Resumo do fim de semana de inverno

Um pouco atrasado, mas segue o resumo.

Esqui Alpino

Marcel Hirscher (AUT)

Sem novidades na 2ª etapa da Copa do Mundo, disputada em Levi, na Finlândia, no formato slalom. Os principais nomes da prova mais técnica venceram. O austríaco Marcel Hirscher, que busca o hexa seguido da Copa do Mundo venceu o slalom com 1:44.67, 1.30 a frente do compatriota Michael Matt, irmão do campeão olímpico Mario Matt, e 1.31 na frente do italiano Manfred Moelgg. Foi a 40ª vitória do Hirscher em Copas do Mundo, a 19º em slalom.

Já no feminino, foi a vez de Mikaela Shiffrin vencer mais uma prova de slalom, sua 21ª da carreira, a 20ª no slalom. Aos 21 anos, Shiffrin venceu com 1:52.71, 0.67 melhor que a suíça Wendy Holdener e 0.75 melhor que a eslovaca Petra Vlhova. Comas vitórias, Shiffrin e Hirshcer assumiram a liderança da Copa do Mundo.

Classificação Masculina (após 2 provas): 1) Marcel Hirscher (AUT) 180; 2) Alexis Pinturault (FRA) 124; 3) Felix Neureuther (GER) 110

Classificação Feminina (após 2 provas): 1) Mikaela Shiffrin (USA) 180; 2) Lara Gut (SUI) 100; 3) Wendy Holdener (SUI) 95

Esqui Freestyle

Em Milão, os esquiadores de Big Air disputaram a 1ª etapa da FIS Super Series de Big Air, uma das novidades da temporada de inverno. Campeão olímpico da Juventude em 2012, o suíço Kai Mahler venceu o masculino ao somar 179,80 pontos após 3 descidas. Os noruegueses Oystein Braaten colado com 179,60 e Eirik Sateroy com 173,40 completaram o pódio. No feminino, a alemã campeã mundial de slopestyle Lisa Zimmermann venceu cmo 181,20 contra 157,20 da suíça Mathilde Gremaud e 157,00 da sueca Emma Dahlstrom.

Classificação Masculina (após 2 provas): 1) Henrik Harlaut (SWE) 25,80; 2) Kai Mahler (SUI) 24,80; 3) Fabian Bösch (SUI) 19,00

Classificação Feminina (após 2 provas): 1) Emma Dahlstrom (SWE) 32,00; 2) Giulia Tanno (SUI) 21,20; 3) Lisa Zimmermann (GER) 20,00

Patinação Artística

Paris viu um show de patinação na 4ª etapa do Grand Prix. O espanhol Javier Fernandez mais uma vez sobrou para vencer no masculino, somando ótimos 285,38 contra 269,26 do cazaque Denis Tem e 267,53 do americano Adam Rippon. Fernandez venceu as 2 etapas que pode disputar do circuito e já está garantido na final. Mesma situação da russa Evgenia Medvedeva, que venceu na capital francesa com 221,54, contra 200,35 da também russa Maria Sotskova e 194,48 da japonesa Wakaba Higuchi.

Gabriella Papadakis e Guillaumer Cizeron (FRA)

Nos pares, os alemães Aliona Savchenko e Bruno Massot venceram com 210,59 contra 206,94 dos russos Evgenia Tarasova e Vladimir Morozov (não confundir com o nadador). A festa local foi na dança artística onde Gabriella Papadakis e Guillaume Cizeron ficaram com o ouro com 193,50, muito a frente dos demais.

Patinação de Velocidade

Sven Kramer (NED)

A primeira etapa da Copa do Mundo foi disputada em Harbin, na China. Sven Kramer ficou com a vitória nos 5.000m com 6:21.60 em pódio todo holandês. Até aí nada de novo. Ele levou seu 2º ouro com a vitória nos 1.500m com 1:46.79 e ajudou a Holanda a vencer a perseguição por equipes com 3:45.33. Nos 1.000m, mais uma vitória holandesa, agora com Kjed Nuis com 1:09.57. Foram  duas provas de 500m. A 1ª foi vencida pelo cazaque Roman Krech com 35.07, seguido do russo Pavel Kulizhnikov com 35.10. Na 2ª, o russo voltou ao topo com 34.98, contra 34.99 do chinês Tingyu Gao. O coreano Seung-Hoon Lee venceu a saída em massa com 7:15.22. Lembrando que essa prova entrou no programa olímpico a partir de Pyeongchang-2018.

No feminino, a Holanda desapontou, vencendo apenas a perseguição por equipes, com 3:04.01. Nos 3.000m, ouro pra checa Martina Sablikova com 4:08.26. A japonesa Nao Kodaira venceu as duas corridas de 500m, uma com 38.00 e a outra com 38.04. Enquanto a americana Heather Richardson-Bergsma confirmou o favoritismo nos 1.000m (1:15.94) e nos 1.500m (1:57.00). Fechando a etapa, ouro pra canandense Ivanie Blondin na saída em massa com 8:29.56.

Short Track

Assim como na etapa anterior, show sul-coreano no feminino, agora no oval de Salt Lake City. Choi Min-jeong e Shim Suk-hee venceram as duas provas de 1.500m disputadas, enquanto Kim Jiyoo venceu os 1.000m. No revezamento 3.000m, ouro coreano. Apenas a canadense Marianne St-Gelais quebrou o domínio sul-coreano ao vencer os 500m.

No masculino, destaque pro holandês Sjinkie Knegt, que venceu a 2ª prova dos 1.500m com 2:07.943, novo recorde mundial. O canadense Samuel Girard levou a outra prova dos 1.500m enquanto o sul-coreano Lim Kyoungwon venceu os 1.000m e o cazaque Abzal Azhgaliyev faturou os 500m, colocando um país diferente no topo. No revezamento 5.000m, ouro pra China, enquanto a Coreia do Sul nem chegou à Final A.

Bobsled

Os brasileiros estrearam na temporada da Copa Norte-Americana em Calgary, no Canadá. No bobsled para duplas, Edson Bindilatti foi 12º na primeira descida e 16º na segunda, enquanto Cristiano Paes foi 16º e depois melhorou para um 9º lugar entre 21 duplas.

O Brasil tem duas equipes no bobsled de 4 também. Edson Bindilatti ficou em 8º nas duas provas enquanto Cristiano PAes foi 14º em ambas entre 16 equipes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s