Prévias Rio-2016: Pólo Aquático

Masculino

Pódio em Londres-2012: Ouro – Croácia; Prata – Itália; Bronze – Sérvia

Último Mundial (2015): Ouro – Sérvia; Prata – Croácia; Bronze – Grécia

image

Sérvia após título europeu em 2016

Difícil não colocar a Sérvia como grande favorita. Ela venceu praticamente tudo que disputou desde os Jogos de Londres. Nesse ínterim, foram um título mundial (2015), dois títulos europeus (2014 e 2016), uma Copa do Mundo (2014), e quatro Ligas Mundiais (2013, 14, 15 e 16). Apesar disso, a Sérvia nunca venceu uma Olimpíada, nem como Iugoslávia. Liderados por Andrija Prlainovic (2B), eleito melhor jogador do último Europeu, e Dusko Pijetlovic (2B), melhor jogador do último Mundial, a Sérvia deve levar o ouro, já que te vencido seus jogos recentes com tranquilidade. Este ano, venceu o Europeu com 7 vitórias, incluindo um 10-8 em Montenegro na final. Na Liga Mundial, foi ouro com 10-6 sobre os americanos.

Atual campeã olímpica, a Croácia foi vice-campeã mundial em 2015 (foram 4 pódios seguidos em mundiais), mas tem fracassado nos últimos europeus, sem subir ao pódio desde 2010, quando venceu. Apesar disso, é presença constante em pódios e deve subir novamente em um no Rio. Montenegro, que veio da Iugoslávia, é outra equipe que vai brigar por pódio com força. Prata no Mundial de 2013, são os atuais vice-campeões europeus e tem grandes chances de fazerem um final clássica contra a Sérvia.

A Grécia foi bronze no último Mundial e na Liga Mundial há algumas semanas, mas corre por fora, assim como os EUA, prata na Liga Mundial 2016, mas que não sobem em um pódio de Mundial/Olimpíada desde 2008. A Hungria é a maior campeã olímpica da história, com nada menos que 9 ouros na história, sendo o tricampeonato em 2000, 2004 e 2008. Campeões mundiais em 2013, subiram ao pódio nos últimos 3 europeus. Tem força e uma tradição espetacular, mas não estão hoje no mesmo nível de Sérvia, Croácia e Montenegro, mas podem surpreender sim. Prata em Londres e campeões mundiais em 2011, a Itália pode atrapalhar o planos dos favoritos. Completam a disputa Espanha, Austrália, Japão, França e Brasil.

E o Brasil? A equipe brasileira evoluiu muito nos últimos anos. Com o técnico croata multicampeão Ratko Rudic, o Brasil entrou para o grupo das melhores equipes do mundo, mas ainda está um pouco abaixo. O bronze na Liga Mundial de 2015 mostrou isso, mas depois não embalou. Foi bem mal no Mundial de Kazan, ficando em 10º, perdeu os Jogos Pan-Americano para os americanos e este ano terminou em 7º na Liga Mundial, sem convencer. Liderados por Felipe Perrone, o Brasil tem perdido para os adversários diretos nos Jogos. Está no Grupo A, com Sérvia, Grécia, Austrália, Japão e Hungria e precisará vencer 2 jogos para avançar. Chegando às 4as, terá um jogo decisivo, mas hoje não briga mais por pódio.

Meu Pódio: Ouro – Sérvia; Prata – Croácia; Bronze – Montenegro

Feminino

Pódio em Londres-2012: Ouro – EUA, Prata – Espanha; Bronze – Austrália

Último Mundial: Ouro – EUA; Prata – Holanda; Bronze – Itália

 

82c738ffe43c523f

EUA x Austrália em Londres-2012

As favoritas são, sem dúvida, as americanas. Atuais campeãs olímpicas e mundiais, as americanas subiram ao pódio em todas as 4 edições olímpicas do pólo feminino. Foram 4 finais seguidas de Mundiais, entre 2003 e 2009 e voltaram ao pódio em 2015, com o ouro. Venceram as últimas 3 Ligas Mundiais e 2 Copas do Mundo, somando também 4 ouros em Jogos Pan-Americanos. Em Londres, venceram a Espanha na final por 8-5 e no último mundial fizeram 5-4 na Holanda.

A Espanha surpreendeu em casa em 2013 com o título mundial, em Barcelona, além de levar o título europeu em 2014. Vem também bem com a prata na Liga Mundial este ano, mas foi apenas 4ª colocada no Europeu. A Hungria bateu na trave nas últimas 2 Olimpíadas, em 4º lugar, mas foi bronze no mundial de 2013 e levou o europeu este ano, podendo surpreender. Itália e Austrália correm por fora. Completam o torneio China, Rússia e Brasil. A grande ausência dos Jogos é a Holanda, que não se classificou no pré-olímpico mundial ao perder nas 4as para a Espanha.

E o Brasil? A equipe brasileira feminina é bem inferior às demais. Deve perder todos os seus jogos e terminar em último. Na primeira fase, tem Itália, Rússia e Austrália, mas deve ficar em 4º e pegar nas 4as as temidas americanas, de quem tem levado surras nos últimos anos.

Meu Pódio: Ouro – EUA; Prata – Hungria; Bronze – Espanha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s