Rio-2016 – Dia 8

Captura de Tela 2016-08-21 às 00.28.13

No sábado, primeiro dia em trabalho, comecei com esgrima, nas preliminares do sabre feminino. Sem muitas opções, tinha comprado porque gosto muito de esgrima e queria ver algo, apesar de depois comprar as finais da espada feminina pro 1º dia dos Jogos. Destaque ficou com as semifinais com Rússia 45-42 na forte equipe americana que tinha Mariel Zagunis e Ucrânia 45-42 na Itália.

Captura de Tela 2016-08-21 às 00.28.47

Saindo da Arena Carioca 3, correndo para a Arena Olímpica, onde assisti a ginástica de trampolim. Show do bielorrusso Uladzislau Hancharou, que venceu na final com 61,745, ficando a frente da dupla chinesa Dong Dong, que defendia o título, com 60,535 e Gao Lei, bronze com 60.175. Acabando a competição, correndo pra ver o Brasil perder da Argentina no basquete no telão, que fica no fundo do Parque Olímpico.

Ainda no pique, parti pro Engenhão para ver 4 finais. No salto em distância, a disputa foi imensa, com os 5 primeiros em certo momento da prova com 1cm de diferença para cada. Na 5ª série, o sul-africano Luvo Manyonga assumiu a ponta da prova com 8,37m, mas na última tentativa, o americano Jeff Henderson fez 8,38m para levar o ouro por 1cm! Bronze pro campeão em Londres, o britânico Greg Rutherford, com 8,29m.

Captura de Tela 2016-08-21 às 00.29.07

Nos 10.000m, mais uma vez Mo Farah brilhou. Ficou boa parte da prova no final do pelotão, depois partiu pra frente e, na última volta, deu aquele seu sprint final característico para vencer o bicampeonato com 27:05.17. No heptatlo, grade surpresa com a vitória da belga Nafissatou Thiam com 6810 pontos, melhor marca do mundo em 2016. A belga foi a melhor em 3 provas (salto em altura, arremesso de peso e salto em distância) e contou com uma prova ruim de Jessica Ennis no dardo. Ennis tinha que tirar 142 pontos nos 800m, mas tirou apenas 107 e o ouro ficou com a belga. Completou o pódio a canadense Brianne Theisen-Eaton com 6653, a esposa do Ashton Eaton.

Na principal prova da noite, show da jamaicana Elaine Thompson! Favorita, Thompson venceu a prova mais rápida com 10.71, abrindo nos 20m finais. Prata para a americana Torie Bowie com 10.83 e bronze para a jamaicana Shelly-Ann Fraser-Pryce com 10.86, que buscava o tricampeonato da prova.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s