Jogos Paralímpicos Rio-2016 – Dia 6

Apenas um ouro no dia, que também teve medalha inédita.

Atletismo

Athletics - Men's 4x100m - T11-13 Final

De maneira espetacular, o Brasil venceu o revezamento 4x100m T11-13. Mesmo sem Lucas Prado, que sentiu lesão nas eliminatórias dos 100m alguns dias antes, o Brasil contou com uma equipe fortíssima para vencer com 42.37, novo recorde paralímpico. Fizeram parte da equipe Diogo da Silva, Gustavo Araújo, Daniel Silva e Felipe Gomes. A China foi prata com 43.05 e o Uzbequistão bronze com 43.47.

mateus-evangelista-foto-rio-2016

Mateus Cardoso

Mateus Cardoso foi prata no salto em distância T37 com 6,53m, aficando atrás apenas do chinês Shang Guangxu, com 6,77m, novo recorde mundial. Assim como ocorreu na 1ª final dos Jogos, Odair Santos liderava até a última curva, agora nos 1.500m T11, mas foi ultrapassado pelo queniano Samwel Kimani. O africano fez 4:03.25 contra 4:03.85 do brasileiro. Édson Pinheiro levou a outra medalha do dia no atletismo, com um bronze nos 100m T38 com 11.26. Vitória do chinês Hu Jianwen com excelente 10.74, recorde mundial.

Os 200m T11 feminino fecharam o programa e Terezinha Guilhermina buscava sua 1ª medalha. Mas o inesperado aconteceu e ela queimou a largada. Vitória da britânica Libby Clegg, com 24.51, recorde paralímpico.

Pódio todo americano a final dos 1.500m T54 feminino. Como quase sempre acontece nas provas da T54, a definição é por centímetros. A grande Tatyana McFadden venceu seu 2º ouro no Rio com 3:22.50, contra 3:22.61 de Amanda McGrogy e 3:22.67 de Chelsea McClammer.

Outros campeões do dia:

– 100m T51 masc: Peter Genyn (BEL) com 21.15 (PR)
– 400m T52 masc: Raymond Martin (USA) com 58.42
– 1.500m T20 masc: Michael Brannigan (USA) com 3:51.73
– 1.500m T54 masc: Prawat Wahoram (THA) com 3:00.62
– Lançamento de dardo F46 masc: Devendra (IND) com 63,97m (WR)
– Lançamento de club F32 masc: Maciej Sochal (POL) com 33,91m
– 200m T36 fem: Shi Yiting (CHN) com 28.74
– 400m T20 fem: Breanna Clark (USA) com 57.79
– 400m T37 fem: Georgina Hermitage (GBR) com 1:00.53 (WR)
– Salto em distância T12 fem: Oksana Zubkovska (UKR) com 6,11m
– Arremesso de peso F37 fem: Franziska Liebhardt (GER) com 13,96m (WR)
– Lançamento de dardo F46 fem: Hollie Arnold (GBR) com 43,01m (WR)
– Lançamento de dardo F54 fem: Flora Ugwunwa (NGR) com 20,25m (WR)

Natação

29373489490_72037b6330_k-1-1024x653

Pódio 100m livre S10

O Brasil medalhou em apenas 1 prova e foi com dobradinha. Nos 100m livre S10, André Brasil e Phelipe Rodrigues repetiram a dobradinha de Pequim-2008 e de Londres-2012, mas não nas mesmas posições. Nas duas outras Paralimpíadas, o André foi ouro com prata pro Phelipe. Agora, surgiu um ucraniano chamado Maksym Krypak, que venceu com 51.08. André foi prata com 51.37 e Phelipe foi bronze com 51.48.

Outros campeões do dia:

– 50m livre S3 masc: Huang Wenpan (CHN) com 39.24 (WR)
– 50m livre S9 masc: Matthew Wylie (GBR) com 25.95
– 400m livre S6 masc: Francesco Bocciardo (ITA) com 5:02.15
– 100m costas S8 masc: Zhou Cong (CHN) com 1:02.90 (WR)
– 100m peito SB11 masc: Yang Bozun (CHN) com 1:10.08 (WR)
– 100m peito Sb12 masc: Uladzimir Izotau (BLR) com 1:06.82 (PR)
– 200m medley SM7 masc: Ivgenii Bogodaiko (UKR) com 2:30.72 (WR)
– 50m livre S3 fem: Jo Gi Seong (KOR) com 3:01.67
– 50m livre S9 fem: Michelle Konkoly (USA) com 28.29 (PR)
– 100m livre S10 fem: Aurelie Rivard (CAN) com 59.31 (PR)
– 400m livre S6 fem: Yelyzaveta Mereshko (UKR) com 5:17.01 (PR)
– 100m costas S8 fem: Stephanie Millward (GBR) com 1:13.02 (PR)
– 100m peito SB11 fem: Zhang Xiaotong (CHN) com 1:23.02 (WR)
– 200m medley SM7 fem: Nikita Howarth (NZL) com 2:57.29

Tênis de Mesa

21025692

Bruna Alexandre

Bruna Alexandre, que competiu por vaga nos Jogos Olímpicos, foi bronze na classe 10, conquistando a 1ª medalha do tênis de mesa feminino brasileiro em uma Paralimpíada. Bruna venceu a dinamarquesa Sophie Walloe por 3-0 (11-2 13-11 11-8). Na final, a polonesa Natalia Partyka conquistou o tetracampeonato! Ela derrotou a chinesa Yang Qian por 3-0. Partyka também já disputou 3 Olimpíadas.

Danielle Rauen também fez uma ótima competição nos Jogos na classe 9, mas perdeu a disputa do bronze. Ela abriu 2-0 sobre a polonesa Karolina Pek, mas levou a virada e perdeu por 8-11 8-11 11-9 11-5 11-5. O ouro ficou com a chinesa Liu Meng.

Outros campeões do dia:

– Classe 1 masculina: Rob Davies (GBR)
– Classe 2 masculina: Fabien Lamirault (FRA)
– Classe 4 masculina: Abdullah Ozturk (TUR)
– Classe 8 masculina: Zhao Shuai (CHN)
– Classe 6 feminina: Sandra Paovic (CRO)
– Classe 7 feminina: Kelly van Zaon (NED)

Halterofilismo

1044657-rj_13-09-2016_ffrz-0095

Evanio da Silva

Evanio da Silva conquistou uma inédita medalha de prata pro Brasil no esporte. Na categoria até 88kg, Evanio levantou 105kg e depois conseguiu 210kg para garantir a prata, com a mesma marca do mongol Sodnompoljee Enkhbayar. Mas como o brasileiro é mais leve, levou a prata enquanto o mongol foi bronze. O ouro ficou com Mohammed Khalaf, dos Emirados Árabes Unidos, com 220kg.

Foram dois ouros pro Egito nas outras provas do dia. Randa Mahmoud venceu nos 86kg feminino levantando 130kg, recorde paralímpico. Nos 97kg masculino, ouro para Mohamed Eldib com 237kg, também recorde paralímpico.

Esgrima em CR – Campeã em Londres, Jovane Guissone parou nas 4as na espada masculina categoria B, perdendo de 15-12 para ucraniano. A China levou 3 das 4 provas de espada. No feminino, Zhou Jingjing levou a categoria A e Zou Xufeng venceu na B. No masculino, Sun Gang faturou a categoria A e o bielorrusso Andrei Pranevich levou na B com 15-14 na final sobre iraquiano.

Hipismo – A norueguesa Ann Cathrin Lubbe venceu o adestramento grau III, com 72,878 num pódio nórdico, com prata pra Dinamarca e bronze para Suécia.

Tênis em CR – Na final de duplas de quads, os australianos Dylan Alcott e Heath Davidson viraram sobre os americanos Nick Taylor e David Wagner para levar o ouro com 46 64 75.

Tiro com Arco – Luciano Rezende fez ótima campanha no recurvo masculino, chegando até a semifinal, onde perdeu para tailandês por 6-0. Na disputa do bronze, perdeu de 7-1 para iraniano. Na final, ouro para outro iraniano, Gholamreza Rahimi, que derrotou por por 7-3 o tailandês Hanreuchai Netsiri.

Tiro – A chinesa Zhang Cuiping venceu o rifle 3 posições 50m feminino SH1 com 455.4 na final contra 449,4 da eslovaca Veronika Vadovicova. No rifle de ar 10m deitado misto SH2, ouro para o ucraniano Vasyl Kovalchuk com 211.7 contra 211,2 do sul-coreano Kim Geunsoo.

Embed from Getty Images

Basquete em CR – A equipe feminina do Brasil perdeu de 66-35 para os EUA nas 4as e ficou fora das disputas de medalha. As americanas enfrentam na semi a Grã-Bretanha (57-38 na China). Do outro lado da chave, Alemanha arrasou a França por 76-28 e a Holanda venceu 78-60 o Canadá.

Futebol de 5 – No encerramento da 1ª fase, o Brasil ficou no 0-0 com o Irã e pelo mesmo grupo, Marrocos 1-1 Turquia. Na outra chave, China 0-0 Argentina e Espanha 1-0 México. As semifinais ficaram Brasil x China e Irã x Argentina.

Vôlei Sentado – O Brasil venceu 3-0 a Holanda no feminino e encerrou a 1ª fase invicto sem perder nenhum set. No masculino, um duro jogo com vitória brasileira por 3-1 sobre a Alemanha e a vaga na semifinal.

Medalhas brasileiras por dia:

1º dia: 2 – 1 – 1
2º dia: 1 – 5 – 1
3º dia: 2 – 3 – 3
4º dia: 1 – 2 – 2
5º dia: 3 – 6 – 2
6º dia: 1 – 4 – 3
Total: 10 – 21 – 12

Medalhas brasileiras por esportes:

Atletismo:            7 – 9 – 5
Natação:               2 – 5 – 6
Bocha:                    1 – 1 – 0
Judô:                       0 – 4 – 0
Tênis de Mesa:    0 – 1 – 1
Halterofilismo:   0 – 1 – 0
Total:                     10 – 21 – 12

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s