Rio-2016 – Dia 1

Começou! No meu primeiro (e único) dia de folga como voluntário, aproveitei para ir ao Parque Olímpico.

Eu no Rio-2016

Primeiro dia de Jogos, é normal que as coisas estejam um pouco confusas, pois por mais que façam vários eventos-testes, só quando começa com tudo acontecendo e com a presença maciça de público, que a organização vai ver as falhas. E ontem foram algumas. Filas imensas na entrada do Parque, que levavam mais que uma hora. Eu precisava retirar um ingresso na bilheteria (que estava bem tranquila), então fui e descobri que a outra entrada pro Parque, a Oeste, estava vazia (fica a dica pra quem for!!). Ainda assim, cheguei atrasado para a 1ª subdivisão da ginástica masculina. Já haviam rolado duas rotações e perdi a apresentação do Zanetti nas argolas. Ainda assim, cheguei para ver a do grego.


O Brasil foi muito bem e contou com um dia ruim do Japão. Os japoneses ficaram apenas 1,2 ponto na nossa frente e, após os 3 grupos do dia, o Brasil terminou num ótimo 6º lugar por equipes, Sérgio Sasaki e Arthur Nory se classificaram para a final do individual geral e ainda conquistamos 3 vagas nas finais por aparelho! Zanetti nas argolas, Diego Hypolito numa ótima prova de solo e Francisco Barretto Jr numa surpreendente apresentação na barra fixa!


Depois foi a hora de um jogo de basquete entre Austrália e França, na 1ª partida masculina dos Jogos. Jogo ok, onde a Austrália dominou a França, que nem com uma ótima atuação de Tony Parker conseguiu segurar. Nem vi o final do jogo, pois estava acompanhando pelo celular a sensacional final do tiro!


Fim do jogo, corre para a Arena Carioca 3 ver as finais da espada feminina! Após duas boas semifinais e um bronze da chinesa, uma final espetacular entre a italiana Rossella Fiamingo e a húngara Emese Szasz. Fiamingo chegou a abrir 4 pontos e ter 11-7, mas bobeou, abriu a guarda e achou que estava ganho. Levou a virada e perdeu por 15-13. Bela vitória da húngara.


Aí segui para o Riocentro para o levantamento de peso, 48kg feminino. A tailandesa sobrou na prova e só entrou no arranco depois que todas tinham acabada. Sopita Tanasan venceu com 200kg, 8kg a mais que a atleta da Indonésia. Legal o bronze pra japonesa, que ganhou o público com sua alegria. Ao garantir o bronze, ela abraçou os pesos e deu um beijo neles.

Pelo Rio

Que final da pistola de ar 10m! Felipe Wu estava muito concentrado e brilhou na final. Fez grande duelo contra o vietnamita Hoang Xuan Vinh. No último tiro, Wu liderava por 0,2, mas fez um 10,1. O vietnamita demorou para atirar, mas conseguiu um excepcional 10,7 e ficou com o ouro. Primeira medalha pro tiro brasileiro em Olimpidas desde 1920!!

Belas vitórias nos coletivos. O handebol feminino venceu a super Noruega por 31-28, no polo aquático masculino vitória muito importante de 9-8 sobre a Austrália e no futebol feminino, o Brasil goleou a Suécia por 5-1.

O basquete feminino estava bem parelho contra a Austrália, mas fez um péssimo 4º quarto e perdeu de 84-66. No rugby feminino, duas goleadas. Brasil perdeu de 29-3 da Grã-Bretanha e de 38-0 do Canadá. 

No tiro com arco, a equipe masculino perdeu na estreia de 4-1 pra a China. Michel Borges e Juan Nogueira venceram nas estreia do boxe nas categoria até 91kg e acima de 91kg e estão nas 8as.

Depois de ambos brilharem em Londres, Sarah Menzes e Felipe Kitadai perderam nas 4as e depois na repescagem no judô, ficando em 7º lugar.

Nas piscinas, Felipe França dez 59.01 nas eliminatórias dos 100m peito e bateu o recorde sul-americano. Na semi, ele é João Gomes passaram em 6º e 7º respectivamente para a final!

Lin Gui venceu espanhola na preliminare, mas perdeu para romena na 1º rodada do tênis de mesa. Caroline Kumahara perdeu pra mesatenista de Luxemburgo na preliminar.

Outros destaques dos Jogos forma os recordes mundiais de Adam Peaty nas eliminatórias dos 100m peito com 57.55! Na final dos 400m medley, Katinka Hosszu sobrou para vencer com 4:26.36, batendo o recorde mundial. Nas eliminatórias ela ficou a 0.15 da marca! E no 4x100m livre feminino, irmãs Campbell brilharam para fechar a prova, vencendo o ouro com recorde mundial de 3:30.65.

O primeiro ouro dos Jogos foi no rifle de ar 10m feminino, onde a americana Virgínia Thrashet deixou as chinesas pra trás e surpreendeu com o ouro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s