Perfil 2016 – Charlotte Dujardin (GBR)

olympicsday13equestrianlv1jquqo_4zl

27/75

Charlotte Dujardin

Hipismo Adestramento

Jogos Olímpicos: 2 ouros

Mundiais: 2 ouros, 1 prata

 

Montando Valegro, a britânica Charlotte Dujardin é quase imbatível no adestramento na atualidade.

Nascida em 1985 na Grande Londres, começou a montar cavalos aos 2 anos, levando de volta os cavalos de saltos da irmã mais velha. Aos 3 anos, foi 2ª colocada em sua primeira competição de saltos. Com 16 anos, Dujardin já havia vencido o Horse of the Year Show, tradicional evento britânico, 4 vezes.

Em 2007, voltou suas atenções ao adestramento. Em 2011, ela começou a montar Valegro, para treiná-lo para o cavaleiro Carl Hester, mas a dupla foi tão perfeita que a parceria ficou. Em sua 1ª competição juntos no ano, venceram. No Europeu de Adestramento em Roterdã, Dujardin foi ouro por equipes, mas foi apenas 6ª no Grand Prix Especial com 76,548%. Neste mesmo ano, venceram a Copa do Mundo em Londres batendo o recorde mundial para um Grand Prix Especial com 88,022%.

charlotte-dujardin-valegro-img_7625

Em 2012, chegou como forte candidata em casa para os Jogos de Londres e não decepcionou. Dominou as 3 etapas do adestramento, com 83,663% no GP, 83,268% no Grand Prix Especial e excepcionais 90,089% no Grand Prix Estilo Livre, a final olímpica. Ajudou a excelente equipe britânica a ficar com o ouro por equipe e saiu coroada de Londres.

Em 2013, sobrou no Europeu de Adestramento, com ouro no GP Especial com 85,699% e no GP Livre com 91,250%! Foi bronze por equipes e no final do ano foi condecorada com a Ordem do Império Britânico. Em 2014, brilhou mais uma vez, agora nos Jogos Equestres, onde levou os dois ouros individuais em jogo, com 86,120% no Especial e 92,161% no Estilo Livre! Por equipe, uma prata, sempre atrás da fortíssima equipe alemã. No mesmo ano venceu pela primeira vez a Copa do Mundo. No vídeo, a apresentação do recorde mundial de 94,300% de Dujardin e Valegro em Londres em 2014.

Em abril de 2015, venceu mais uma vez a Copa do Mundo, agora com a pontuação monstruosa de 94,169%. Em agosto, mais dois ouros no Europeu e uma prata por equipes, agora atrás da Holanda.

Valegro parece flutuar e é um dos cavalos mais excepcionais para a modalidade, o que faz com que a dupla atinja notas nunca antes alcançadas por ninguém. Favoritíssimos ao ouro, Dujardin deve levar o bicampeonato e tem tudo para em Tóquio igualar o feito da holandesa Anky van Grunsven, tricampeã de 2000 a 2008.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s