Mundial de Judô – Dia 1

Budapeste volta a receber um grande mundial, após a brilhante edição de esportes aquáticos. Serão 731 judocas de 126 países na disputa. E o Japão brilha no primeiro dia e brasileiros vão dentro do esperado após azar no sorteio das chaves.

60kg masculino

60pod-1503954913-1503954913

Ouro no Mundial do Rio de 2013 e bronze no Rio-2016, o japonês Naohisa Takato voltou ao topo do mundo para vencer a 1ª categoria masculina no Mundial de Judô. Na semifinal, Takato venceu a surpresa checa Pavel Patrikov por waza-ari. Do outro lado, o azeri Orkhan Safarov derrotou com ippon o uzbeque Diyorbek Urozboev. Na decisão, Takato aproveitou um golpe de Safarov para derrubá-lo e fazer o ippon. Urozboev e o mongol Ganbatyn Boldbaatar, campeão mundial em 2014, ficaram com os bronzes.

Eric Takabatake deu azar no sorteio e pegou na estreia o vicecampeão olímpico e campeão mundial em 2015, o cazaque Yeldos Smetov. Já Phelipe Pelim começou vencendo o russo campeão europeu Robert Mshvidobadze e passou por dominicano. Mas nas 8as, perdeu pro uzbeque Mukhriddin Tilovov por ippon.

48kg feminino

48act-1503954741-1503954741

Final entre Funa Tonaki (JPN) e Monkhbatyn Urantsetseg (MGL)

Com a grande ausência da campeã olímpica e mundial, a argentina Paula Pareto, as duas japonesas da categoria largaram como favoritas. E o ouro ficou com a japonesa Funa Tonaki, apenas 13ª do ranking mundial. Tonaki venceu 5 lutas e só levou ponto da brasileira Stefannie Koyama nas 8as. Na semifinal, derrotou a cazaque número 1 do mundo Otgontsetseg Galbadrakhyn. Do outro lado da chave, Ami Kondo, campeã mundial em 2014 e bronze no Rio-2016, buscava uma final toda japonesa, mas levou 3 shidos e foi eliminada pela mongol Urantsetseg Monkhbatyn, campeã mundial em 2013. Na decisão, Tonaki conseguiu um waza-ari com 3:35 de luta para levar o ouro e fazer a festa japonesa.

Grande nome da nova geração brasileira, Stefannie Koyama começou vencendo a romena Monica Unureanu, mas nas 8as acabou sendo derrotada pela eventual campeã por 2 waza-aris a 1. Kondo e Galbadrakhyn ficaram as medalhas de bronze.

Apesar do Brasil sair sem medalha no 1º dia, foi um bom dia, dentro do esperado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s