correa/Jan Medina e Vitor Ishiy/Thiago Monteiro passaram pelo cazaques Timur Kelbuganov/Denis Zholudev por 4-1 (11-7, 15-13, 11-8, 8-11, 12-10). Sem grandes surpresas nas outras partidas.

Já nas duplas femininas, Gui Lin/Jéssica Yamada perderam na 1ª rodada por 4-0 (11-4, 11-3, 11-5, 11-7) para as fortes romenas Elizabeta Samara/Bernadette Szocs, cabeças 8. Já Bruna Takahashi, que faz dupla com a sérvia Andrea Todorovic conseguiram uma excelente vitória de 4-3 (11-5, 11-9, 9-11, 11-3, 11-13, 6-11, 11-7) sobre a eslovaca Barbora Balazova e a checa Hana Matelova, cabeças 7.