Boletim Rumo a Tóquio-2020 #1

Nesta série de posts vou repassar todas as vagas olímpicas definidas na semana anterior.

Até a semana passada, além do Japão, o único país que tinha garantido alguma classificação havia sido o Brasil, com a vaga no futebol feminino após a Copa América em abril. Agora já tivemos 101 vagas definidas na vela e 1 no softball.

Vela

180811_jr_aarhus_134852

Foto: World Sailing

Como já disse nos posts sobre o Mundial de Vela em Aarhus, Dinamarca, 33 países se juntam ao Japão na competição olímpica de vela. O grande destaque foi a Grã-Bretanha, que conseguiu garantir vaga nas 10 classes olímpicas! Apesar de ter obtido apenas 2 bronzes (49erFX e 470 feminina), sua excelente equipe já garantiu quota completa. O Brasil conseguiu apenas 3 vagas, na Laser masculina, na 49erFX feminina e na Nacra 17. Vagas definidas:

RSX masculina (10): China, Espanha, França, Grã-Bretanha, Grécia, Holanda, Israel, Itália, Noruega e Polônia
Laser masculina (14): Alemanha, Austrália, Brasil, Chipre, Coreia do Sul, Croácia, Estados Unidos, Estônia, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Noruega, Nova Zelândia e Peru
Finn masculina (8): Argentina, Canadá, Grã-Bretanha, Holanda, Hungria, Nova Zelândia, Suécia e Turquia
470 masculina (8): Austrália, Espanha, Estados Unidos, França, Grã-Bretanha, Itália, Nova Zelândia e Suécia
49er masculina (8): Alemanha, Croácia, Dinamarca, França, Grã-Bretanha, Nova Zelândia, Portugal e Suíça
RSX feminina (11): China, Dinamarca, Espanha, Estônia, França, Grã-Bretanha, Holanda, Israel, Itália, Polônia e Rússia
Laser Radial feminina (18): Alemanha, Bélgica, Canadá, China, Dinamarca, Estados Unidos, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Grécia, Holanda, Hungria, Itália, Noruega, Polônia, Suécia, Suíça e Turquia
470 feminino (8): China, Eslovênia, Espanha, França, Grã-Bretanha, Grécia, Israel e Itália
49erFX feminino (8): Austrália, Áustria, Brasil, Dinamarca, Grã-Bretanha, Holanda, Noruega e Nova Zelândia
Nacra 17 misto (8): Argentina, Austrália, Áustria, Brasil, Dinamarca, Grã-Bretanha, Itália e Nova Zelândia

Softball

20180812-women-softball-world-cup-usa-celebrate-the-win-cover-1280x640

Foto: WBSC

A equipe dos Estados Unidos conseguiu a primeira vaga em jogo no retorno do softball feminino aos Jogos. Por ser sede, o Japão já estava classificado. Na semifinal, as americanas venceram 4-3 o Japão e foram pra final. Quando o Japão venceu por 3-0 o Canadá na small final, as americanas automaticamente se classificaram pros Jogos. Na decisão apertadíssima, os Estados Unidos venceu no 10º inning (o normal são 7) por 7-6. Perdia por 6-5 quando conseguiu 2 corridas pra encerrar o jogo e vencer o 11º título em 16 edições. As últimas 7 finais foram entre os dois países. Restam apenas 4 vagas no softball, e todas sairão apenas no 2º semestre de 2019, sendo 2 pra América, 1 pra Ásia/Oceania e 1 pra África/Europa.

Quotas

34 países já se garantiram nos Jogos. Pelo meu controle, o Japão já tem 363 vagas. Apenas não computei o boxe, o rugby 7s e a canoagem velocidade, pois ainda não saíram os seus sistemas de qualificação.

Países com mais vagas:

Japão – 363
Brasil – 23
Estados Unidos – 19
Grã-Bretanha – 15
França – 10
Nova Zelândia  – 10
Itália – 9
Dinamarca – 8
Austrália – 7
Espanha – 6
Holanda – 6
China – 5
Noruega – 5

Em agosto, teremos vagas olímpicos nos Jogos Asiáticos (hóquei na grama, tênis, tiro com arco e vela) e no Mundial de Tiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s