Australian Open – Dia 9

Masculino

stream_img

Kyle Edmund (GBR)

Na primeira partida de quartas em Melbourne, o britânico Kyle Edmund mais uma vez surpreendeu e eliminou o búlgaro Grigor Dimitrov, número 3 do mundo, por 64 36 63 64 para chegar a sua primeira semifinal da carreira em Grand Slams e conseguir sua primeira vitória sobre um top-10. Edmund se torna o 1º tenista inglês a chegar às semifinais do AusOpen desde John Lloyd em 1977! Lembrando que o Murray é escocês.

99712778_cilicafp2

Marin Cilic (CRO)

Já no jogo que abriu a sessão noturna na Rod Laver Arena, o esperado épico entre Rafael Nadal e Marin Cilic se confirmou. Nadal começou melhor, mas viu o croata buscar o 2º set. No 3º, o equilíbrio foi grande até com 5-5 no tiebreak, Nadal fez o minibreak e venceu abrindo 2-1. Só que o espanhol começou a sentir dores na coxa e pediu atendimento médico no meio do 4º set. Aproveitando a queda do adversário, Cilic cresceu para fechar bem e empatar a partida. No 5º set, veio o inesperado e o espanhol abandonou o jogo, dando a vitória para Marin Cilic com parciais de 36 63 67(5) 62 20, abandono. O croata volta à semifinal do AusOpen após 8 anos e busca seu 2º título de Grand Slam.

Feminino

mertens

Elise Mertens (BEL)

A belga Elise Mertens segue invicta na temporada. Depois do título no WTA de Hobart, Mertens, que participa pela 1ª vez da chave principal do AusOpen, arrasou a 4ª do mundo, a ucraniana Elina Svitolina por 64 60 para chegar à semifinal inédita. Aos 22 anos, Mertens tem 9 vitórias em 2018 e nenhuma derrota.

Sua adversária por uma vaga na decisão será a dinamarquesa Caroline Wozniacki. Também em busca de seu 1º título de GS, a dinamarquesa ex-número 1 do mundo parecia que venceria tranquilamente após aplicar um pneu no 1º set sobre a espanhola Carla Suárez Navarro, mas viu a adversária crescer e empatar. Mas no 3º, a atual número 2 e que pode voltar ao topo no final do torneio, prevaleceu e venceu por 60 67(3) 62.

Duplas e juvenis

E não deu para Marcelo Melo e Lukasz Kubot. Eles foram derrotados nas 4as para o japonês (filho de pai neozelandês e mãe japonesa) Ben McLachlan e para o alemão Jan-Lennard Struff por 64 67(4) 76(5). Detalhe: McLachlan e Struff venceram os NOVE primeiros pontos do jogo. Do outro lado da chave de duplas masculinas, os irmãos Bryan venceram 61 64 Marcin Matkowski/Aisam-ul-Haq Qureshi e chegaram pela 42ª vez à semifinal de um Grand Slam! Agora eles buscam a 31ª final e o 17º título.

Nas duplas femininas, as semifinais foram definidas e serão entre Timea Babos/Kristina Mladenovic e Su-wei Hsieh/Shuai Peng e entre Irina-Camelia Begu/Monica Niculescu e Ekaterina Makarova/Elena Vesnina.

Na chave juvenil, Thiago Seyboth Wild perdeu duas vezes para  sul-africano Philip Henning. Nas simples, caiu na 2ª rodada por 64 64 e, nas duplas, ao lado do argentino Sebastian Baez, perdeu para Henning e o checo Andrew Paulson por 26 76(5) [14-12].

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s