Resumo do fim de semana

Rugby

Foto: World Rugby

Começou a temporada da da World Series de Rugby, tanto no masculino como no feminino, ambos começando em Dubai. O Brasil disputou o torneio feminino, mas levou 3 goleadas na fase de grupos: 25-5 para a França, 36-5 para a Nova Zelândia e 41-0 pra Rússia. Na disputa do bowl, venceu 29-7 a Irlanda e perdeu 13-0 para o Japão, terminando em 10º lugar. O título foi para a Austrália, com 31-12 na final contra a Rússia. A Nova Zelândia, que vencia tudo, terminou em 5º.

No masculino, Fiji atropelou quase todo mundo para levar o título com 28-17 na final contra a Inglaterra. O próximo torneio feminino será apenas em fevereiro, em Barueri, enquanto os homens voltam a jogar neste fim de semana na Cidade do Cabo.

Esgrima

Nathalie Moellhausen foi novamente o destaque do Brasil no GP de Doha. Ela se classificou diretamente para a chave final, por estar entre as 16 melhores do mundo! Nathalie venceu na estreia 15-7 francesa, depois fez 14-13 em estoniana até perder nas 8as para a número 1 do mundo, a chinesa Anqi Xu por 15-10. Somando mais 12 pontos, Nathalie é hoje a 12ª do mundo na espada feminina! Emese Takacs foi a 90ª e Katherine Miller 91ª, também pontuando pro ranking mundial. Entre os homens, Athos Schwantes terminou em 85º, também pontuando.

Ciclismo Pista

Gideoni na disputa de uma das provas da Omnium. Foto: UCI/Divulgação

4 brasileiros disputaram a Copa do Mundo de pista na Nova Zelândia.

Gideoni Monteiro começou bem na disputa da Onmnium. Foi 5º na Scratch, 10º na perseguição e 7º na corrida de eliminação, mas obteve tempos fracos no contra relógio e volta lançada (19º em ambas), despencando. Ele terminou a competição na 13ª posição com 98 pontos.

Nas provas de velocidade, o Brasil foi 16º no sprint por equipes masculino com 45.377. No sprint, Kácio Freitas foi apenas o 39º com 10.319. Na Keirin, Flávio Cipriano foi 2º na sua bateria da 1ª rodada. Na repescagem acabou em 3º e não avançou. A 3ª e última etapa será em janeiro em Hong Kong.

Judô

Maria Portela no pódio. Foto: IJF

Depois de derrotas precoces no ano, Sarah Menezes voltou a subir no pódio! No fortíssimo Grand Slam de Tóquio, ela ficou com o bronze nos 48kg, após perder na semifinal para a japonesa Haruna Asami e vencer espanhola na disputa do bronze. Nos 70kg, Maria Portela foi um surpreendente bronze, com destaque para sua vitória nas 4as sobre a japonesa Karen Nun Ira.

Felipe Kitadai (60kg) e Rafaela Silva (57kg) terminaram em 5º, perdendo a disputa do bronze, e David Moura (+100kg), Nathalia Brígida (48kg) e Mayra Aguiar (78kg) ficaram em 7º. O Japão arrasou, com 11 ouros e 5 pratas em 14 categorias!

Outros Esportes:

Paulo Roberto de Paula foi 6º na maratona de Fukuoka com ótimos 2:11:02, se tornando o 7º a obter o índice olímpico da prova o masculino. Ele assume o 2º lugar do ranking brasileiro e estaria classificado pro Rio-2016 com o Marilson dos Santos e o Solonei da Silva.

Iris Tang Sing foi a única brasileira na final do GP de taekwondo no México, perdendo logo na estreia nas 4as para francesa por 1-0. Apesar disso, Iris se garantiu no Rio2016 por estar entre as 6 primeiras do ranking mundial na categoria 49kg.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s