Resumo do fim de semana

Vela

Mais dois Mundiais das classes olímpicas. Na Copa de Ouro da Classe Finn na Nova Zelândia, que equivale ao Mundial, Jorge Zarif começou mal, mas foi melhorando ao decorrer das regatas, o que o colocou com chances matemáticas de medalha na Regata final. Ele chegou em 5º na Medal Race e terminou o Mundial na ótima 7ª colocação. Em 2013, ele se tornou campeão mundial adulto e juvenil no mesmo ano, mas em 2014 foi apenas o 38º, já sem o seu técnico espanhol Rafael Trujillo. Com a volta do espanhol, a melhora já foi visível. O título ficou com o britânico Giles Scott, que dominou de maneira incontestável, já garantindo o título com duas regatas de antecedência.

Em Omã, o Mundial de Laser Radial, para as meninas. Fernanda Decnop, que será a representante brasileira nos Jogos do Rio, foi muito mal, terminando em 63ª, sequer se classificando para a flotilha de ouro. Ela ficou atrás até de outra brasileira, Odile Ginaid, em 56ª. O título ficou com a dinamarquesa Anne-Marie Rindom que empatou com a holandesa Marit Bouwmeester, mas venceu nos critérios de desempate.

Eventos Teste

3 eventos agitaram o Rio nesta semana que passou.

Em Deodoro, o Brasil venceu o torneio amistoso de hóquei na grama masculino. Começou empatando em 1-1- com Trinidad & Tobago, depois 2-0 no México e 2-0 no Chile. Na final, novamente com o Chile, empate em 2-2, mas vitória brasileira nas penalidades por 3-2. 2º título brasileiro no ano! No feminino, foi bem diferente. Com nenhuma vitória na campanha, o Brasil terminou em 4º e último. Título de Barbados com 3-0 no Peru na final.

Ali do lado, o evento teste de canoagem slalom levou muitos dos melhores do mundo às corredeiras cariocas, com vários medalhistas olímpicos e mundiais. Ana Sátila foi a única brasileira a chegar na final, terminando em 6º lugar no K1, quando acabou perdendo uma das portas. Prata no C1 em Pequim e prata no C2 em Londres, o britânico David Florence faturou o C1, prova que foi campeão mundial este ano.

Lin Dan. Foto: Pedro Martins/BWF

No Riocentro, o maior nome do evento-teste de badminton foi o atual bicampeão olímpico Dan Lin, que faturou o título no individual masculino com 21-13 21-17 sobre o espanhol Pablo Abian, campeão dos Jogos Europeus. A China dominou por completo, levando todos os títulos e ainda mais duas pratas e 3 bronzes, mesmo sem sua equipe principal. A melhor participação brasileira foi no feminino, com Lohaynny Vicente chegando às quartas de final, quando perdeu para chinesa Shen Yaying, que foi campeã.

Outros Esportes

– 3 brasileiros chegaram à chave final do GP de florete em Turim no masculino. Todos perderam na 1ª rodada. Guilherme Toldo foi 41º, Ghislain Perrier 49º e Henrique Marques 61º. No feminino, Taís Rochel foi a melhor em 83ª.

Gabriela Cé conquistou seu maior título da carreira no tênis com a vitória nas duplas no torneio WTA125 de Carlsbad, ao lado da paraguaia Veronica Cepede Royg. Com o título, ela subiu mais de 60 posições no ranking de duplas, indo para 151º.

– No GP de lutas em Baku, Aline Ferreira foi a melhor em 7ª nos 75kg. Joice Silva foi a 12ª nos 58kg e Giulia Penalber 13ª nos 53kg.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s