Mundial de Tênis de Mesa – Finais

Como esperado, a China fechou com chave de ouro o Mundial de Tênis de Mesa, em Dusseldorf. Foram 4 ouros e 3 finais só com chineses, tudo dentro da normalidade.

Individual masculino

Captura de Tela 2017-06-05 às 23.07.34

Ma Long (ao fundo) e Fan Zhendong (de preto). Foto: ittfworld

Cabeça 1, o chinês Ma Long defendia o título e ainda vinha do ouro nos Jogos do Rio. Nas 4as, precisou jogar muito para derrotar o ídolo da casa, o alemão Timo Boll, seu parceiro no torneio de duplas e vencer por 4-2. Xu Xin, que eliminou Hugo Calderano, espantou a zebra japonesa de 13 anos Tomokazu Harimoto por 4-1 e marcou o encontro chinês na semi. Fan Zhendong venceu o japonês Koki Niwa por 4-1 e o sul-coreano Lee Sang-su foi o intruso nas semis, ao vencer por 4-1 Wong Chun Ting, de Hong Kong. Na semifinais, Ma passeou no Xu Xin com 4-0 (11-6, 11-9, 11-9, 11-3) enquanto Fan venceu fácil Lee por 4-0 (11-6, 11-9, 11-6, 11-1).

Na decisão, uma partida histórica. Fan fechou o 1º set, mas Ma Long virou para 3-1. Fan Zhendong empatou em 3-3 e foi pro 7º, que chegou em 9-9. Duas trocas lindas de bola para o 10-10. Fan sacou e na devolução, jogou a bola na rede, dando o 2º match point para o campeão olímpico. Ma Long tinha o saque, Fan devolveu, mas Ma deu um winner no canto para lhe dar o seu 2º título mundial individual, com parciais de 7-11, 11-6, 11-3, 11-8, 5-11, 7-11, 12-10.

Individual feminino

Assim como no masculino, 3 chinesas nas semifinais. Ding Ning derrotou a intrusa japonesa Miu Hirano por 4-1, enquanto Zhu Yuling sofreu para derrotar a compatriota campeã olímpica em Londres-2012 Liu Shiwen, por 4-3. Na decisão, a campeã olímpica do Rio Ding Ning foi melhor e faturou o seu 6º título mundial, o 3º de simples! Ding venceu Zhu por 4-2 (11-4, 9-11, 4-11, 12-10, 11-6, 11-7), na 12ª final de mundial seguida só com chinesas no feminino.

Duplas masculinas

Era apenas uma dupla chinesa na chave, que se tornou campeã. Fan Zhendong e Xu Xin venceram tranquilamente na semifinal por 4-0 os japoneses Koki Niwa/Maharu Yoshimura. Do outro lado, os japoneses Masataka Morizono/Yuya Oshima precisaram de 6 sets para derrotar os sul-coreanos Jung Young-sik/Lee Sang-su. Na decisão, vitoria de 4-1 dos chineses, mas com sets apertados. Parciais de 11-9, 16-14, 11-9, 6-11, 13-11. Foi o 3º título mundial de duplas de Xu Xin, o 3º com parceiro diferente.

Duplas femininas

Foi a 15ª final seguida com duplas chinesas. Ding Ning/Liu Shiwen suaram para vencer Chen Meng/Zhu Yuling por 4-3 (9-11, 11-8, 11-13, 11-8, 11-6, 6-11, 11-9) para levar o título. Ding Ning fez a dobradinha em simples e duplas e saiu mais que coroada de Düsseldorf. Os bronzes ficaram com Feng Tianwei/Yu Mengyu, de Singapura, e com as japonesas Hina Hayata/Mima Ito. Foi o 3º bronze seguida da dupla de Singapura em mundiais.

Duplas mistas

Só não teve ouro para a China, pois não havia uma dupla chinesa na chave. Prata no último mundial, os japoneses Maharu Yoshimura e Kasumi Ishikawa obtiveram uma virada espetacular, saindo de 3-1 contra para vencer com 4-3 (8-11, 8-11, 11-8, 10-12, 11-4, 11-9, 11-5) os taiwaneses Chen Chien-an/Cheng I-ching. Os bronzes foram para Wong Chun Ting/Doo Hoi Kem, de Hong Kong, e da dupla mista do chinês Fang Bo e da alemã Petrissa Solja. Foi a única medalha com para um não europeu, para a felicidade da torcida alemã.

O próximo mundial será de equipe em 2018, na cidade sueca de Halmstad.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s