Mundial de Esqui Nórdico – Dias 7 e 8

Com o seu super time formado por Maiken Caspersen Falla, Heidi Weng, Astrid Jacobsen e Marit Bjoergen, a Noruega chegou como favorita e não decepcionou no revezamento 4x5km. Após as duas primeira atletas, no estilo clássico, a prova estava parelha com Noruega e Finlândia e a Suécia logo atrás. Mas quando Jacobsen entrou, a Noruega começou a abrir e ela fez uma espetacular parcial de 14:07.2 e entregou para Bjoergen com quase 1min de vantagem! Aí foi só completar e vencer seu 3º ouro em Lahti com 52:21.5. Stina Nilsson e Krista Parmakoski disputaram a prata, mas a sueca Nilsson foi melhor e levou o 2º lugar com 53:23.1 contra 53:23.6 da Finlândia. Ótimo 4º lugar da equipe americana. Foi a 4ª vitória seguida da Noruega na prova em mundiais.

100199_g08_w01

Pódio do revezamento 4x10km masculino

Na prova masculina, 4x10km, a super equipe norueguesa formada por Didrik Toenseth, Niklas Dyrhaug, Martin Sundby e Finn Krogh faturou mais um ouro, o 9º seguido em mundiais! Noruega e Rússia dominaram a prova e chegaram na metade juntas, com 30s de vantagem. Sundby foi o 3º pela Noruega e conseguiu abrir 17s sobre os russos. Krogh fechou, mas a Rússia vinha com o Sergey Ustiugov, dono de 2 ouros neste Mundial. O russo bem que tentou, mas Krogh conseguiu manter uma boa vantagem e fechar a prova em 1:37:20.1, 4.6 melhor que a Rússia. Na disputa do bronze, 4 equipes estavam juntas. Na última curva, Finlândia e Suécia iam pro sprint, quando Matti Heikkinen caiu sozinho e a Suécia foi pro bronze. A Suíça ainda ultrapassou Heikkinen que acabou deixando a Finlândia em 5º.

Depois de vencer na rampa menor, o austríaco Stefan Kraft fez a dobradinha e venceu na rampa longa também. Ele fez o melhor 1º salto com 139,6 pontos e 127,5m, seguido do alemão Andreas Wellinger com 138,7 e do norueguês Andreas Stjernen com 137,0. Na 2ª rodada, show do polonês Piotr Zyla com 141,9 somando 276,7, tirando a medalha de Stjernen. Wellinger somou 278,0 e Kraft, último a saltar, praticamente repetiu a nota do 1º salto (139,7) e levou o ouro com 279,3. Desde 2003 que um mesmo atleta não vencia o Mundial nas duas rampas!

100260_g08_w01

O novo mito Johannes Rydzek e Eric Frenzel (GER)

Fechando as disputas do combinado nórdico, mais um ouro alemão e uma performance histórica de Johannes Rydzek. Na prova de duplas LH/2×7,5km, Rydzek e Eric Frenzel venceram na chegada a dupla da Noruega. Nos saltos, a França largou na frente, com 16s de vantagem sobre os alemães e 18s sobre o Japão. Mas no cross-country, logo os alemães alcançaram e abriram, com a Noruega ao lado. No sprint final, Rydzek se sobressaiu sobre Magnus Krog para levar o 4º ouro alemão na modalidade em Lahti! O Japão completou o pódio, chegando a 10.2 dos alemães.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s