Mundial de Natação em Piscina Curta – Dia 2

Foram 3 quintos lugares pro Brasil no 2º dia em Hangzhou.

Brasil contou com 4 finalistas em 3 provas no 2º dia. Depois de uma excelente eliminatórias com o melhor tempo (49.57, recorde sul-americano) e na semi com o 2º tempo (49.45, recorde sul-americano), Guilherme Guido piorou sua marca e terminou a final dos 100m costas com 49.75 em 5º, enquanto o ouro foi pro americano campeão olímpico Ryan Murphy com 49.23.

Embed from Getty Images

Nos 200m livre, Luiz Altamir Melo e Breno Correia fizeram uma ótima eliminatória. Luiz foi o 2º com 1:42.13 e Breno 4º com 1:42.64. Na final, os dois brasileiros começaram muito bem e ficaram em todas as parciais em 2º ou 3º. Mas nos últimos 50m caíram demais fazendo suas piores parciais e Breno acabou em 5º com 1:42.36 e Luiz Altamir em 8º 1:42.72. Já o americano Blake Pieroni liderou a prova do início ao fim e venceu com 1:41.49.

A última final brasileira no dia foi no revezamento 4x50m livre misto. Nas eliminatórias, com Marcelo Chierighini, Matheus Santana, Larissa Oliveira e Etiene Medeiros, o Brasil fez o 6º tempo no geral com 1:30.78. Na decisão, saiu Marcelo e entrou César Cielo. Mas o Brasil terminou novamente em 5º com 1:29.91 e viu mais um ouro americano em revezamento, com novo recorde mundial 1:27.89. Na prova que abriu o dia, o revezamento 4x50m medley feminino, mais um ouro americano com mais um recorde mundial 1:42.38.

van_der_burgh_cameron-8

Cameron van der Burgh (RSA). Foto: Istvan Derencsenyi/FINA

Katinka Hosszu levou seu 2º ouro neste Mundial ao faturar os 200m borboleta com 2:01.60 com a americana Kelsi Dahlia colada na prata com 2:01.73. Nos 100m peito masculino, o sul-africano Cameron van der Burgh levou com 56.01, recorde do campeonato com o bielorrusso Ilya Shymanovich na prata com 56.10. Após a vitória, van der Burgh anunciou na coletiva de imprensa sua aposentadoria. O 5º ouro americano no dia veio com Olivia Smoliga nos 100m costas feminino, com 56.19, deixando a Hosszu com a prata 56.26. Nos 50m peito feminino, a jamaicana Alia Atkinson conquistou o ouro, seu 3º na carreira em Mundiais de curta, com 29.05 enquanto a lituana Ruta Meilutyte foi prata com 29.38.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s