Jogos Olímpicos de PyeongChang-2018 – Dia 6

Noruega brilha em dia de muitas finais, Alemanha segue liderando o quadro, Shiffrin leva a 1ª, surpresa no biatlo e uma vitória heroica no snowboard.

Esqui Alpino

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.07.05

Depois de muitos cancelamento e dúvidas se conseguiriam fazer as provas, as duas finais do esqui alpino atrasadas ocorreram nesta quinta-feira.

O primeiro a descer no downhill masculino foi o almeão Thomas Dressen, eu marcou 1:41.03 no belo percurso com grandes saltos. O 3º a descer foi o italiano Dominik Paris, que melhorou a marca do alemão com 1:40.79. Um pouco depois veio o suíço Beat Feuz, atual campeão mundial, que marcou 1:40.43 se tornando o novo líder. Mais aí veio o norueguês Aksel Lund Svindal. Depois de reclamar muito na combinada com a mudança do gate de saída do downhill, ele marcou 1:40.25 para assumiur o 1º lugar. Quem mais chegou perto foi seu compatriota Kjetil Jansrud, que ficou a prova inteira abaixo do Svindal, mas no final marcou 1:40.37, confirmando a dobradinha do país.

Vinter-OL. Olympiske leker i Pyeongchang 2018.

Jansrud, Svindal e Feuz. Foto: NTB

Os seguintes faziam belas descidas, mas ninguém chegava perto do tempo dos medalhistas. A armada austríaca não foi bem e Vincent Kriechmays foi o mlehor do páis, em 7º com 1:41.19. Depois de várias pratas da Noruega na prova, Svindal faturou o 1º ouro do país no downhill. Foi o 2º ouro olímpico do Svindal, que venceu op Super-G em 2010.

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.07.14

O slalom gigante feminino começou com a italiana Manuela Mölgg, 1ª a descer, marcando 1:10.62 a 1ª descida. Mas nada estava definido e viu a favorita Mikaela Shiffrin marcar 1:10.82 para ficar com o 2º tempo, seguida da italiana Federica Brignone com 1:10.91, da norueguesa Ragnhild Mowinckel com 1:11.17 e de Marta Bassino, 3ª italiana no Top-5, com 1:11.19. Campeã em 2010, a alemã Viktoria Rebensburg marcou 1:11.45 e a campeã mundial Tessa Worley foi apenas a 14ª com 1:12.06.

118969_g08_w01

Mowinckel, Shiffrin e Brignone. Foto: Agence Zoom

Na 2ª descida, Worley fez um ótimo trabalho com 1:09.00 somando 2:21.06 e demorou um pouco para perder a liderança para Rebensburg que, com 1:09.15, somou 2:20.60. Mowinckel foi pra liderança ao somar 2:20.41 e Brignone ficou logo atrás com 2:20.48. A seguinte foi Shiffrin, que não fez a melhor descida, foi o 4º tempo, mas na somatória tomou o 1º lugar com 2:20.02. Só restava Mölgg, que fez uma péssima prova, 23º tempo, e, com 2:21.20, terminou em 8º. Shiffrin vai disputar as 6 provas do esqui alpino e tem tudo para fazer história com apenas 22 anos.

Biatlo

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.07.20

Assim como no sprint e na perseguição, a prova individual 15km feminina foi definida pra quem se deu melhor nos tiros. Uma das primeiras a largar, a eslovaca Anastasiya Kuzmina errou 2, mas fez uma prova impecável no esqui e foi a única entre as 87 atletas a esquiar a distância em menos de 40min, marcando 39:31.9. Com os dois tiros de penalidade, ficou com o tempo de 41:31.9 e aí foi só aguardar. A bielorrussa Darya Domracheva, que defendia o ouro, vinha bem, zerando nas 2 primeiras sessões de tiro, mas errou 1 na 3ª e ainda vinha com boas chances. Só que na última 3 erros a tiraram totalmente da briga por medalha e ela terminou em 27º lugar. A sueca Hanna Öberg vinha muito bem, atirando perfeitamente, mas sempre levemente atrás do tempo da Kuzmina. Mas quando ela zerou a 3ª série, assumiu a liderança para não perder mais. Com uma prova perfeita, Öberg completou em 41:07.2 e restava aguardar Laura Dahlmeier, que largou entre as últimas.

2270896-47316710-2560-1440

Kuzmina, Öberg e Dahlmeier. Foto: IBU

Dahlmeier, que buscava o 3º ouro em PyeongChang, errou o 1º tiro na 1ª passagem e chegou a ficar 1:30 atrás das líderes, mas daí em diante foi 100% nos tiros e foi buscando a vantagem da sueca e da eslovaca. Enquanto isso, seu compatriota Franziska Preuss foi 20/20 nos tiros e começou a ameaçar a liderança de Öberg, mas não fazia um grande esqui. Outras favoritas iam errando tiros e saindo da briga por medalha, como a finlandesa Kaisa Makarainen (13ª e 3 erros), a italiana Dorothea Wierer (7ª e 2 erros), a norueguesa Tiril Eckhoff (23ª e 4 erros). Quando Dahlmeier zerou a 4ª série, sua diferença para Öberg era de 31s e ela foi aumentando até que a aleemã cuzou a linha de chegada com 41:48.4 e a medalha de bronze, atrás da zebra Hann Öberg e da eslovaca Anastasiya Kuzmina.Belas prvas de Preuss (4ª), da eslovanca Paulina Fialkova (5ª), da polonesa Monika Hojnisz (6ª) e da eslovena Urska Poje (12ª sem erros).

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.07.26

Nos 20km masculino, o norueguês Johannes Thingnes Boe vinha de dois resultados bem ruins no sprint (31º) e na perseguição (21º). Desta vez, ele apostou no seu excelente esqui para levar o ouro. Mesmo com 2 erros, 1 na 1ª série e 1 na última, Boe foi o melhor no esqui, com 46:03.8, tempo corrigido de 48:03.8. Nono a largar, Boe foi um dos primeiros a completar e precisou aguardar quase todo o resto da prova. Martin Fourcade largou em 23º e vinha perfeito, brigando com o Boe a cada parcial. Ao chegar para a última sessão de tiros, Fourcade liderava com 26.8 de vantagem sobre Boe. Só que o francês errou os dois últimos tiros da prova e, de 1º caiu para 6º. Abalado, tirou apenas 10s e acabou na 5ª posição, 42.4 pior que Boe.

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.20.07

Fak, Boe e Landertinger. Foto: IBU

Sentado no sofá do líder, Boe aguardava e viu o austríaco Dominik Landertinger e o esloveno Jakov Fak zerarem a prova. Landertinger chegou a liderar com 16,6km de prova, mas cansou e cruzou 14.2 atrás. Nestre momento, Fourcade ainda tinha o bronze. Só que o sueco Sebastian Samuelsson veio bem e roubou o 3º lugar do francês por 13s. 10 minutos depois, foi a vez de Fak terminanr a prova. Após o último tiro, o esloveno tinha apenas 3.9 de desvantagem sobre Boe, mas não conseguiu tirar e terminou com 48:09.3, apenas 5.5 pior. O checo Michal Krcmar, bronze no sprint, segue brilhando nos Jogos e ficou em 7º a 1:15.5. O ouro no sprint Arnd Peiffer foi 21º a 2:25.8 com 3 erros e o atual campeão mundial da prova, o americano Lowell Bailey, foi 51º a 4:53.0 com 4 erros.

Patinação Artística

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.07.43

Depois de bater duas vezes na trave com o bronze, Aliona Savchenko finalmente levou o ouro, agora com seu novo parceiro Bruno Massot. Os alemães deram um show no programa longo dos pares após uma apresentação impecável, sem erros. Além disso, conseguiram 9 notas 10 nos componentes para tirar 159,31 e bater o recorde olímpico, somando 235,90 para levar o ouro. A dupla chinesa campeã mundial Sui Wenjing e Han Cong foi tecnicamente muito bem, mas teve problemas em dois elementos, quando Sui pôs a mão no chão. No longo, eles fizeram 153,08, mas conseguiram a medalha de prata graças ao ótimo program curto, somando 235,47, apenas 0,43 a menos que os alemães.

Figure Skating - Winter Olympics Day 6

Han COng, Sui Wenjing, Aliona Savchenko, Bruno Massot, Meagan Duhamel e Eric Radofrd. Foto: Getty Images

Os canadense Meagan Duhamel e Eric Radford tiraram 153,33 no programa longo somando 230,15 para pegar o bronze, ficando a frente dos russos Evgenia Tarasova/Vladimir Morozov com 224,93. 10 pares tiraram mais que 200 pontos no geral. Destaque para o 13º lugar dos norte-coreanos Ryom Tae Ok/Kim Ju Suk com 193,63.

Cross Country

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.07.35

Nos 10km estilo livre feminino, com saída intervalada, Marit Bjoergen foi a 1ª entre as favoritas a largar, apenas a 32ª. E quando passou pela linha de chegada era a líder com 25:32.4 e forte rumo ao único ouro olímpico que ela não tinha. Ela já foi ouro nas outras 5 provas do esporte. Demorou um pouco para alguém chegar perto do mito norueguês, até a finlandesa Krista Parmakoski fazer exatamente o mesmo tempo de Bjoergen e as duas eram as líderes.

118981_g08_w01

Kalla, Haga, Bjoergen e Parmakoski. Foto: NordicFocus

Mas 30s depois de Parmakoski, a também norueguesa Ragnhild Haga marcou 25:00.5 e assumiu a liderança, fora o show. Logo em seguida, foi a vez da sueca Charlotte Kalla cruzar a linha com 25:20.8 e roubar o 2º lugar, jogando o empate de Bjoergen e Parmakoski para 3º lugar. A americana Jessica Diggins segue sem medalha olímpica e ficou em 5º a 3.3 do bronze. Na prova tivemos também a estreia do Brasil com Jaqueline Mourão em sua 6ª Olimpíada. A brasileira de 42 anos, a mais velha da prova, fez o 74º tempo com 30:50.3 entre 90 atletas. Bjoergen conquistou sua 12ª medalha olímpica!

Patinação de Velocidade

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.08.04

Na prova mais longa masculina, os 10.000m, o fim da hegemonia holandesa! Ou quase isso. Com apenas 6 baterias, o sul-coreano Lee Seung-Hoon veio na 3ª e marcou 12:55.54 e assumir a liderança, mas na seguinte veio o campeão de Sochi, o holandês Jorrit Bergsma, que estraçalhou o tempo do coreano, marcando 12:41.98. Na seguinte, o canadense Ted-Jan Bloemen e o italiano Nicola Tumolero. Bloemen é holandês de nascimento, mas se mudou para o Canadá em 2014 após problemas com seu ex-clube, se naturalizando.

Speed Skating - Winter Olympics Day 6

Bergsma, Bloemen e Tumolero. Foto: Getty Images

Bloemen fez uma prova espetacular, fazendo menos de 30.50 em praticamente todas as parciais e completando as 25 voltas com 12:39.77, novo recorde olímpico e a pouco mais de 3s do recorde mundial, que é dele mesmo. Tumolero fez 12:54.32 e fez o 3º tempo. Só restava na última bateria Sven Kramer e o alemão Patrick Beckert, mas nenhum dos dois ameaçou os medalhistas. Kramer terminou em 6º com 13:01.02 e Beckert em 7º com 13:01.94.

Luge

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.07.52

Após 2 ouros e 1 bronze nas outras provas, a Alemanha sobrou para vencer pela 2ª vez seguida o revezamento no luge. Após 7 países descerem, a Itália veio para assumir a ponta com 2:25.093 e assistir os americanos a ultrapassarem por míseros 0.002! Depois veio o Canadá que se tornou líder com 2:24.872, já garantindo o bronze.

2018-02-15t141007z_1_lynxnpee1e18y-oussp_rtroptp_3_sports-us-olympics-2018-luge-team

Geisenberger, Ludwig, Wendl e Arlt

A Áustria veio depois, mas abriu com o trenó feminino em 5º. O campeão no masculino David Gleirscher recuperou e colocou sua equipe em 1º por apenas 0.039, mas Peter Pen/Georg Fischler foram mal e ficaram atrás do Canadá. Para fechar, o dream team alemão. Natalie Geisenberger assumiu a ponta desde a 1ª parcial. Johannes Ludwig fez apenas o 5º tempo entre os homens, mas a Alemanha seguia na frente. Aí com Tobias Wendl/Tobias Arlt foi só correr pro ouro e vencer com 2:24.517! Geisenberger se torna a maior atleta olímpica do luge com 4 ouros e 1 bronze e os Tobias vem logo atrás com 4 ouros!

Snowboard

Captura de Tela 2018-02-16 às 01.07.59

Foi uma competição sensacional no snowbaord cross, com muitas e muitas quedas. Na 1ª rodada, já tivemos uma enorme surpresa na 8ª bateria com a eliminação de 2 favoritos, o espanhol Lucas Eguibar e o italiano Omar Visintin. Nas 4as, quedas em todas as baterias, mas os favoritos seguiram: o australiano Alex Pullin, o francês Pierre Vaultier, o austríaco Alessandro Hämmerle e o americano Nick Baumgartner.

9451868-3x2-940x627

Hughes, Vaultier e Hernandez. Foto: Reuters

Na semifinal, Vaultier bateu no australiano Jarryd Hughes, mas ambos conseguiram avançar pra grande final. Na grande final, uma trombada entre os americanos Baumgartner e Mick Dierdorff e Pullin tirou os 3 da prova. Enquanto isso, na frente, Vaultier, Hughes e a surpresa espanhola Regino Hernandez iam lado a lado pro ouro e, por centímetros, Vaultier conquistou o 2º ouro seguido pra ele, Hughes foi prata e Hernandez bronze, conquistando a 1ª medalha da Espanha nos Jogos de Inverno desde Albertville-1992!

Curling

Na 2ª rodada feminina, a Coreia do Sul foi a grande surpresa ao derrotar o favoritíssimo Canadá por 8-6, mas na 3ª rodada perdeu de 7-5 para o Japão, que tinha vencido mais cedo a Dinamarca por 8-5 e é por enquanto a única equipe com 3 vitórias. Os outros resultados do dia foram: Atletas da Rússia 7-6 China, Estados Unidos 7-4 Grã-Bretanha em um jogo com muitos erros, Grã-Bretanha 8-7 China, Suécia 7-6 Canadá e Suíça 6-5 Estados Unidos. O Canadá é a grande decepção com 2 derrotas em 2 partidas!

Entre os homens, entretanto, a equipe do Canadá segue invicta após vencer a 3ª com 7-4 na Noruega de Thomas Ulsrud. Os britânicos venceram por 6-5 o Japão, a Itália fez 10-9 nos Estados Unidos e a Suíça fez 9-7 na Dinamarca.

Esqui Freestyle

Doze atletas se classificaram para a final do aerials feminino. Na 1ª quali, melhor nota da russa Alexandra Orlova com 102,22, que fez um back-lay-full-full, seguida da bielorrussa Hanna Huskova com 100,45 e da chinesa Xu Mengtao, prata em Sochi e 5 medalhas em Mundiais, com 99,37. Na 2ª quali, classificaram outras 6 atletas com a bielorrussa que defende o título olímpico Alla Tsuper com 99.37. Destaque para as eliminações da australiana campeã de Vancouver-2010 Lydia Lassila e da americana campeã mundial Ashley Caldwell.

Hóquei no Gelo

Na prévia da final feminina, o Canadá venceu os Estados Unidos por 2-1. Meghan Agosta abriu o placar e Sarah Nurse ampliou, mas no início do 3º tempo, Kendall Coyne diminuiu. No outro jogo do Grupo A, a Finlândia pegou o 3º lugar com 5-1 sobre as russas. A chave final ficou assim:

Captura de Tela 2018-02-15 às 23.56.12

O Canadá estreou no Grupo A da competição masculina com tranquilos 5-1 na Suíça enquanto a República Checa venceu por 2-1 com dificuldades a Coreia do Sul, que abriu o placar aos 7min34 de jogo. A virada checa veio ainda no 1º tempo. Pelo Grupo C, Finlândia fez 5-2 na Alemanha e a Suécia passou com 4-0 pela Noruega.

Skeleton

Após 2 primeiras descidas da prova masculina, o sul-coreano Yun Sungbin é o líder com 1:40.35. Ele foi o melhor nas duas descidas:50.28 na 1ª e 50.07 na 2ª. O russo Nikita Tregubov vem em 2º com 1:41.09 e o letão Martins Dukurs, maior da história, em 3º com 1:41.23.

Quadro de medalhas após 5 dias e 39 finais:

Captura de Tela 2018-02-16 às 00.44.07

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s