Mundial de Esqui Alpino – Dias 7 e 8

No slalom gigante, um bicampeonato feminino e o ouro que faltava para um monstro do esqui.

tessa-worley-ski

Tessa Worley (FRA)

Primeira a descer na 1ª descida feminina, a francesa Tessa Worley fez o melhor tempo, com 1:02.01 e ficou só observando as concorrentes não chegarem ao seu tempo. A italiana Sofia Goggia foi a que chegou mais perto, com 1:02.49, seguida da americana Mikaela Shiffrin, com 1:02.73, únicas 3 abaixo de 1:03. Na segunda descida, a definição só veio, claro, no final. Manuela Mölgg assumiu a liderança faltando ainda 8. Com 2:06.88, a italiana foi líder por pouco. Logo depois, a liderança mudou para a austríaca Stephanie Brunner, 3 centésimos melhor. As 3 seguintes pioraram os tempos e só restavam as 4 favoritas.

Federica Brignone foi mais uma italiana bem na prova, assumindo a liderança com 2:06.47. Só que logo depois veio Mikaela Shiffrin, fazendo o melhor tempo da 2ª descida! A americana somou 2:05.89 e jogou a pressão para Goggia e Worley. A italiana não fez boa descida e ficou pra trás de Shiffrin por 0.40. Restava Worley, com a bela vantagem de 0.72 da 1ª descida, que foi suficiente para dar o ouro pra francesa, com 2:05.55 contra 2:05.89 da americana. Worley repete o ouro de 2013.

fisworldskichampionshipsmengiantslalom60d18vajbfll

Marcel Hirscher (AUT)

Já na final masculina, Marcel Hirscher finalmente venceu o ouro que lhe faltava. Pentacampeão da Copa do Mundo, o austríaco levou a prova após 2 pratas seguidas. Hirscher venceu a 1ª descida com 1:06.73. Apenas seu compatriota Philipp Schörghofer também fez abaixo de 1:07, com 1:06.99. Na 2ª, a disputa foi grande, mas ficou na mão de Hirscher. O 3º tempo foi do francês Alexis Pinturault, com 1:07.08.

O austríaco só precisou esperar os primeiros 29 desceram a montanha para finalmente fazer 1:06.58, somando 2:13.31 e garantindo o título. Perto da definição, o líder era o norueguês Leif Kristian Haugen, com 2:14.02. Logo depois, o austríaco Roland Leitinger assumiu a liderança com 2:13.56, faltando 5 nomes. Entre eles, os fortíssimos Henrik Kristoffersen e Pinturault. O norueguês chegou ao 3º lugar no momento com 2:14.07, mas o francês decepcionou. Schörghofer até fez boa descida, mas estava em 4º lugar. Aí quando Hirscher completou em 2:13.31, foi confirmada a dobradinha austríaca, com o bronze para Haugen.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s