Rio-2016 – Dia 9

IMG_1474

No domingo do meio dos Jogos, o dia começou no vôlei de praia, com as quartas de final femininas. Acabei perdendo o primeiro jogo, onde as alemãs Ludwig e Walkenhorst, eventuais campeãs, venceram as canadenses Pavan/Bansley por tranquilos 21-14 21-14. O jogo seguinte foi espetacular com as brasileiras Larissa/Talita jogando mal, mas vencendo as suíças Zumkehr/Heidrich por 21-23 27-25 15-13 num jogo muito tenso e que durou 1h10min, algo bem grande para um jogo de vôlei de praia.

De lá, parti pro Engenhão, para uma noite espetacular. No salto triplo feminino, a colombiana Caterina Ibarguen sobrou para vencer com 15,17m e finalmente levar o ouro olímpico. Ela perdeu em Londres e depois ficou quase 4 anos invicta, perdendo pela 1ª vez este ano em junho. Nos 400m masculino, o campeão mundial Wayde van Niekerk deu show. Correu demais tanto que quase desmaiou no final. Venceu com 43.03 e bateu o recorde mundial que durava quase 17 anos! O recorde anterior, de 43.18, era do mito Michael Johnson estabelecido no Mundial de Sevilla em 1999.

P1020594

Bela introdução para os 100m. E dizer o que? Usain Bolt sobrou na prova para levar seu 7º ouro olímpico com 9.81. Deixou para trás seu maior rival, o americano Justin Gatlin, que foi prata com 9.89 e o canadense Andre De Grasse ficou com o bronze com 9.91. Estádio foi abaixo idolatrando o maior velocista da história. Já o vi vencer algumas vezes, como no Mundial de Berlim-2009 e em Londres-2012, mas a vitória no Rio foi a mais icônica.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s