Resumo olímpico da semana

Judô

Num Grand Prix sem grandes nomes, o Brasil reinou absoluto em Cancun, vencendo 5 ouros, 2 pratas e 1 bronze.

78reac-1497838360-1497838360

Mayra Aguiar

Em sua primeira competição no ano, Mayra Aguiar nem precisou se esforçar muito. Com apenas 6 judocas na chave dos 78kg, Mayra já estava direto na semifinal. Na decisão, só precisou de 1min15 e ficou com o ouro sobre a britânica Natalie Powell. Gabriela Chibana foi ouro nos 48kg, derrotando na semi a húngara medalhista olímpica Eva Csernoviczki. Os outros 3 ouros vieram com Marcelo Contini (73kg), David Moura (+100kg – também só precisou de 2 lutas) e Ketleyn Quadros (63kg).

Phelipe Pelim (60kg) e Sarah Menezes (52kg) ficaram com medalhas de prata e Victor Penalber (81kg) foi bronze. Esta foi a última competição da seleção antes da definição da equipe que irá ao Mundial, em Budapeste, no fim de agosto.

Levantamento de Peso

foto-2

Luana Madeira

Luana Madeira ganhou duas medalhas no Mundial Juvenil de levantamento de peso, em Tóquio. Na categoria 48kg, ela foi prata no arranco com 79kg atrás da tailandesa Thunya Sukcharoen, com 82kg, e bronze no total com 169kg, atrás du Sukcharoen com 179kg e de outra tailandesa, Chiraphan Nanthawong, com 174kg. No arremesso, Luana ficou em 6º com 90kg.

Em 2015, Luana já havia entrado pra história com o bronze no histórico Mundial da Juventude, quando Brasil conquistou 3 medalhas nos totais e 6 somando arranco e arremesso.

Tênis

880x400_noticia_5947064f203a6_18-06-2017_20-01-35

Jamie Murray e Bruno Soares em Stuttgart

Dois títulos de duplas na grama na semana. Bruno Soares e Jamie Murray venceram o título do ATP250 de Stuttgart com 67(4) 75 [10-5] sobre o austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic. Foi o 25º título da carreira do Bruno e o 5º da dupla em 8 finais. 7º título do Bruno na grama.

Marcelo Melo e Lukasz Kubot venceram no ATP250 de Den Bosch, na Holanda. Eles fizeram 63 64 e Rajeev Ram/Raven Klaasen. Também foi o 25º título do Marcelo e o 5º da dupla em 6 finais. E foi apenas o seu 1º na grama!

Outros Esportes:

Ana Sátila foi o destaque na 1ª etapa da Copa do Mundo de canoagem slalom. Ela fez a única final o Brasil, no C1, mas perdeu 4 portas seguidas e terminou em 10ª e último lugar. Pepê pegou semi do K1, onde terminou em 19º.

Maria Clara/Carol ficaram com o título do Aberto de Haia de vôlei de praia. Elas venceram as suíças Heidrich/Vergé-Depré por 21-17, 21-11. Ágatha/Duda ficaram com o bronze ao vencerem as canadenses Pavan/Humana-Paredes por 16-21, 21-13, 15-11.

– A seleção brasileira masculina encerrou a primeira fase da Liga Mundial de vôlei masculino com mais 2 vitórias e 1 derrota, assim como nas outras 2 semanas. Venceu a Bulgária por 3-0 (25-15, 25-19, 25-22), depois perdeu de 3-1 (19-25, 25-21, 25-22, 25-19) pra Argentina. Por fim, venceram 3-1 (25-22, 25-16, 17-25, 25-23) a Sérvia. O Brasil terminou em 2º no geral, atrás apenas da França (8V-1D).

Lucas da Silva Carvalho venceu prova de 400m em São Bernardo com 45.45 e baixou do índice pro Mundial de atletismo, o 1º nesta prova.

– Nenhuma final na Copa do Mundo de rifle/pistola em Gabala, no Azerbaijão. Os melhores resultados foram de Felipe Wu, 22º na pistola de ar 10m e 23º na pistola 50m.

Bruno Fratus venceu as 3 provas de 50m livre no Circuito Mare Nostrum. Em Canet, na última etapa, venceu com 21.92, nadando pela 6ª vez esse ano abaixo dos 22s.

– Confederação convoca equipe para o Mundial de BMX sem Renato Rezende. Lesão foi mesmo complicada. Irão Anderson Ezequiel, Julia Alves dos Santos, Priscilla Carnaval e Paola Santos (júnior).

– 6 brasileiros disputaram o Karate Serie A de Toledo, na Espanha. Nos 55kg, Valéria Kumizaki venceu 3 lutas até perder para argelina nas 8as. Nos 60kg, Rafael Nascimento disputou o bronze, mas perdeu para italiano por 2-1.

– Alexandre Rocha não passou do corte no Air Capital Classic, válido pelo web.com Tour de golfe, ficando a 2 tacadas de avançar.

Boxe, esgrima e remo em posts individuais.

Resumo olímpico da semana

Handebol

not_grd_0000032741

Sem adversários de mesmo nível, a seleção feminina conquistou o Torneio Quatro Nações em São Bernardo. Arrasou por 40-13 o Chile e por 36-9 a República Dominicana e derrotou Portugal por 35-29.

O Brasil enfrentou 3 equipes bem fracas na preparação para o Pan, que começa no próximo domingo na Argentina e dará 3 vagas para o Mundial em dezembro na Alemanha. Na primeira fase, o Brasil pega EUA, Colômbia, Paraguai e Porto Rico.

Luta

img-20170609-wa0046

Joilson Santos Jr no topo do pódio

A equipe brasileira juvenil conquistou 8 medalhas no Pan da categoria em Lima. Apesar da greco-romana ser o pior estilo do Brasil no adulto, foram 4 medalhas na competição juvenil. O único ouro do país em Lima veio com Joilson Ramos Jr, que venceu a categoria 66kg e se tornou bicampeão continental. Ele venceu suas 3 lutas com muita tranquilidade e superioridade. Rafael Crystêllo Filho foi prata nos 120kg, Erivan Rocha nos 55kg foi bronze e Douglas Rocha nos 96kg também foi bronze.

Na luta feminina, Shayenne Silva foi prata nos 48kg ao perder para peruana por 19-17 (!!). Fabiana Alcantara nos 63kg e Thais Oliveira nos 72kg foram bronze. Na luta livre, apenas um bronze, com Daniel Nascimento nos 55kg.

Vôlei

Na 2ª semana da Liga Mundial, o Brasil foi para a Bulgária e, assim como na 1ª, venceu duas partidas e perdeu uma.

Na sexta, venceu o Canadá por 3-1 (23-25, 25-20, 25-22, 25-23). No sábado, fez 3-1 na campeã mundial Polônia (25-21 ,25-20, 17-25, 25-19) e no domingo não foi páreo para a Bulgária, que venceu por 3-1 (25-22, 25-19, 23-25, 25-19).

Após 6 jogos, o Brasil está em 3º no Grupo 1 com 4V e 2D atrás da França, que está invicta com 6 vitórias, e Sérvia, que tem 5.

Outros Esportes

– Participação bem modesta dos brasileiros no Pan de pentatlo moderno, em Santo Domigno. No masculino, William Muinhos foi 8º com 1.399 pontos (52s atrás do campeão) e Gabriel Sasaqui foi 21º com 1.297 entre 41 atletas. No feminino, Priscila Oliveira terminou em 10º com 1,264 (85s atrás da campeã) e Bianca Cavalcanti foi 18ª com 1.189 entre 28 atletas.

Bia Haddad Maia segue embalada e chegou às semifinais do Bol Open, torneio da WTA de US$ 125.000 na Croácia. Bia venceu na 2ª rodada a sueca cabeça 1 Johanna Larsson por 76(3) 61 e nas quartas derrotou a italiana Sara Errani por 61 64, até perder na semifinal para a sérvia Aleksandra Krunic de virda por 16 62 60. Com mais uma boa campanha, Bia atingiu seu melhor ranking da carreira , o 94º lugar

Alexandre Rocha ficou em 4º no Rust-Oleum Championship, em Illinois, com 281 tacadas, 7 acima do alemão campeão Stephan Jaeger. Alexandre somou 3,45333 pontos pro ranking e subiu quase 400 posições no ranking, para 858º.

Philip Greenlees venceu a seletiva brasileira para os Jogos Olímpicos da Juventude de Buenos Aires-2018, em Campinas. A FEI ainda precisa confirmar as vagas sul-americanas pros Jogos.

– Em amistoso de Rugby XV em São Paulo, Brasil vence Portugal com virada histórica. Com menos de 10min pro final da partida, os Tupis perdiam de 21-6, mas, com 3 tries seguidos, virou para 25-21

– Na Série Mundial de triatlo em Leeds (GBR), Danilo Pimentel foi 31º na prova masculina com 1:53:26, quase 7min atrás do campeão Alistair Brownlee.

Vela e tiro com arco tem seus posts próprios.

Resumo olímpico da semana

Vôlei de Praia

Captura de Tela 2017-06-07 às 00.11.27

Talita e Larissa

No Aberto de Moscou, as mulheres foram o destaque. Larissa e Talita ficaram com o título ao vencer na decisão as americanas Brooke Sweat/Summer Ross por 21-16, 21-14. As brasileiras perderam apenas um set na competição, na semifinal contra Ágatha/Duda, quando venceram por 23-21, 18-21, 15-10. Agatha/Duda acabaram com a medalha de bronze ao passarem pelas alemãs Schneider/Bieneck por 21-14, 21-8. Foi o 3º título seguido de uma dupla brasileira no circuito feminino e o 4º na temporada em 7 torneios. Foi o 61º título de Larissa no circuito, o 33º de Talita e o 15º da dupla.

Já no masculino, nenhum brasileiro chegou às semifinais. Apenas os campeões olímpicos Alison/Bruno Schmidt atingiram as 4as, onde perderam para os letões Smedins/Samoilovs de virada por 18-21, 22-20, 15-12. O título ficou com os americanos Lucena/Dalhausser. Foi o 35º título do circuito mundial de Dalhausser.

Vôlei

Na estreia de Renan Dal Zotto no comando da seleção brasileira masculina, 2 vitórias e uma derrota na 1ª rodada da Liga Mundial, em Pesaro, Itália.

Logo na 1ª partida, um grande duelo contra a campeã mundial Polônia, que venceu por 3-2 (25-20, 20-25, 19-25, 25-22, 15-8). Depois, o Brasil venceu o Irã por 3-1 (21-25, 25-19, 25-22, 25-22) e derrotou a Itália também por 3-1 (25-15, 17-25, 25-23, 25-22). O Brasil aparece em 3º na classificação geral da 1ª Divisão da Liga Mundial e a França lidera como a única a vencer os 3 jogos do fim de semana. A seleção agora parte para a Bulgária onde enfrentará além dos donos da casa, o Canadá e novamente a Polônia.

Atletismo

5390f429-b3b3-491b-82ed-0617c5c08b16

Lorraine Martins

O Brasil dominou o Sul-Americano Sub20m, disputado na Guiana. A equipe brasileira venceu 18 ouros, 11 pratas e 3 bronzes e venceu as classificações gerias por gênero e total, com 287 pontos. Lorraine Martins foi um dos destaques brasileiros ao vencer os 100m e os 200m, com bons tempos e fortes ventos contra. Nos 100m, ela fez sua melhor marca pessoal com 11.56 (-3,1m/s) e nos 200m 23.89 (-2,6m/s). Vale ressaltar que ela ainda é Sub18. Daniel do Nascimento, que disputou o Mundial de cross-country, venceu os 5.000m (14:53.71) e os 10.000m (31:01.64) com corridas táticas. Outra dobradinha foi de Saymon Hoffmann, que levou o arremesso de peso (16,57m) e o lançamento de disco (54,59m).

Na Holanda, Thiago André marcou 3:35.28, sua melhor marca pessoal nos 1.500m e conseguiu o índice para o Mundial de Londres.

Em La Coruña, na Espanha, Érica de Sena venceu a Marcha 20km com 1:29:16 e lidera com folga a classificação geral no circuito de marcha. Nos 20km masculino, Caio Bonfim ainda não chegou ao seu melhor e foi 6º com 1:21:04, sua melhor marca no ano.

Outros Esportes:

– Paola Reis foi campeã na categoria juvenil no Pan-Americano de Ciclismo BMX na Argentina. Na categoria elite, Priscilla Carnaval foi prata e Julia Alves foi bronze. Elas perderam para a argentina Gabriela Diaz. No masculino, Anderson Ezequiel ficou em 4º na elite. No domingo, pela Copa Latino-Americana, Priscilla ficou com o ouro.

– Adilson da Silva foi 15º no Aberto da Zâmbia de golfe, válido pelo Sunshine Tour e somou 1,2667 ponto no ranking mundial. Alexandre Rocha foi 39º Rex Hospital Open, válido pelo Web.com Tour.

– O Brasil ficou em 8º na Copa das Nações de hipismo saltos em St. Gallen, Suíça. Com Yuri Mansur, João Victor Castro, Karina Johannpeter e Eduardo Menezes, somando 41 pontos perdidos. A vitória ficou com a equipe da Itália, com apenas 9 pontos.

– O pivô brasileiro Rogério Moraes foi campeão da Champions League de handebol. O seu time Vardar, da Macedônia, venceu por 24-23 o Paris Saint-Germain e conquistar pela 1ª vez o título europeu.

– A IJF definiu as 16 equipes classificadas para o Mundial por equipes de judô e confirmou a presença do Brasil no masculino. A equipe feminina tinha sido campeã do Pan e já estava garantida.

– Danilo Pimentel foi 19º na Copa do Mundo de triatlo em Cagliari, na Itália. No formato sprint, ele completou em 56:22. Beatriz Neres foi a melhor no feminino com 1:05:29, em 24º lugar.

Resumo olímpico da semana

Vôlei de Praia

Festa em casa no Rio de Janeiro no torneio 4 estrelas de vôlei de praia, disputado nas quadras de tênis do Parque Olímpico da Barra.

Captura de Tela 2017-05-23 às 23.35.17

Os campeões olímpicos Alison e Bruno Schmidt venceram todos os 6 jogos por 2-0 até faturarem o título com 25-23 21-12 sobre os poloneses Losiak/Kantor, para faturar o 12º título do circuito da dupla. No feminino, a campeã mundial e prata olímpica Ágatha, jogando agora com a maior revelação da modalidade nos último anos, Duda Lisboa, venceu o ouro no feminino num jogo duro contra as canadenses Sarah Pavan/Melissa Humana-Paredes por 21-14 13-21 15-13. Na semifinal, Ágatha/Duda venceram Bárbara (ex-parceira da Ágatha) e Fernanda Berti por 21-23 21-15 15-7. Na disputad o bronze, Bárbara/Fernanda perderam para as checas Hermannova/Slukova por 23-21 21-18.

Foi a 58ª vez desde 1992 que o Brasil venceu os torneios masculino e feminino em uma mesma etapa do circuito!

Outros Esportes

– Na 2ª etapa da Copa do Mundo de Paraciclismo de Estrada, na Bélgica, 3 medalhas: Lauro Chaman foi ouro na prova de resistência C5 e prata no contrarrelógio C5 e Jady Malavazzi ficou com o bronze na resistência H4. Após 2 etapas, Lauro lidera com folga a sua categoria.

– No Torneio Nacional de esgrima no Rio tivemos como campeões: no sabre Karina Trois e Enrico Pezzi, na espada Clarisse Menezes e Athos Schwantes e no florete Ana Beatriz Bulcão e Henrique Marques. Vale ressaltar o bronze de Luana Pekelman no sabre aos 14 anos!

– Pelo Sunshine Tour de golfe, na África, Adilson da Silva foi 31º no Lombard Insurance Classic, na Suazilândia. Já pelo web.com Tour, Alexandre Rocha não passou pelo corte em prova na Carolina do Sul.

hh

– Marcelo Melo e Lukasz Kubot chegaram até as 4as do Masters 1.000 de Roma, perdendo de 64 76(6) para a dupla cabeça 1 Henri Kontinen/John Peers. Durante o 2º set, Marcelo levou uma bolada na cabeça de um saque de Kubot e caiu no chão, claramente com muita dor, mas não foi nada sério.

Notícias de saltos ornamentais, judô e ginástica artística em posts individuais no blog.

Resumo olímpico da semana

Tênis de Mesa

calderano_07_05_17

Hugo Calderano

Num torneio bem esvaziado, Hugo Calderano foi perfeito no Aberto do Brasil, disputado em São Paulo, pelo circuito Challenge da ITTF. Cabeça de chave 1, Calderano sofreu na estreia contra o eslovaco Thomas Keinath, mas venceu por 4-3 com 14-12 no 7º set. Nas 4as fez 4-2 no francês Andrea Landrieu, venceu o duelo nacional na semifinal contra Gustavo Tsuboi por 4-1. Na decisão, fez 4-1 no indiano Amalraj Anthony para ficar com o título. Nas duplas, Calderano e Tsuboi venceram na decisão o alemão Patrick Baum e Keinath por 3-0.

Na chave feminina, Lin Gui e Caroline Kumahara caíram na semifinal e o título ficou com a romena Bernadette Szocs. Nas duplas, Gui e Kumahara perderam na decisão para Szocs e para a francesa Audrey Zarif por 3-0.

Ciclismo

zx23dxy44c

Pódio resistência feminino no Pan

No Pan de estrada, Wellyda dos Santos foi o destaque da pequena delegação brasileira na República Dominicana. Ela chegou em 2º lugar na prova de resistência feminina, perdendo no sprint final para chilena, mas na classificação sub-23 ficou com o ouro e Tatielle de Sousa foi bronze. No masculino, apenas no sub-23, a equipe brasileira ficou sem medalhas. Caio Ormenese foi o melhor em 5º na resistência e 6º no contrarrelógio.

Na 1ª etapa da Copa do Mundo de BMX em Papendal (NED), Renato Rezende parou nas 4as de final da primeira etapa, chegando em 5º na sua bateria não avançando para as semis por muito pouco. O francês Sylvain Andre venceu a etapa. No feminino, Priscilla Carnaval ficou nas 8as. Ouro da holandesa Laura Smulders. Na 2ª prova da etapa, Renato ficou nas 8as, mas Priscilla melhorou e chegou até as semifinais. O francês Jors Daudet venceu a 2ª prova enquanto Laura Smulders levou novamente no feminino.

Tênis

Beatriz Haddad Maia fez um grande torneio no WTA de Praga. Depois de vencer 3 jogos no qualificatório, Bia fez história ao vencer mais 2 jogadoras. Na 1ª rodada, venceu 63 64 a americana Christina McHale, 45ª do ranking.

Depois, se tornou a 1ª brasileira a vencer uma top-20 em 30 anos! Na 2ª rodada, derrotou a australiana Samantha Stosur por 63 62. Nas 4as, fez uma bela partida, mas acabou levando a virada da checa Kristyna Pliskova por 67(5) 64 62. Com a ótima campanha, Bia subiu para o 115º lugar do ranking, sua melhor colocação.

Outros Esportes

Mariana Marcelino quebrou pela 2ª vez no ano o recorde brasileiro do lançamento de martelo. Em Zagreb (CRO), ela fez 66,64m, melhorando a marca de março, em Buenos Aires, de 65,75m. O finalista olímpico Wagner Domingos, o Montanha, venceu a prova masculina com 74,34m.

Pedro Veniss, montando Quabri de L’Isle, venceu o Concurso 5* de saltos nos jardins do Palácio de Versalhes. Doze conjuntos zeraram e, no desempate, Pedro zerou novamente com o melhor tempo para ficar com o título da prova.

– Com o título pan-americano da semana anterior, Ygor Coelho atingiu a 47ª posição do ranking mundial de badminton, sua melhor posição na carreira.

Ingrid Oliveira ficou com o bronze na plataforma feminina no GP de saltos ornamentais em Porto Rico. Ela somou 275,35, ficando atrás de chinesa e francesa. No trampolim, Luana Lira ficou em 5º com 213,35.

– Na Copa do Mundo de espada feminina no Rio de Janeiro, Nathalie Moellhausen já entrou classificada diretamente para a chave final, mas perdeu logo na estreia de 11-10 para russa.

Raiza Goulão venceu prove de mountain bike na Espanha, em Maceda. Ela completou o percurso em 1:27:01 e ganhou mais 30 pontos pro ranking mundial.

Steve Hiestand foi o único brasileiro na 1ª etapa da Copa do Mundo de remo, na Sérvia. Ele terminou em 3º na Final C, 15º no geral entre 17 competidores.

– Na Copa do Mundo de tiro ao prato, em Larnaca, Chipre, Roberto Schmits foi o melhor brasileiro na fossa, ficando em 43º com 116 pratos.

Rafael Becker foi o destaque brasileiro na semana no golfe, com o 16º lugar em prova na Costa Rica pelo circuito latino-americano da PGA

Resumo olímpico da semana

Vela

2017 World Cup Series Hyères

Martine Grael e Kahena Kunze

Martine Grael e Kahena Kunze dominaram a Copa do Mundo de Hyeres, na França. As campeãs olímpicas somaram 34 pontos com um descarte após 13 regatas, bem a frente da dupla alemã, com 50 pontos, 2ª colocada. Foi a 3ª competição delas este ano e a 3ª vitória.

Fora ainda dois quintos lugares, com Jorge Zarif na Finn e Patrícia Freitas na RSX. Ambos venceram duas regatas cada, mas pecaram feio em outras.

Atletismo

e3ba1997-62af-473b-a291-6f8cd32425a1

Jefferson Santos

Seis brasileiros foram disputar o Multistars, tradicional competição de provas combinadas em Firenze, na Itália. Sem grandes adversários, os brasileiros foram bem. O destaque foi Jefferson Santos, que terminou o 1º dia na liderança do decatlo e venceu a prova ao somar bons 7.728 pontos. Além de bater seu recorde pessoal no decatlo, fez a melhor prova da vida em 7 provas!

No feminino, Tamara de Sousa terminou o 1º dia na frente com 39 pontos de vantagem. Mas ela tem um tradicional 2º dia ruim, enquanto a colombiana Evelis Aguilar fez 3 excelente provas para vencer com 6.228. Tamara acabou na 3ª colocação com 5.866 pontos e Vanessa Chefer, que venceu esta prova no ano passado com 6.100 pontos, acabou em 4º com 5.808, indo mal no peso e no dardo.

Boxe

1-507

Beatriz Ferreira após vencer na semifinal

Beatriz Ferreira foi o destaque brasileiro no Belgrado Winner, competição tradicional na Sérvia, em sua primeira competição internacional. A jovem atleta venceu suas 3 lutas na categoria 60kg, passando por belga após o árbitro parar o combate, depois venceu por 5-0 escocesa e, na final, passou pela polonesa Aneta Rygielska para ficar com o ouro. Beatriz é uma das grandes revelações do boxe feminino brasileiro e mostrou nessa competição que tem tudo para brilhar.

Foram ainda outras 4 medalhas de bronze, com Graziele de Jesus (51kg), Joedison Teixeira (64kg), Jhonatan Soreas (69kg) e Juan Nogueira (91kg).

Outros Esportes

Darlan Romani venceu prova de arremesso de peso nos EUA com 20,93m finalmente conquistando o índice pro Mundial de Londres, ficando a 9cm do seu recorde brasileiro.

– Na copa Europeia Cadete de judô em Berlim, equipe brasileira com 3 ouros, todos no feminino: Laura Ferreira (44kg), Gabriella Moraes (63kg) e Luiza Cruz (+70kg). Teve ainda uma única prata no masculino com Willian Lima (60kg).

Adilson da Silva ficou em 4º lugar e torneio de golfe na Zâmbia válido pelo Sunshine Tour com 277 tacadas, a 4 do campeão. Ele ganhou 4,2 pontos pro ranking, subindo 48 posições para 322º.

– No torneio Superpraia em Niterói, Ágatha e Duda levaram o título no feminino com 21-17 21-14 an final sobre Maria Elisa/Carol. No masculino, os campeões olímpicos Alison/Bruno Schmidt levaram o tetra com 21-19 22-20 sobre Álvaro Filho/Saymon.

Raiza Goulão venceu prova de mountain bike na Espanha, em Arnedo. Ela completou o percurso em 1:18:18, mesmo tempo da espanhola Rocio Martinez, em 2º lugar.

Flávia Oliveira foi 40ª colocada no Festival Elsy Jacobs, prova de 3 etapas em Luxemburgo, ficando a 5:48 da campeã.

Luisa Baptista venceu Copa Americana de triatlo em Salinas, no Equador. Ela completou a distância olímpica em 2:06:05, mais de 1min15s na frente da 2ª colocada. No masculino, Manoel Messias foi 4º colocado.

Ana Beatriz Bulcão foi a única brasileira na Copa do Mundo de florete feminino em Tauberbischofsheim, na Alemanha, ficando em 91º lugar entre 155 competidoras.

– A CBG convocou 10 atletas para a seleção brasileira de ginástica rítmica de conjunto, sendo apenas 2 remanescentes da equipe 9ª colocada nos Jogos do Rio: Francielly Machado e Jéssica Maier.

Resumo olímpico da semana

Canoagem

3050-grpaipa-23-4-2017-20-58-15

O Brasil dominou o Sul-Americano de canoagem velocidade em Paipa, na Colômbia, com 32 ouros, 14 pratas e 8 bronzes. Considerando-se apenas as 12 provas olímpicas, o Brasil levou 5 ouros, 3 pratas e 1 bronze, sendo que nas 6 provas masculinas ou foi ouro ou prata.

Isaquias Queiroz sobrou para levar os 200m, 500m e 1.000m do C1. Lembrando que agora apenas os 1.000m são olímpicos. No C2 1.000m, o medalhista olímpico Erlon Santos com Maico Ferreira ficou com o ouro, assim como Vagner Souta no K1 1.000m, a dupla Roberto Mahler/Celso Dias no K2 1.000m e o quarteto no K4 500m. Valdenice do Nascimento venceu o C1 200m feminino, que agora é olímpica. No C2 500m feminino, Angela Silva/Andrea Oliveira ficaram com a prata e Édson Isaíasa foi prata no K1 200m. O K4 500m feminino ficou com o bronze. Nas outras 3 provas femininas, resultados bem ruins. Ana Paula Vergutz foi 4ª no K 200m e no K1 500m e ao lado de Bruna Domingues no K2 500m ficou apenas na 6ª posição, a 13s da dupla campeã.

Ainda assim, o Brasil dominou o Sul-americano, que também contou com provas de paracanoagem, juvenis e sub23.

Natação

Em Cali, na Colômbia, o Brasil fez uma campanha histórica no Sul-Americano Juvenil de Natação. Somando as categorias juvenil A (até 15 anos) e B (16 a 18 anos), a equipe brasileira conquistou 107 medalhas, sendo 46 ouros, 37 pratas e 24 bronzes, mas que o dobro de medalha da Argentina, 2ª colocada. Foi o recorde de medalhas do Brasil na competição (15 a mais que 2015), mas conquistamos 8 ouros a menos que há dois anos.

O CRÉDITO DA FOTO É OBRIGATÓRIO: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Murilo Sartori

O Brasil venceu todas as 16 provas de revezamento. Um dos destaques brasileiros foi Murilo Sartori, no juvenil A. Ele venceu os 100m, 200m e 400m livre, 200m medley e esteve nos 5 revezamentos campeões: 4x100m livre, 4x200m livre, 4x100m medley, 4x100m livre misto e 4x100m medley misto. Resultados completos aqui.

Outros Esportes:

– A seleção feminina de rugby 7s ficou em 11º no torneio do Japão, 4ª etapa do circuito mundial feminino. Na 1ª fase, perdeu feio de 38-0 pra Austrália e 34-7 para Fiji, mas venceu 27-10 a Irlanda. Na disputa do 9º ao 12º, acabou perdendo de 24-5 para a Irlanda e, na decisão do 11º lugar, venceu o Japão por 12-10. O Brasil está em 11º após 4 etapas e precisa melhorar caso queira permanecer no circuito mundial.

Bárbara Seixas e Fernanda Berti venceram o título do Aberto de Xiamen de vôlei de praia, torneio de 3 estrelas do circuito mundial. Na decisão, venceram por 21-12 19-21 16-14 as chinesas Wang/Yue.

Nubia Soares fez 14,35m no salto triplo em prova em São Bernardo, 25cm melhor que o índice para o Mundial de Londres. Andressa de Morais venceu o disco com 61,88m, lançando novamente acima do índice pro Mundial.

– Na maratona de Londres, 3 brasileiras correram os 42.195m abaixo do índice pro Mundial de Londres: Adriana Aparecida com 2:35:44, em 6º lugar, Valdilene dos Santos Silva com 2:36:33, em 7º, e Andreia Aparecida Hessel, 11ª com 2:40:25. Em Viena, Paulo Roberto de Almeida Paula, 15º nos Jogos Olímpicos, foi 9º na maratona com 2:14:17, ratificando o índice pro Mundial.

Henrique Avancini venceu prova de maratona de mountain bike em Santana dos Montes, Minas Gerais, com 2:25:14. Em prova de BMX nos EUA vencida pelo americano campeão olímpico Connor Fields, Anderson de Souza Filho foi 6º colocado.

– Em competição em Indiana pelo web.com Tour de golfe, Alexandre Rocha ficou em 38º com 296 tacadas, 14 a mais que o campeão. Pelo PGA Latino-Americano na Argentina, Rodrigo Lee terminou em 14º.

– As duas duplas com brasileiros foram eliminadas nas 4as do Masters 1.000 de Monte Carlo de tênis. Bruno Soares e Andy Murray caíram para uma dupla convidada com dois desconhecidos e Marcelo Melo e Lukasz Kubot perderam para os espanhóis Feliciano e Marc López.

Daniel Xavier foi prata no GP Mexicano de tiro com arco. Apenas 12º no ranqueamento, Daniel venceu 4 combates até perder na final para o mexicano Luis Tapia por 6-2. Marcus Vinícius D’Almeida foi o melhor no ranqueamento com ótimos 671 pontos, mas perdeu nas 4as para argentino.

Matheus Diniz foi bronze na Copa Americana de Sprint Triatlo em Barbados com 58min12s.