Perfil 2016 – Las Leonas (ARG)

18/75

Las Leonas

Hóquei na Grama Feminino

Jogos Olímpicos: 2 pratas e 2 bronzes

Copas do Mundo: 2 ouros, 3 pratas e 3 bronzes

Perto do inexistente no Brasil, o hóquei na grama é adorado na Argentina e a equipe feminina, conhecida como Las Leonas, é uma das melhores do mundo e busca o inédito ouro olímpico.

No pódio olímpico desde Sydney-2000, a Argentina foi prata na Austrália, bronze em Atenas e Pequim e perdeu novamente na final nos Jogos de Londres.         No pódio de todas as competiç~eos que disputou neste ciclo olímpico, chegará ao Rio como a equipe favorita no hóquei feminino.

O maior nome da equipe é o mito Luciana Aymar. Com quase 400 jogos pela seleção e 162 gols, Aymar se aposentou após a Copa do Mundo de 2014. Foi eleita 8 vezes a melhor jogadora do ano pela Federação Internacional e carregou a bandeira argentina na abertura dos Jogos de Londres. Com enorme habilidade, La Maga é comparada em momentos com Diego Maradona e sua importância foi tão grande que a camisa 8 utilizada por ela foi aposentada não-oficialmente. É a única jogadora presente nas 4 conquistas olímpicas e considerada um dos maiores mitos do esporte mundial.

A equipe venceu a Copa do Mundo, que equivale ao Mundial do esporte, em 2002 na Austrália e em 2010, na Argentina. Foi ainda bronze em 2006 e em 2014, repetindo os 4 pódios seguidos das Olimpíadas. Na Liga Mundial, competição mais recente da FIH, venceu em 2015 com 5-1 na final sobre a Nova Zelândia. No Troféu dos Campeões, que é disputada agora a cada 2 anos, esteve na final das últimas 7 edições, conquistando 5, incluindo em 2012 e 2014, ambas disputadas na Argentina.

untitled

Nas Américas, seu domínio segue com títulos em todas as 4 edições da Copa Pan-Americana e 6 ouros seguidos nos Jogos Pan-Americanos. O domínio no Pan foi quebrado em 2011., quando foram surpreendidas pelas americanas na final por 4-2. Em Toronto-2015 perderam novamente para as americanas na final por 2-1. A tradição argentina segue em torneios juvenis, com prata nas Copas do Mundo de 2009 e 2013.

Sem Aymar, a equipe é liderada pela capitã Carla Rebecchi, presente nas duas últimas Olimpíadas e na conquista do Mundial de 2010. Aos 31 anos é uma das mais velhas e experientes da equipe, ao lado de Noel Barrionuevo, com currículo semelhante ao de Rebecchi. A equipe é dirigida desde 2005 pelo técnico Gabriel Minadeo, que esteve em 3 Olimpíadas como jogador.

Las Leonas fazems eu jogo de estreia nos Jogos no dia 6 de agosto às 17:00 contra as americanas, na reedição das finais dos dois últimos Pans. Enfrentarão também, nesta ordem, Japão, Grã-Bretanha, Austrália e Índia. Em Londres-2012, elas se classificaram em 1º no grupo e eliminaram as britânicas em casa na semifinal. Na grande final, derrota no final por 2-0 para a Holanda, atual bicampeã olímpica.

Com esse enorme histórico e com uma torcida argentina que deve ir em peso a Deodoro, será a grande chance de finalmente vir o inédito ouro olímpico.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s