Mundial de Biatlo – Dia 1

A cidade austríaca de Hochfilzen recebe o último Mundial de Biatlo antes dos Jogos de Pyeongchang. E ele começa justamente um ano antes do início desses Jogos.

O revezamento misto é que abre os Mundiais e, contando com todos os principais nomes do esporte na prova, esperava-se demais desta final.

captura-de-tela-2017-02-09-as-23-55-51

Equipe alemã. Foto: IBU

Lisa Vittozzi começou muito bem para a equipe da Itália e não precisou de nenhum tiro extra. Ela entregou em 1º para Dorothea Wierer, com a Noruega de Marte Olsbu logo atrás. Sem grandes equipes, Áustria e EUA vinham em seguida abrindo muito bem. Finlândia, Alemanha e França também estavam coladas. Na segunda perna, Tiril Eckhoff fez uma péssima prova pra Noruega, precisando inclusive dar uma volta de penalidade. Enquanto isso, a alemã líder da Copa do Mundo Laura Dahlmeier fez belíssima parcial para assumir a liderança, com a francesa Marie Dorin Habert em sua cola. Elas entregaram para os homens no mesmo segundo, com Itália logo atrás.

A equipe alemã seguia brilhante. Arnd Peiffer zerou nos tiros e manteve sua equipe na frente. Com um ótimo esqui, deixou as outras equipes para trás e entregou para Simon Schempp com mais de 20s de vantagem sobre a Itália de Lukas Hofer e mais de 45s sobre França e Rússia, que fazia uma grande prova de recuperação, após uma abertura de revezamento desastrosa.

Embed from Getty Images

Na última perna, Schempp fez tudo para segurar os principais nomes das outras equipes: Martin Fourcade, Anton Shipulin e Dominik Windisch. Schempp seguia perfeito no tiro enquanto Fourcade e Shipulin iam tirando a diferença. Na última sessão de tiro, Schempp precisou dar um tiro extra enquanto o francês e o russo zeraram, mas a vantagem de Schempp era muito boa e ele só segurou sua vantagem. Logo atrás, Fourcade e Shipulin deixaram o italiano para trás e foram lado a lado, mas o francês foi melhor e chegou para a prata, com a Rússia no 3º lugar. A Alemanha venceu com 1:09:06.4, França prata a apenas 2.2 e Rússia a 3.2. Itália, Ucrânia e Suécia completaram o top6. A Noruega decepcionou com o 8º lugar.

O Mundial segue nesta sexta com o sprint feminino.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s