Resumo da semana de inverno

Patinação Artística

Sem surpresas no Europeu de Patinação Artística, em Ostrava, República Checa.

sports_13_2-7-640x430

Javier Fernandez (ESP)

O espanhol Javier Fernandez conquistou o título no masculino pela 5ª vez consecutiva! Ele somou 294,84 ficando bem a frente dos russos Maxim Kovtun e Mikhail Kolyada, com 266,80 e 250,18, respectivamente. O último pentacampeão seguido no Europeu foi o checo Ondrej Nepela, entre 1969 e 1973. Entre as mulheres, dobradinha russa com Evgenia Medvedeva e Anna Pogorilaya. Medvedeva levou o bicampeonato ao somar 229,71 contra 211,39 da colega. Em seu retorno às grandes competições após um hiato de pouco menos de 3 anos parada, a italiana Carolina Kostner beliscou o bronze com 210,52, bem perto dos 216,73 que lhe deram o bronze em Sochi!

Nos pares, os russos Evgenia Tarasova e Vladimir Morozov ficaram com o ouro com 227,58 numa final bem apertada. Os alemães Aliona Savchenko e Bruno Massot foram prata com 222,35 e os franceses Vanessa James e Morgan Ciprès bronze com 220,02. 6ª vitória seguida de uma dupla russa. Já na dança, vitória francesa de Gabriella Papadakis e Guillaume Cizeron com 189,67. Prova também muito apertada, com os italiano Anna Cappellini e Luca Lanotte em 2º com 186,64 e os russos Ekateirna Bobrova e Dmitri Soloviev em 3º com 186,56. Papadakis e Cizeron conquistam o tricampeonato seguido.

Esqui Alpino

Forma 4 provas masculinas na semana passada, com 4 vencedores. Na terça-feira, o norueguês Henrik Kristoffersen venceu o slalom em Schladming, na Áustria. Ele foi muito bem na 1ª descida e com isso conseguiu a vantagem de apenas 0.09 sobre o Marcel Hirscher após a 2ª. Os velocistas foram para Garminsch-Partenkirchen, na Alemanha para duas provas de downhill e um slalom gigante. O americano Travis Ganong quebrou um jejum de mais de 2 anos e venceu o 1º downhill na sexta-feira com 1:53.71, seguido do norueguês Kjetil Jansrud, com 1:54.09. No 2º downhill, vitória do austríaco Hannes Reichelt com 1:53.83, com o italiano Peter Fill em 2º com 1:53.99. Já no slalom gigante, mais uma vitória de Marcel Hirscher, com enorme vantagem. O pentacampeão da Copa do Mundo conquistou sua 43ª vitória em Copas do Mundo com enorme vantagem de 1.50 sobre o sueco Matts Olsson.

No feminino, a italiana Federica Brignone venceu em casa o slalom gigante em Kronplatz no meio da semana, deixando a francesa Tessa Worley em 2º, Lara Gut em 4º e Mikaela Shiffrin em 5º. Já no downhill do sábado, vitória de Gut por apenas 0.05. A italiana Sofia Goggia foi 2ª e a eslovena Ilka Stuhec 3ª. Já no Super-G do domingo, foi a vez de Stuhec faturar sua 5ª etapa na temporada com 1:19.81 enquanto Goggia se manteve em 2º. Lara Gut não terminou a descida e pode se complicar na classificação geral da Copa do Mundo. Lindsey Vonn não terminou o downhill e foi 12ª no Super-G. Aliás, está pintando uma novidade na classificação geral por nações no feminino. A Itália vem liderando e pode vencer, quebrando uma hegemonia de 18 anos da Áustria.

Classificação Masculina (após 26 eventos): 1) Marcel Hirscher (AUT) 1.260; 2) Henrik Kristoffersen (NOR) 828; 3) Alexis Pinturault (FRA) 763

Classificação Feminina (após 25 eventos): 1) Mikaela Shiffrin (USA) 1.103; 2) Lara Gut (SUI) 7.023; 3) Sofia Goggia (ITA) 789

Esqui Nórdico

Sweden Ski Cross Country

Marit Bjorgen (NOR)

A cidade sueca de Falun recebeu o cross-country. O italiano Federico Pellegrino venceu a prova de sprint, sua 9ª vitória individual na carreira. Já na saída em massa 30km clássica, dobradinha norueguesa com Emil Iversen e Martin Sundby, separdos por quase 4s. No feminino, a sueca Stina Nilsson venceu pela 6ª vez na temporada, sendo seu 3º sprint. Nos 15km saída em massa, pódio todo da Noruega, com Marit Bjoergen, Ingvild Oestberg e Heidi Weng. Bjoergen chega a (pasmem!) 103 vitórias em Copas do Mundo e 170 pódios!

Classificação Masculina (após 21 eventos): 1) Martin Sundby (NOR) 1.348; 2) Sergey Ustiugov (RUS) 1.004; 3) Matti Heikkinen (FIN) 792

Classificação Feminina (após 21 eventos): 1) Heidi Weng (NOR) 1.531; 2) Krista Parmakoski (FIN) 1.215; 3) Ingvild Oestberg (NOR) 1.199

Tivemos o Triplo Nórdico, um mini-torneio do Combinado Nórdico em Seefeld, na Áustria. São 3 provas em 3 dias seguidos. Todas com saltos na pista HS109, mas no cross-country temos a 1ª prova com 5km, a 2ª com 10km e a última com 15km. E seguimos com a hegemonia alemã! Foi dobradinha germânica nas 3 provas! Johannes Rydzek e Eric Frenzel fizeram a dobradinha 1-2 nas 3 provas! Mas Rydzek venceu a de 5kim e a de 10km e Frenzel levou a de 15km e manteve a liderança no geral que carregava da semana anterior.

Classificação Geral (após 15 eventos): 1) Eric Frenzel (GER) 1.224; 2) Johannes Rydzek (GER) 1.190; 3) Fabian Riessle (GER) 839

Nos saltos, os homens competiram em Willingen, na Alemanha. Na prova por equipes a vitória ficou com a Polônia graças aos ótimos saltos de Kamil Stoch, o líder da Copa do Mundo. Eles somaram 931,5 pontos contra 919,2 da Áustria e 910,7 da Alemanha. Na prova individual, vitória do alemão Andreas Wellinger com 242,3 contra 242,0 do austríaco Stefan Kraft e 241,0 do também austríaco Manuel Fettner.

Já as mulheres competiram na Romênia, em Rasnov. A norueguesa Maren Lundby e a japonesa Sara Takanashi fizeram a dobradinha nas duas etapas, com Lundby vencendo a primeira e a japonesa a segunda. Takanashi chegou a ficar ameaçada pela sua compatriota Yuki Ito, mas já abriu boa vantagem novamente.

Classificação Masculina (após 15 eventos): 1) Kamil Stoch (POL) 978; 2) Daniel-André Tande (NOR) 853; 3) Domen Prevc (SLO) 786

Classificação Feminina (após 12 eventos): 1) Sara Takanashi (JPN) 995; 2) Yuki Ito (JPN) 842; 3) Maren Lundby (NOR) 697

Esqui Freestyle e Snowboard

No Snowboard, tivemos o slalom gigante paralelo em Rogla, na Eslovênia. A vitória ficou com o suíço Nevin Galmarini levou no masculino enquanto a checa campeã mundial Ester Ledecka venceu no feminino. No slopestyle na Itália, a vitória foi do belga Seppe Smits e da finlandesa Enni Rukajarvi.

No Freestyle, apenas disputas do moguls, em Calgary. E com dobradinha australiana deixando os favoritos canadenses para trás. Matt Graham levou no masculino com 85,34 na final contra 83,90 do canadense Mikael Kingsbury. Entre as mulheres, Britteny Cox fez 82,11 contra 80,02 da campeã olímpica Justine Dufour-Lapointe.

Patinação de Velocidade

864x486

Kjeld Nuis (NED)

Na 5ª etapa da Copa do Mundo em Berlim, a última antes do Mundial de Distâncias, o destaque no masculino foi o holandês Kjeld Nuis. Ele venceu uma das provas de 1.000m com 1:08.25 e os 1.500m com 1:45.94. Nos 500m, duas provas, uma para o alemão Nico Ihle com 34.83 e outra para o russo Ruslan Murashov com 34.81. O holandês Kai Verbij venceu a outra dos 1.00m com 1:09.08 enquanto o canadense Ted-Jan Bloemen venceu os 5.000m com 6:15.84, numa prova que não teve a participação de Sven Kramer.

No feminino, 2 provas para cada vencedora. A japonesa Nao Kodaira segue espetacular e faturou as duas dos 500m, uma com 37.43 e a outra com 37.57. Das 8 provas dos 500m disputadas na temporada, Kodaira disputou 6 e levou as 6! A americana Heather Bergsma faturou as duas de 1.000m, uma com 1:15.42 e a outra com 1:15.08. Ela também tem 100% de aproveitamento! Venceu 5 das 5 que disputou em 6 possíveis. Já Ireen Wust venceu os 1.500m com 1:55.85 e os 3.000m com 4:01.77, derrotando pela 1ª vez nas provas longas a checa Martina Sablikova.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s