Ginástica Rítmica mostra evolução

Foto: CBG

Na Copa do Mundo de Guadalajara (na Espanha, não no México), a equipe brasileira de ginástica rítmica mostrou uma boa evolução e começa a dar esperança de bons resultados no Rio-2016.

Na qualificação, o grupo ficou em 7º e último nas 5 fitas com 16,500 e na apresentação de maças e arco foi 5º colocado com 17.150, empatando com o Azerbaijão e ficando a frente da Ucrânia. No geral, o Brasil ficou em 7º e último com 33,650. Mas mais que a colocação em si, o importante é ressaltar as notas. No Mundial do ano passado, o Brasil foi 16º com 31,941. Esta nota do último fim de semana colocaria o Brasil em 8º no Mundial! Nas finais por aparelho, o Brasil piorou ambas as notas, tirando 15,850 na final de fitas e 17,050 na final de maças e arco.

Das 6 outras equipes que disputaram a prova, 5 estarão no Rio-2016. A competição olímpica, claro, será de um nível altíssimo, com 14 equipes, sendo 9 europeias, 3 asiáticas, Brasil e EUA. O Brasil sonha com a vaga na final, precisando ficar entre as 8 melhores. Difícil, mas as coisas aparentam ser um pouco menos difíceis que o esperado.

Na disputa individual, Natalia Gaudio foi 32ª no arco com 14,900, 28ª na bola com 15,050, 23ª nas maças com 16,200 e 18ª na fita com 16,800. No geral, somando 62,950 terminou em 26º lugar entre 35 ginastas. Em comparação com o Mundial, Natalia melhorou em mais de 1 ponto sua apresentação na fita e 0,7 nas maças, piorando 0,6 no arco e mantendo praticamente constante na bola. A vaga na final olímpica é algo quase impossível, pois avançam apenas 10 ginastas das 26 que competem, mas um top16 já seria um belo resultado para ela.

Quem dominou a etapa foi a russa Margarita Mamun, vencendo o individual geral e as finais do arco, das maças e da fita. O título da bola foi para outra russa, Aleksandra Soldatova. N os grupos, vitória da Espanha no geral, mas a Bielorrússia levou as duas finais por aparelho.

Esta foi a 3ª etapa da Copa do Mundo que as brasileiras participaram. Agora, elas retornam ao Brasil, mas volta à Europa no fim do mês para mais torneios.

Anúncios

Um pensamento sobre “Ginástica Rítmica mostra evolução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s