Mundial de Esqui Alpino – Final

As provas de slalom foram exatamente como o esperado, com os dois maiores nomes da modalidade se sobressaindo.

2027554-42546576-640-360

Mikaela Shiffrin (USA)

Na final feminina, show absoluto de Mikaela Shiffrin. A americana conquistou o tricampeonato mundial da prova dominando as duas descidas. Na 1ª, fez o melhor tempo com 47.80, a frente da suíça Wendy Holdener, com 48.18 e da eslovaca Veronika Velez-Zuzulova, com 48.39. Na 2ª descida, depois das 21 primeiras descerem, a checa Sarka Strachova assumiu a liderança com 1:39.32 e se mantinha na frente restando apenas 5. A sueca Frida Hansdotter depois roubou o 1º lugar com 1:39.02. A eslovaca Petra Vlhova não conseguiu melhorar, se colocando logo atrás de Hansdotter com 1:39.16.

Velez-Zuzulova vinha bem, mas errou e não terminou a descida. Holdener não fez bela descida, mas ainda assim conseguiu manter sua vantagem sobre Hansdotter e assumiu a frente com 1:38.91. Restava apenas a americana e Shiffrin não decepcionou, brilhando com 49.47 para somar 1:37.27, ficando distantes 1.64 na frente de Holdener! Shiffrin foi a única a fazer a 2ª descida abaixo de 50s! Shiffrin se torna a 1ª tricampeã mundial de slalom desde a alemã Christl Cranz em 1938! Cranz ainda venceria em 1939.

0006eikqjmipyqss-c122-f4

Marcel Hirscher (AUT)

Na prova masculina, tivemos um domínio austríaco na 1ª descida, com Marcel Hirscher (46.43), Marco Schwarz (46.86) e Michael Matt (46.91), seguidos da sensação britânica Dave Ryding, com 46.96. Na 2ª descida, a situação estava bem embolada, quando finalmente Felix Neureuther assumiu a liderança. O alemão tinha ido muito mal na 1ª, fazendo o 10º tempo, mas acabou somando 1:35.68 para ir a frente, ainda restando 9. Manuel Feller foi mais um austríaco a aparecer ao assumir a liderança com 1:35.43.

Outro favorito era o norueguês Henrik Kristoffersen, que tinha o 6º tempo na 1ª. Não fez um grande tempo na 2ª, mas apareceu em 3º no momento com 1:35.79. Restavam 5. Só que os 4 seguintes foram muito infelizes. O sueco Mattias Hargin não terminou, Ryding fez o 22º tempo na 2ª, terminando em 11º, Matt terminaria em 8º e Schwarz em 7º. Hirscher foi o último a descer entre os favoritos e não decepcionou. Com 48.32, 3º melhor tempo na 2ª, somou 1:34.75 para levar o ouro com 0.68 de vantagem sobre seu compatriota Feller, uma enorme supresa no pódio, completado por Neureuther.

Após as 11 provas, a Áustria saiu de St. Moritz com 3 ouros, 4 pratas e 2 bronzes, sendo 2 ouros e 1 prata de Marcel Hirshcer, que chega a espetaculares 6 ouros e 3 pratas em Mundiais! A Suíça foi muito bem em casa com 3 ouros, 2 pratas e 2 bronzes, enquanto a França levou 2 ouros. 6 países saem com ouro e 12 com medalha, no Mundial que antecede os Jogos de Pyeongchang. O próximo Mundial será em 2019 em Are, na Suécia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s