Resumo do fim de semana de inverno

Esqui Alpino

Alexis Pinturault (FRA)

Como já acontece há alguns anos, a temporada é aberta nas montanhas de Sölden, na Áustria com um slalom gigante. No sábado, a suíça Lara Gut venceu com 2:23.02, contra 2:24.46 da americana Mikaela Shiffrin. A vitória veio na 1ª descida, onde Gut fez disparado o melhor tempo, com 1:10.11. Na 2ª passagem, as duas fizeram praticamente o mesmo tempo, com 1:12.91 da suíça contra 1:12.93 da americana. O 3º lugar foi pra italiana Marta Bassino, seu primeiro pódio em uma Copa do Mundo.

Na prova masculina no domingo, a vitória foi de Alexis Pinturault. O francês bronze em Sochi venceu com 2:14.01, deixando dois favoritos da prova pra trás. O atual pentacampeão da Copa do Mundo, o austríaco Marcel Hirscher, ficou em 2º competindo em casa com 2:14.71, enquanto o forte alemão Felix Neureuther foi 3º com 2:15.38.

A Copa do Mundo só retorna na metade de novembro, na Finlândia.

Classificação Masculina (após 1 prova): 1) Alexis Pinturault (FRA) 100; 2) Marcel Hirscher (AUT) 80; 3) Felix Neureuther (GER) 60

Classificação Feminina (após 1 prova): 1) Lara Gut (SUI) 100; 2) Mikaela Shiffrin (USA) 80; 3) Marta Bassino (ITA) 60

Patinação Artística

O Skate America abriu o Grand Prix de patinação artística em Chicago, com ótima atuação dos donos da casa.

Maia e Alex Shibutani (USA)

No masculino, o japonês Shoma Uno venceu com 279,34 pontos, contra 268,38 do americano Jason Brown e 261,43 de Adam Rippon. Aos 18 anos, o japonês é a mais nova aposta do seu país. Ele foi campeão mundial juvenil em 2015. No feminino, dobradinha americana com Ashley Wagner vencendo com 196,44 contra 191,59 da compatriota Mariah Bell. A japonesa Mai Mihara fechou o pódio com 189,28. A favorita era a russa Yulia Lipnitskaya, mas ela desistiu da competição uma semana antes.

Nos pares, vitória dos canadenses Julianne Séguin e Charlie Bilodeau, com 197,31, contra 192,65 da dupla americana Haven Denney e Brandon Frazier. Na dança artística, ouro para os irmãos americanos Maia e Alex Shibutani com 185,75, bem a frente dos também americanos Madison Hubbell e Zachary Donohue, com 175,77. Os americanos aguardam o retorno dos campeões olímpicos em Sochi Meryl Davis e Charlie White, que não competem desde os Jogos de Sochi, mas que também não anunciaram a aposentadoria. Eles já disseram que não competirão nessa temporada.

Curling

A segunda edição do Mundial de equipes mistas foi realizada em Kazan, na Rússia, e viu os donos da casa sagrarem-se campeões. A equipe, liderada pela campeão mundial de duplas mistas neste ano Alexander Krushelnitskiy, venceu todos os seus 10 jogos para ficar com o ouro. Na final, vitória de 5-4 sobre a Suécia. Na disputa do bronze, a Escócia venceu por 8-4 a Coreia do Sul.

O Brasil disputou pela 2ª vez o Mundial, com apenas uma atleta que disputou a competição do ano passado, Luciana Barrella. Liderados pelo capitão Raphael Monticello, o Brasil perdeu todos os seus 6 jogos: 12-1 para a Inglaterra, 13-4 para a Irlanda, 6-4 para a Eslováquia, 10-2 para a Suécia, 7-4 para a Hungria e 5-4 para a Finlândia.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s