Mundial de Ginástica Rítmica – Dia 3

Tudo dentro do esperado para as irmãs Averina, com mais uma dobradinha ouro e prata, a 4ª neste Mundial.

aa20medal20ceremony201

Pódio do individual geral. Foto: FIG

Melhor na qualificação, Dina Averina foi levemente pior que na quali para levar o ouro no individual geral com 74,700 (na quali foi 74,775), sendo 18,850 no arco e nas maças, 18,550 na bola e 18,450 na fita. Nas provas de arco e de maças teve nota 10,000 de dificuldade. Sua irmã Arina Averina também foi um pouco pior que na quali (73,550) e ficou com a prata com 73,450, sendo 18,550 nas maças, 18,500 na bola, 18,250 na fita e 18,150 no arco. Já o bronze foi pra israelense Linoy Ashram com 70,025, melhorando da quali, quando tirou 69,550.

Completaram o top8 a bielorrussa Katsiaryna Halkina, 4ª com 69,000, a japonesa Kaho Minagawa, 5ª com 68,425, a americana Laura Zend, 6ª com 68,250, a búlgara Neviana Vladinova, 7ª com 67,550, e a italiana Alexandra Agiurgiuculese, 8ª com 67,450. Aliás, resultado espetacular da campeã pan-americana Laura Zeng, que deve ter conseguido a melhor posição da história de uma atleta das Américas.

Foi a 7ª vitória seguida no individual geral de uma russa em Mundiais. A última não-russa a vencer foi a ucraniana Anna Bessonova, em 2007. Foi a 6ª dobradinha ouro-prata de russas nos últimos 7 mundiais.

A competição segue no fim de semana com as provas de grupos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s