Vôlei olímpico começa a tomar forma

O ano começou animado no vôlei, com 6 torneios pré-olímpicos pelo mundo logo na primeira semana de 2016.

No feminino, Rússia e Estados Unidos se classificaram deixando o torneio olímpico feminino muito forte, ainda com apenas metade das vagas definida. No pré-olímpico europeu, em Ancara, as russas venceram seus 5 jogos e garantindo a vaga olímpica com um 3-1 sobre a surpresa Holanda na final, com 24 pontos de Obmochaeva e 23 da Kosheleva. Fora do pódio olímpico desde 2004 (quando eliminaram o Brasil naquela semifinal inesquecível), as russas são uma enorme pedra no sapato brasileiro, nos derrotando nas finais dos mundiais de 2006 e 2010.

Já as americanas sobraram no pré-olímpico da NORCECA, jogando em casa. Na partida final, que valia a vaga, tranquilos 3-0 sobre a República Dominicana. As americanas são as atuais campeãs mundiais e temos sofrido demais nos jogos contra elas. Mas quem esquecem a final olímpica de Londres?

Também jogando em casa, a Argentina venceu seus 4 jogos perdendo apenas 1 set para levar a vaga sul-americana. Na última rodada, tranquilos 3-0 no Peru.

Rússia classificada no masculino. Foto: CEV

Entre os homens, a principal equipe a se garantir no Rio-2016 foi a Rússia. No fortíssimo pré-olímpico europeu, na Alemanha, os russos venceram por 3-1 na final a nova força do continente, os atuais campeões da Liga Mundial, a França. Atuais campeões olímpicos, os russos estiveram nos últimos 4 pódios olímpicos. Na final de Londres, salvaram dois match points brasileiros para virar a partida.

Surpresa veio na América do Norte, onde o Canadá jogava em casa como favorito, mas perdeu na última partida por 3-0 para Cuba, que volta aos Jogos após 16 anos! Num jogo disputadíssimo, o Egito venceu a Tunísia por 3-2 com 16-14 no 5º para faturar a vaga africana. Em 3 participações olímpicas, os egípcios jamais venceram um jogo em 15 disputados.

Foram (praticamente) definidos também os pré-olímpicos mundiais, que definirão as últimas 5 vagas por gênero. No torneio asiático, 8 equipes (sendo 4 da Ásia) disputam 4 vagas, que irão para o melhor asiático e para os 3 seguintes. Um torneio de 4 equipes, de nível mais baixo, dará a última vaga, que pode ir para um país bem mais fraco. Seguem os grupos:

Masculino

Pré-olímpico Mundial: Austrália, China, Irã, Japão, Canadá, França, Polônia e Venezuela

Pré-olímpico intercontinental: Argélia, Chile, México e Tunísia.

Feminino

Pré-olímpico Mundial: Japão, Cazaquistão, Coreia do Sul, Tailândia, República Dominicana, Holanda, Peru e Itália

Pré-olímpico intercontinental: Colômbia, Porto Rico e mais 2 equipes africanas (pré-olímpico será em fevereiro)

Vale ressaltar que Sérvia e Bulgária no masculino e Turquia no feminino não tem mais como se classificar.

Classificados para o vôlei no Rio-2016:

Masculino: Brasil, EUA, Itália, Argentina, Rússia, Egito e Cuba

Feminino: Brasil, China, Sérvia, Rússia, Argentina e EUA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s