Tour de Ski e Torneio Four Hill – Resumo

No fim do ano e início de janeiro, 2 torneio importantíssimos de esportes de inverno ocorrem pela Europa. No cross-coutnry, o Tour de Ski reúne os melhores atletas da modalidade em 7 etapas, passando, neste ano, por 3 países. Já o tradicional torneio Four Hills recebe os melhores saltadores do mundo em 4 montanhas, 2 na Alemanha e 2 na Áustria. Vence quem somar mais pontos.

Tour de Ski

Pódio masculino. Foto: NordicFocus

Como um Tour de France, são somados os tempos das 7 etapas e vence quem cruzar  alinha de chegada primeiro na última etapa, que é no formato perseguição. Nas 6 etapas iniciais, há bonificação de tempo as colocações. No dia 31 de dezembro, em Val Müstair, Suíça, o russo Sergey Ustiugov começou dando o tom da competição ao vencer a etapa de Sprint 1,5km, seguido do italiano Federico Pellegrino (nenhuma relação com a nadadora Federica Pellegrini). Na 2ª etapa em 1º de janeiro, Ustiugov novamente venceu, agora nos 10km estilo clássico saída em massa, deixando o norueguês favorito e bicampeão do Tour Martin Sundby em 2º. Na 3ª etapa na Alemanha, 20km skiathlon (10km estilo clássico + 10km estilo livre), Ustiugov novamente levou deixando Sundy novamente em 2º lugar por apenas 0.6

O russo seguiu o show na 4ª etapa, sobrando na perseguição 15km livre, deixando Sundby quase 40s para trás! E na 5ª etapa, agora na Itália, o russo fez o inimaginável e faturou a 5ª etapa seguida, fato inédito na história do Tour de Ski! Ele levou os 10km estilo livre por apenas 0.4 sobre o francês Maurice Manificat. Por pouco ele não levou a 6ª etapa, que viu Sundby buscar uma recuparação e vencer os 15km clássico, com Ustiugov em 2º a apenas 2.2. Com uma enorme vantagem, Ustiugov apenas controlou a subida final de 9km fechando as 7 etapas em 3:24:47.9, 1:02.9 melhor que o norueguês. O mito suíço Dario Cologna ficou em 3º lugar a 1:19.1. Apesar da vitória, Sundby segue líder da Copa do Mundo

Classificação da Copa do Mundo (após 15 eventos): 1) Martin Sundby (NOR) 1138; 2) Sergey Ustiugov (RUS) 961; 3) Matti Heikkinen (FIN) 741

Heidi Weng (NOR) vence Tour de Ski. Foto: NordicFocus

No feminino, a competição foi mais disputada e viu algumas trocas de liderança. A sueca Stina Nilsson venceu o Sprint da 1ª etapa, deixando a armada norueguesa para trás. Na 2ª, foi a vez de blevar os 5km clássico com Heidi Weng logo atrás. Mas nos 10km skiathlon, a sueca retomou a liderança ao vencer com 27:23.8, com Weng em 3º. Na 4ª etapa, a perseguição 10km livre, mais uma vitória de Nilsson, com apenas 1.7 de vantagem sobre Weng e 1.8 sobre Oestberg.

Na 5ª etapa, a vitória nos 5km livre foi da americana Jessica Diggins. Weng foi apenas a 5ª, mas Nilsson foi bem, ficando em 20º e caindo para 3ª lugar, atrás de Weng e Oestberg. A sueca se recuperou na 6ª etapa, nos 10km clássico saída em massa e retomou a liderança, abrindo 19s de Weng. Mas a norueguesa nem quis saber e fez uma espetacular prova de perseguição final. Ela não só tirou os 10s como abriu quase 2min de Nilsson! Heidi Weng somou 2:27:39.4 e ficou com o título do Tour de Ski pela 1ª vez! A finaldesa Krista Pärmäkoski surpreendeu com o 2º lugar a 1:37.0 de Weng e Stina Nilsson acabou em 3º a 1:54.4. Foi o 4º título seguido de uma norueguesa.

Classificação da Copa do Mundo (após 15 eventos): 1) Heidi Weng (NOR) 1351; 2) Ingvild Oestberg (NOR) 1043; 3) Krista Pärmäkoski (FIN) 1032

Torneio Four Hills

Kamil Stoch (POL) vencer o Torneio Four Hills. Foto: FIS

O esloveno Domen Prevc vinha dominando a Copa do Mundo de saltos com apenas 17 anos, mas sentiu o peso no Four Hills e ficou longede qualquer coisa. A 1ª prova foi em Oberstdorf, na Alemanha, e o austríaco Stefan Kraft, campeão do torneio 2013-14, venceu com 308,0 pontos, seguido do bicampeão olímpico Kamil Stoch, com 305,2. Prevc foi bem mal e terminou apenas na 26ª posição, seu pior resultado da temporada.

No dia 1º de janeiro, o norueguês Daniel-André Tande levou o título ao fazer em Garmisch-Partenkirchen 289,2 pontos, contra 286,0 de Stoch e 282,4 de Kraft. O polonês assumiu a liderança do Torneio com apenas 0,8 a frente de Kraft. Na 3ª etapa em Innsbruck, a 2ª vitória de Tande com 125,7 (só houve um salto, por conta do vento), seguido do norueguês Robert Johansson com 123,1 e do russo Evgeniy Klimov com 119,1. Stoch foi 4º e perdeu a liderança geral para Tande por 1,7 pontos.

Fechando o torneio, em Bischofshofen, Kamil Stoch fez uma excelente prova para vencer com 289,2, enquanto seu maior adversário, o Daniel-André Tande, foi apenas o 26º! Com isso, o polonês somou 997,8 e levou o título do Four Hills. Outro que aproveitou o mau desempenho de Tande foi o polonês Piotr Zyla, que comeu pelas beiradas durante o torneio, mas fechou em Bischofshofen em alto estilo, com o 3º lugar, o suficiente para somar 962,5 e terminar o Four Hills na 2ª colocação! Tande terminou em 3º com 941,8 e mais um polonês terminou entre os 4: Maciej Kot. Stefan Kraft, que havia começado muito bem, terminou em 6º e Domen Prevc acabou na 9ª posição.

Na Copa do Mundo, Tande chegou a assumir a liderança após a 3ª etapa, mas Prevc a retomou e a classificação geral ficou bem mais parelha.

Classificação da Copa do Mundo (após 11 eventos): 1) Domen Prevc (SLO) 646; 2) Daniel-André Tande (NOR) 637; 3) Kamil Stoch (POL) 633

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s