Prévias Rio-2016: Nado Sincronizado

Dueto feminino

Pódio em Londres-2012: Ouro – Natalia Ishchenko/Svetlana Romashina (RUS); Prata – Ona Carbonell/Andrea Fuentes (ESP); Bronze – Huang Xuechen/Liu Ou (CHN)

Último Mundial (2015): Ouro – Natalia Ishchenko/Svetlana Romashina (RUS); Prata – Huang Xuechen/Liu Ou (CHN); Bronze – Lolita Ananasova/Anna Voloshyna (UKR)

natalia-ishchenko-and-svetlana-romashina

Natalia Ishchenko e Svetlana Romashina (RUS)

Nada mais certo que um ouro russo para o dueto formado por Natalia Ishchenko (3O) e Svetlana Romashina (3O). Praticamente imbatíveis, as russas são muito superiores e jamais foram derrotadas. Cada uma tem 19 ouros mundiais na carreira e um currículo inigualável. Desde Sydney-2000, a Rússia venceu todas as provas de dueto, o mesmo acontece em Mundiais desde 2003. Nada mais lógico que um ouro russo.

A Espanha foi prata por muito tempo, mas caiu nos últimos anos. Levaram a prata em Londres com Ona Carbonell (1P-1B) e Andrea Fuentes (3P-1B), mas Carbonell e Paula Klamburg ficaram apenas em 5º no Mundial de Kazan. Para voltar ao pódio, a Espanha aposta no retorno de Gemma Mengual (2P) ao lado de Carbonell, o que podem colocá-las novamente entre as melhores. Mas a China, prata nos últimos 3 Mundiais, quer subir de degrau em relação a Londres. Um pouco atrás, brigam pelo bronze Ucrânia e Japão. As ucranianas foram bronze no Mundial no dueto livre, mas o Japão levou o bronze no dueto técnico.

E o Brasil? Luisa Borges e Maria Eduarda Micucci foram finalistas no Mundial no dueto livre, com o 12º lugar, e tem chances de repetirem o feito no Rio. Devem ficar entre o 10º e o 12º lugar, brigando com México, EUA e Áustria.

Meu Pódio: Ouro – Rússia; Prata – China; Bronze – Espanha

Equipe feminina

Pódio em Londres-2012: Ouro – Rússia; Prata – China; Bronze – Espanha

Último Mundial: Ouro – Rússia; Prata – China; Bronze – Japão

oly_g_synchronized-swim_mb_576

Rússia

Novamente, a Rússia deve sobrar e levar o ouro com tranquilidade. Campeã das últimas 4 Olimpíadas e dos últimos 9 Mundiais, a coreografia e a técnica russa são muito acima do resto e mais um ouro virá. Prata nos Mundiais de 2011 e 2015, a China vem como a 2ª força e será prata, pouco atrás das russas.

Na disputa do bronze, Japão e Ucrânia duelam por centésimos e o bronze será decidido no detalhe. A Espanha não classificou sua equipe e não poderá defender a sua prata de quatro anos atrás. A Itália deve ficar em 5º lugar e o Brasil será 6º, tentando passar as italianas, mas a distância ainda é grande. Austrália e Egito completam a disputa e brigam para não ficar em último.

E o Brasil? A equipe brasileira foi 11ª colocada no Mundial na rotina livre e na técnica e vai terminar em 6º lugar, atrás da Itália e a frente de Egito e Austrália. O objetivo é voltar a ter notas acima de 90, algo ainda um pouco longe do poder da equipe.

Meu Pódio: Ouro – Rússia; Prata – China; Bronze – Ucrânia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s