Resumo Rio-2016 – Canoagem Velocidade: 200m

C-1 200m masculino

2016-932620966-201608181231584541_ap_20160818

Valentin Demyachenko (AZE), Yuriy Cheban (UKR) e Isaquias Queiroz (BRA)

Com a eliminação da Bielorrússia da canoagem por conta dos vários casos de doping, a grande ausência foi o campeão mundial de 2015, Artsem Kozyr. Nas eliminatórias, o espanhol Alfonso Benavides venceu a 1ª bateria com 40.610 com o campeão de Londres, o ucraniano Yuriy Cheban, em 3º com 41.220. Na 2ª bateria, vitória do francês Thomas Simart com 40.415, seguido do brasileiro Isaquias Queiroz com 40.522. Vitória do russo Andrey Kraitor na 3ª bateria com 39.985 e do azeri Valentin Demyanenko na 4ª com 39.749. Como passavam os 5 primeiros de cada bateria mais o melhor 6º, apenas 4 canoístas eliminados.

Nas semifinais, o melhor tempo veio na 1ª, com Isaquias Queiroz, completando em 39.659. Kraitor liderou a 2ª com 40.394 e o georgiano Zaza Nadiradze levou a 3ª com 40.146. Na final, o brasileiro largou mal enquanto o ucraniano Cheban e o azeri Demyanenko abriram vantagem. Campeão em Londres, o Yuriy Cheban completou em 39.279 contra 39.493 do azeri Valentin Demyanenko.

Numa prova curta, não há espaço para erros, mas Isaquias fez uma recuperação espetacular para buscar o 3º lugar na prova que teria maior dificuldade. Ele foi bronze com 39.628, muito pouco a frente do espanhol Alfonso Benavides, com 39.649. Cheban conquistou sua 3ª medalha olímpica, enquanto Demyanenko faturou sua 1ª. Esta foi a 2ª medalha de Isaquias no Jogos do Rio. Ele viria a vencer mais uma dois dias depois.

K-1 200m masculino

106381348-liam-heath-sport-xlarge_transqvzuuqpflyliwib6ntmjwfsvwez_ven7c6bhu2jjnt8

Liam Heath (GBR)

O britânico campeão em Londres, Ed McKeever, não esteve o Rio para defender seu título. Na 1ª bateria eliminatória, vitória do veterano alemão e pentacampeão mundial da prova Ronald Rauhe com 34.350. Atual bicampeão mundial, o canadense Mark de Jonge ficou em 3º lugar com 34.898, suficiente para se classificar para as semifinais. Na 2ª, vitória do francês Maxime Beaumont com 34.322 com o espanhol Saúl Craviotto em 2º. Na última, o britânico Liam Heath levou com 34.327.

Nas semifinais, melhor tempo de Heath na 1ª com 34.076, seguido de Rauhe com 34.180 e Craviotto com 34.545. Na 2ª semi, Beaumont venceu novamente com 34.398. Campeão mundial em 2013, o sueco Petter Menning ficou fora da final A.

Na decisão, o francês abriu muito bem, com uma ótima saída, seguido colado pelo britânico Heath. Os dois já tinham quase meio barco sobre os outros competidores, mas aí nos 100m finais, Heath apertou até passá-lo e fechar na frente com 35.197 contra 35.362 do francês. Um raro empate ocorreu na medalha de bronze entre Craviotto e Rauhe, ambos com 35.662.

2ª vez que a prova é disputada nos Jogos, 2º ouro britânico, mas esta foi a 3ª medalha olímpica de Liam Heath, que também venceu uma prata dois dias antes com o K2 200m. A prata de Maxime Beaumont foi a 1ª medalha francesa na canoagem de velocidade masculina desde Seul-1988! Saul Craviotto faturou sua 4ª medalha olímpica e foi a 2ª vez que ele faturou um bronze com um empate, sendo o anterior no Mundial de 2014. 4ª medalha olímpica do veterano alemão Ronald Rauhe, que venceu sua 1ª medalha em Sydney-2000.

K-2 200m masculino

craviotto20toro1

Cristian Toro e Saul Craviotto (ESP)

A principal ausência foi a dupla russa de Alexander Dyachenko e Yury Postrigay, campeões olímpicos em 2012 e mundiais em 2013. As duplas vencedoras das duas baterias eliminatórias já se garantiram na final. Os lituanos Aurimas Linakas e Edvindas Ramanauskas levaram a 1ª com 31.755 e os espanhóis Saúl Craviotto e Cristian Toro faturaram a 2º com 31.161. Nas semifinais, melhor tempo dos britânicos Liam Heath e Jon Schofield com 31.899, campeões da 2ª bateria. Os campeões mundiais de 2015, os húngaros Sandor Totka e Peter Molnar venceram 1 ª com 32.138 e se garantiram na final A.

Edson Isaías e Gilvan Ribeiro por pouco não se classificaram para a Final A e ficaram em 2º na final B com 33.922 atrás da dupla da Coreia do Sul, terminando em 10º geral entre 13 duplas. A Final A começou com os lituanos vindo bem fortes abrindo um pouco sobre as duplas espanhola e britânica, mas um pouco depois da metade, Saul Craviotto e Cristian Toro forçaram, passando e abrindo, para levar o ouro com 32.075. Os britânicos e os húngaros também cresceram e as 3 duplas chegaram praticamente juntas. Prata para os britânicos com 32.368 e bronze para a Lituânia com 32.382. A Hungria foi 4ª colocada com 32.412.

K-1 200m feminino

eight_col_lisa_carrington

Lisa Carrington (NZL)

A neozelandesa Lisa Carrington era definitivamente a mulher a ser batida na prova. Tetracampeã mundial e ouro em Londres, dificilmente ela iria deixar escapar o ouro. Nas eliminatórias ela venceu a sua bateria com 40.422, quase 1s de vantagem. Apenas 4 atletas foram cortadas para a semifinal. Na rodada seguinte, Carrington sobrou para vencer a sua semi com 39.561. Nas outras semifinais, vitórias da polonesa Marta Walczykiewicz com 40.619 e da azeri Inna Osypenko-Radomska com 39.803. A brasileira Ana Paula Vergutz foi a 8ª na sua série e não avançou à final B.

Tricampeã mundial dessa prova (2007, 2009 e 2010) antes do do domínio de Carrington, a húngara Natasa Dusev-Janics venceu a Final B. Valendo medalha, as 4 atletas das raias centrais já se destacavam na largada: Carrington, Walczykiewicz, Osypenko-Radomska e a francesa Sarah Guyot. Mas Carrington só aumentava o ritmo e foi abrindo nos últimos 50m para vencer com 39.864, faturando o bicampeonato olímpico.

A polonesa segurou o ataque da azeri e Marta Walczykiewicz garantiu a prata com 40.279 contra 40.401 de Inna Osypenko-Radomska. A francesa foi perdendo força e terminou em 5º, deixando a eslovena Spela Ponomarenko passar para o 4º lugar. A polonesa é a eterna segunda colocada, ficando com a prata nos últimos quatro mundiais vencidos por Carrington. Osypenko-Radomska conquistou sua 5ª medalha olímpica, mas a primeira representando o Azerbaijão. Antes≠Venceu as 4 anteriores pela Ucrânia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s