Perfil 2016: Teddy Riner (FRA)

33/75

Teddy Riner

Judô

Acima de 100kg

Jogos Olímpicos: 1 ouro, 1 bronze

Mundiais: 8 ouros

 

 

É impossível falar de judô hoje e não falar de Teddy Riner, aquele que não sabe o que é perder.

Riner nasceu em 1989 na ilha de Guadalupe, território francês no Caribe, durante as férias d família. Criado em Paris, praticou futebol, tênis e basquete, mas optou pelo judô, pois é um esporte individual e depende apenas dele mesmo.

Em 2006, Riner surgiu no esporte ao vencer o Europeu e o Mundial na categoria juvenil. Em 2007, seu primeiro título importante foi o Europeu adulto em Belgrado um dia após completar 18 anos. Em setembro, no Rio de Janeiro, Riner derrotou na final da categoria acima de 100kg o russo Tamerlan Tmenov para faturar seu 1º título mundial. Na semifinal, derrotou o grande japonês Kosei Inoue e se tornou o mais jovem campeão mundial adulto da história. Chegou já como um dos nomes da categoria em Pequim para a disputa olímpica. Venceu duas lutas, mas nas quartas foi derrotado no golden score para o uzbeque Abdullo Tangriev numa decisão bem polêmica. Na respecagem voltou para vencer 3 lutas e conquistar a medalha de bronze. Em dezembro de 2008, no Mundial Aberto, derrotou por yuko o russo Aleksandr Mikhailine e se tornou campeão mundial.

Em 2009, faturou seu 2º mundial na sua categoria de peso (3º no geral) em Roterdã, ao derrotar na final o cubano Oscar Brayson por yuko. Riner disputou 4 competições na sua categoria em 2010 e venceu 4 ouros. Nas 8as da Copa do Mundo em Lisboa sofreu um raro golpe do georgiano Aleksandre Mskhaladze. Na semifinal do Mundial, levou duas punições e ficou com um yuko contra, apesar de vencer. Foi a última vez que ele tomou uma pontuação. Na final, venceu o alemão Andreas Tölzer e foi ouro no Mundial. Dias depois, disputou a categoria aberta no Mundial. Apõs uma dura luta com o japonês Daiki Kamikawa, perdeu na bandeirada por 2-1. Ele se recusou a cumprimentar o japonês alegando que foi roubado. Foi a última derrota do francês na carreira.

Em 2011, venceu o Masters de Baku, o Grand Slam de Paris, o Europeu e o Mundial. Em 20 lutas que disputou, venceu 17 por ippon. Na preparação olímpica de 2012, venceu o Gand Slam de Paris com ippon sobre o brasileiro Rafael Silva na final e a Copa do Mundo de Lisboa. Nos Jogos Olímpicos, começou vencendo polonês que levou 3 shidos, passou por tunisiano, cubano e coreano até venecr por waza-ari na final o russo Alexander Mikhaylin e finalmente levar seu ouro olímpico.

Em 2013, mais 3 vitórias, no Grand Slam de Paris, no Europeu e o 5º título Mundial seguido na sua categoria. Na final, venceu Rafael Silva no Rio de Janeiro por ippon. Em 2014, faturou seu 4º título europeu e no Mundial derrotou por shido na final o japonês Ryu Shichinohe para levar o 7º Mundial no total. No ano seguinte, faturou o Masters no Marrocos e derrotou na final do Mundial novamente Shichinohe chegando ao incrível recorde de 8 ouros mundiais. Disputou ainda alguns torneio menos, vencendo o GP de Qingdao e de Jeju.

Este ano venceu o GP de Samsun e o título europeu com 4 ippons. Riner, que tem apenas 27 anos, segue sem adversários e só perde o ouro olímpico no Rio com algum desastre.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s