Perfil PyeongChang-2018: Aliona Savchenko/Bruno Massot

Perfil 2/50: Aliona Savchenko e Bruno Massot (GER) – Mundiais: 0-1-1

Uma das duplas favoritas ao pódio nos pares da patinação artística, Aliona Savchenko e Bruno Massot representam a Alemanha, mas nenhum dos dois é natural do país: Savchenko é ucraniana e Massot é francês.

Extremamente experiente, Savchenko foi campeã mundial juvenil nos pares em 2000 pela Ucrânia com Stanislav Morozov. A dupla se separou em 2002 e, sem o apoio da federação ucraniana, ela encontrou como parceiro o alemão Robin Szolkowy e se tornaram uma das duplas mais vencedoras da história, com 5 títulos mundiais, 4 europeus e 4 do Grand Prix e 2 bronzes olímpicos. Com a aposentadoria do parceiro em 2014, Savchenko se juntou ao francês Bruno Massot, que não tinha ainda grandes resultados no circuito.

Como não são permitidas parcerias de diferentes países, alguém precisou mudar a cidadania e o francês se tornou alemão, apesar de protestos da federação francesa, que exigiu um pagamento de € 70.000 para liberá-lo. A dupla fez sua estreia no Troféu de Tallin em novembro de 2015, na Estônia, um evento da série challenger, onde venceram o ouro com 214,42. Na semana seguinte, venceram um torneio em Varsóvia com 209,60, mantendo a alta pontuação.

Em janeiro de 2016, eles estrearam em uma competição importante, no Europeu em Bratislava. A dupla somou 200,78 ficando com a medalha de prata, atrás apenas do russos Tatiana Volosozhar/Maxim Trankov. Em março, foram ao Mundial de Boston e terminaram com a medalha de bronze, somando 216,17, confirmando a força da nova dupla.

Na temporada seguinte, começaram de maneira arrasadora. Venceram o tradicional Troféu Nebelhorn de 2016 com 203,04, a Copa Rostelecom na Rússia com 207,89 e o Troféu da França com 210,59, este dois últimos fazem parte do Grand Prix de patinação. Em janeiro deste ano, foram pro Europeu em Ostrava levando novamente uma prata, mas com a melhor pontuação da dupla, 222,58, atrás dos russos Evgenia Tarasova e Vladimir Morozov. Dois meses depois, no Mundial em Helsinque, a dupla novamente atingiu a melhor pontuação da carreira, com excelentes 230,30, mas ficaram atrás dos chineses Sui Wenjing e Han Cong, conquistando a medalha de prata.

Nesta temporada, eles ficaram com a prata no Troféu Nebelhorn, que serviu como pré-olímpico. Eles somaram 211,08 ficando atrás novamente de Tarasova e Morozov, com 218,46. Na semana passada, mais uma prata pra dupla, agora no Skate Canada, válido pelo Grand Prix. Com 215,66, eles ficaram atrás dos canadenses Meagan Duhamel e Eric Radford. Eles voltarão a competir no fim de novamente no Skate America, onde encontrarão novamente os canandenses.

Com pouco mais de 2 anos de parceira, Aliona Savchenko e Bruno Massot subiram ao pódio das 13 competições oficiais que disputaram, com 7 ouros, 5 pratas e 1 bronze, sempre com mais de 200 pontos, o que definitivamente os coloca entre os favoritos nos Jogos Olímpicos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s