Prévia Pyeongchang-2018: Curling

Masculino

d1-0318-edin-clr-jpg

Niklas Edin (SWE)

Pódio em Sochi-2014: Ouro – Canadá (Brad Jacobs); Prata – Grã-Bretanha (David Murdoch); Bronze – Suécia (Niklas Edin)

Último Mundial (2017): Ouro – Canadá (Brad Gushue); Prata – Suécia (Niklas Edin); Bronze – Suíça (Peter de Cruz)

Serão 10 equipes na competição olímpica e todas se enfrentam na primeira fase. As quatro melhores se classificam para as semifinais e se enfrentam no cruzamento olímpico (1º x 4º e 2º x 3º). Disputarão os Jogos Canadá (capitão Kevin Koe), Dinamarca (Rasmus Stjerne), Grã-Bretanha (Kyle Smith), Itália (Joël Retornaz), Japão (Yusuke Morozumi), Noruega (Thomas Ulsrud), Coreia do Sul (Kim Chang-min), Suécia (NIklas Edin), Suíça (Peter de Cruz) e Estados Unidos (John Shuster).

Com o capitão Kevin Koe, o Canadá é a equipe a ser batida. Bicampeão mundial em 2010 e 2016, Koe venceu as seletivas canadenses com 7 vitórias em 8 partidas na 1ª fase e derrotou na decisão a equipe de Mike McEwen por 7-6. As últimas 3 Olimpíadas foram vencidas por equipes do Canadá. A Suécia de Niklas Edin tem tudo para derrotar Koe. Edin foi campeão mundial em 2013 e 2015 e é hexacampeão europeu (levou os últimos 4), além de ter ficado com o bronze em Sochi. Edin está com uma equipe completamente diferente da dos jogos na Rússia e mesmo assim foi prata no último Mundial.

A equipe da Suíça com Peter de Cruz foi bronze no último mundial e deve brigar com a Noruega de Thomas Ulsrud (aquele das calças) e com a equipe americana liderada por John Shuster, bronze em Turim-2006. Correm por fora a Dinamarca de Rasmus Stjerne e a equipe britânica de Kyle Smith, atual vice europeu pela Escócia e que foi indicado no lugar do veterano David Murdoch, prata em Sochi.

Meu Pódio: Ouro – Suécia; Prata – Canadá; Bronze – Estados Unidos

Feminino

homan-rachel-171203-1180

Rachel Homan (CAN)

Pódio em Sochi-2014: Ouro – Canadá (Jennifer Jones); Prata – Suécia (Margaretha Sigfridsson); Bronze – Grã-Bretanha (Eve Muirhead)

Último Mundial (2017): Ouro – Canadá (Rachel Homan); Prata – Rússia (Anna Sidorova); Bronze – Escócia (Eve Muirhead)

Mesmo molde da competição masculina, com 10 equipes, todas contra todas na 1ª fase, e as 4 melhores avançam para as semifinais no formato olímpico. As 10 equipes classificadas são: Canadá (capitã Rachel Homan), China (Wang Bingyu), Dinamarca (Madeleine Dupomt), Grã-Bretanha (Eve Muirhead), Japão (Satsuki Fujisawa), Rússia (Victoria Moiseeva), Coreia do Sul (Kim Eun-jung), Suécia (Anna Hasselborg), Suíça (Silvana Tirinzoni) e Estados Unidos (Nina Roth).

O Canadá esteve em todos os pódios olímpicos femininos nas 5 disputas do curling. E novamente o favoritismo é total do Canadá, liderados pela espetacular Rachel Homan. Atual campeã mundial, a equipe de Homan brilhou no Mundial de 2017 vencendo todas as 13 partidas disputadas. A escocesa Eve Muirhead já despontou no esporte ainda muito nova. Foi campeã europeia com apenas 21 anos em 2011 e está no pódio continental desde 2010, contando ainda com um ouro mundial em 2013 e um bronze em Sochi-2014.

Outras que brigam por presença no  pódio são a China com Wang Bingyu, campeã mundial em 2009 e bronze em Vancouver-2010, a Suécia de Anna Hasselborg, vice nos dois últimos europeus, e o Japão de Satsuki Fujisawa, vice-mundial em 2016. A Rússia estará sem a Anna Sidorova, atua vice mundial.

Meu Pódio: Ouro – Canadá; Prata – Grã-Bretanha; Bronze – Suécia

Duplas Mistas

johnmorris2017

John Morris (CAN)

Pódio em Sochi-2014: Prova não disputada

Último Mundial (2017): Ouro – Suíça (Martín Rios e Jenny Perret); Prata – Canadá (Reid Carruthers e Joanne Courtney); Bronze – China (Ba Dexin e Rui Wang)

Será a estreia olímpica do torneio de duplas mistas e serão apenas 8 duplas. Na primeira fase, todos se enfrentam e as 4 melhores duplas avançam para as semifinais. Competem: Canadá, China, Finlândia, Noruega, Rússia, Coreia do Sul, Suíça e Estados Unidos.

Há muita variação nas duplas mistas que disputam os mundiais e o circuito internacional, mas temos nomes fortíssimos na competição em Pyeongchang. O Canadá terá Kaitlyn Lewis, ouro em Sochi, John Morris, ouro em Vancouver, e chega, claro, como o favorito. A China vem com Ba Dexin e Rui Wang, prata no Mundial de duplas de 2016 e bronze em 2017. A dupla norueguesa foi bronze no Mundial de 2015 e a Rússia vem com Anastasia Bryzgalova e Alexander Krushelnitskiy, campeões mundiais em 2016. A dupla americana dos irmãos Rebecca e Matt Hamilton corre por fora, pois eliminou na seletiva a dupla de John Shuster.

Meu Pódio: Ouro – Canadá; Prata – Rússia; Bronze – China

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s