Diário de um Voluntário no Evento-Teste – Dia 2

O evento não poderia ter um nome mais apropriado: Aquece Rio. Se bem que o “aquece” foi pouco para esta quinta-feira. Talvez, “ferva” ou “derreta” fossem mais apropriados. Um calor digno de verão de Rio de Janeiro assolou o Sambódromo e promete continuar nos próximos dias.

IMG_8569

Placar com o Cristo Redentor ao fundo. Foto: Acervo pessoal

O dia começou parecido com o anterior, chegando no local de competição as 7 da manhã. Desta vez fiquei levando flecha de volta aos arqueiros pela manhã e algumas outras atividades menores depois. Na volta do almoço, passei o resto do meu período na tenda de experimentação, onde qualquer pode atirar algumas flechas com um arco-escola e ter o primeiro gostinho do esporte.

A ausência de público faz a atividade ser sub-aproveitada e apenas voluntários, prestadores de serviços e alguns poucos convidados presentes no evento puderam dar seu primeiro tiro. É sempre legal explicar para um leigo sobre o meu esporte, explicar o porquê das coisas, como é um arco, como funciona a competição, quanto custa a brincadeira, onde praticar. Nota-se um certo olhar de gratidão e curiosidade nos outros, que descobrem um novo esporte que até então era algo muito, mas muito distante.

Outro ponto muito legal do evento é ver o comprometimento dos voluntários. Quase todos, assim como eu, estão lá por conta própria, sem receber e fazendo tudo com muito boa vontade. E o mosquitinho picou bem boa parte deles, pois muitos já pediram para participar de vários eventos-teste de outros esportes que estão por vir, como os de ciclismo BMX, mountain bike, tênis, bocha, badminton e outros que ocorrerão até o fim do ano. Podemos esperar uma animação enorme nos Jogos!

A Competição

IMG_8567

Brady Allison. Foto: Acervo pessoal

A grande surpresa do dia no masculino foi com certeza a eliminação do americano Brady Ellison. Ele tem um jeito muito interessante de atirar, com as pernas posicionadas de uma maneira meio peculiar, mas que o dão muito equilíbrio para ele. A sua corda é tão pesada que os tiros saíam a mais de 200km/h toda vez, contra pouco mais de 190km/h do chinês Zhiwei Yong, seu adversário na 1ª rodada. E foi uma bela disputa. Com o vento atrapalhando bastante em alguns momentos, o americano chegou a empatar, mas se fazer uma prova tão limpa, acabou eliminado na estreia por 6-4. O chinês pegou na 2ª rodada logo um dos favoritos, o sul-coreano Ku Bonchan, que venceu por 6-4.

Outro fato muito inusitado veio logo no 1º combate do dia. Campeão olímpico em Pequim-2008, o ucraniano Viktor Ruban não atirava bem, perdendo na estreia para o australiano Taylor Worth. Mas o inusitado veio na 3ª série, quando uma das flechas do Ruban foi pra fora do alvo, acertando a madeira do cavalete. Algum raríssimo pra esse nível de prova. Ele não vem em boa fase já há algum tempo.

No feminino, outra surpresa enorme. A ucraniana Anastasia Pavlova eliminou a 2ª favorita, a sul-coreana Kang Chae Young, por 6-4! A Ucrânia, aliás, vem fazendo uma ótima competição no feminino, colocando as suas 3 arqueiras nas 8as de final! Nenhum brasileiro competiu nesta quinta-feira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s