Mundial Masculino de Handebol – Dia 3

7 jogos nesta sexta-feira com mais uma vitória dos donos da casa e uma zebra sul-americana histórica.

Grupo A

0_co_photos_japon_france_st_pillaud_a65i3820

No único jogo do grupo do dia, a França jogou em Nantes contra o Japão. Os japoneses não conseguiram manter o ritmo que tiveram contra a Rússia no dia anterior e a França, com  10 minutos, já tinha 9-5 e chegou ao intervalo com 17-9. A França colocou seus reservas e seguiu controlando a partida até vencer com tranquilos 31-19.

Classificação: 1) FRA (4 pts; dif de gols +27); 2) RUS (2; +10); 3) NOR (2; +2); 4) POL (0; -2); 5) BRA (0; -15); 6) JPN (0; -22)

Grupo C

0_sloang_co_photos_belarus_chili_ph_montigny_blr_chi_pmontigny_0232

Chile contra Bielorrússia. Foto: IHF

A maior zebra até agora veio na abertura do Grupo C, em Rouen. Em seu 4º Mundial, o Chile jamais havia vencido uma partida na 1ª fase e apenas ganhara 3 jogos na história, sempre com adversários fracos disputando as últimas colocações (2 sobre a Austrália e 1 sobre a Argélia). Contra a Bielorrússia, que não é uma das melhores equipes europeias, o Chile fez uma partida muito boa e abriu 9-5, mas a equipe europeia começou a apertar com Artsem Karalek, que fez 6 gols em 6 tentativas no 1º tempo e a partida foi pro intervalo com 14-14. No 2º tempo, a Bielorrussia abriu 24-21, mas os chilenos não se derrubaram e aproveitaram a vantagem de 1 homem por 2min até empatarem em 25-25. Com a torcida francesa toda do lado chileno, o jogo psicológico entrou em campo e os sul-americanos fecharam com históricos 32-28! Primeira vitória da história do Chile sobre um europeu.

Atuais campeões europeus, a Alemanha estreou contra a forte Hungria. Com Silvio Heinevetter fechando o gol alemão no 1º tempo (45% de aproveitamento), os tedescos abriram 14-8 em apenas 7min. O jogo deu uma acalmada e a Alemanha foi pro intervalo na frente com 16-11, com 7 gols do craque Uwe Gensheimer, que perdeu o pai há uma semana e só voltou pra equipe no dia anterior. No 2º tempo, a Hungria chegou a ficar 2min com 2 jogadores a mais, mas não aproveitou a chance, desperdiçando 3 gols. Mas a Alemanha parou e ficou 8min sem marcar e a Hungria encostou em 16-15. Mas a força de Gensheimer foi maior e a Alemanha fechou com 27-23, com 13 gols do craque.

Na partida que fechou o grupo, esperava-se um passeio croata na fraca Arábia Saudita, treinada pelo campeão olímpico de 1996, o croata Nenad Kljaic. A Croácia abriu 5-1, mas começou a não levar o jogo a sério e a partida chegou empatada em 10-10, até que os sauditas viraram para 11-10, mas a Croácia marcou 2 vezes e foi pro intervalo na frente com 12-11. Com muitos erros dos dois lados, a Croácia se manteve a frente até vencer por 28-23, mas sem convencer.

Classificação: 1) CRO (2; +5); 2) CHI (2; +4); 3) GER (2; +4); 4) BLR (0; -4); 5) HUN (0; -4); 6) KSA (0; -5)

Grupo D

No duelo árabe que abriu o grupo em Paris, o Egito surpreendeu o Qatar, atual vice-campeão mundial. Equilibrada, o Egito assumiu a liderança com 6-5 e não perdeu mais. Com 7min sem gols, o 12º gol do jogo só veio após o tempo técnico do Qatar, que empatou, mas o Egito chegou aos 9-6 e depois com 11-8 no fim do 1º tempo. No 2º, os africanos se mantiveram na frente controlando o jogo até fechar com 22-20.

Na partida mais fácil do dia, a Suécia não teve problemas contra o Bahrain. Os asiáticos levaram quase 10min para fazer o 1º gol e mais 7min até o 2º, quando os suecos já lideravam por 7-2. O goleiro barenita Husain Abdulla até fez belas defesas, mas a Suécia chegou ao intervalo com uma enorme vantagem de 17-5. Mesmo trocando o goleiro, a Suécia seguiu o massacre, abrindo 25-10 e chegando aos 33-16 no final da partida.

Fechando o dia, a Dinamarca, campeã olímpica no Rio-2016, teve um início de partida duro contra a sempre encardida Argentina, que ficou na frente do placar até os 7min, com 5-4. Quando Casper Mortensen fez 7-6, a Dinamarca não perdeu mais a vantagem. Com 3 gols seguidos de Lasse Svan, abriu 12-8 e chegou a 17-11 no intervalo. No 2º tempo, a Dinamarca passou o rolo compressor fazendo 6 gols nos primeiros 10 minutos até fechar com 33-22 e vencer na estreia.

Classificação: 1) SWE (2; +17); 2) DEN (2; +11); 3) EGY (2; +2); 4) QAT (0; -2); 5) ARG (0; -11); 6) BRN (0; -11)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s