Mundial de Canoagem – Final

A primeira vitória em prova olímpica pro Brasil e mais ouros pra Alemanha e Bielorrússia.

Canoa

Erlon e Isaquias. Foto: CBCa

Isaquias Queiroz deu mais um show, desta vez ao lado do Erlon Silva e faturou o 1º ouro do Brasil na história em uma prova olímpica na canoagem! Na final do C2 1.000m, os brasileiros começaram bem, saindo na frente. Na parcial de 500m, estavam em 3º, atrás de Polônia e Rússia e seguiram em 3º. Nos últimos 200m, com uma arrancada sensacional, passaram todos e terminaram na frente com 3:38.508, na frente da dupla húngara de Henrik Vasbanyai e Robert Mike com 3:38.836 e dos poloneses Piotr Kuleta e Marcin Grzybowski com 3:39.305. Isaquias tem agora 6 medalhas em Mundiais, sendo 3 ouros e 3 bronzes! E ainda deu a vaga olímpica pro Brasil na prova!

Na final do C1 500m, prova que o Isaquias é bicampeão mundial, o ouro foi pro checo Martin Fuksa, que aproveitou a ausência do brasileiro na prova. Já no C1 200m feminino, Valdenice Nascimento terminou em 6º lugar a 0.7 do bronze e ficou sem medalha. No C2 200m masculino, ouro pros russos Alexey Korovashkov e Ivan Shtyl. Na não usual prova do C4 1.000m, vitória do quarteto da Romênia.

Caiaque

Mark de Jonge . Foto: Balint Vekassy

Bronze em Londres, o canadense Mark de Jonge faturou o ouro no K1 200m com 34.802, seguido do francês Maxime Beaumont e do sueco Petter Menning. Na mesma prova no feminino, mais uma vez vitória maiúscula da neozelandesa Lisa Carrington, com 40.060, mais de meio segundo na frente da polonesa Marta Walczykiewicz e da espanhola Teresa Portela.

Ana Paula Vergutz terminou em 6º no K1 1.000m, sua primeira final em um mundial. O ouro foi pra húngra Erika Medveczky. Depois de vencer o quilometro no sábado, o dinamarquês René Holten Poulsen fez a dobradinha com o ouro no K1 500m. A Eslováquia venceu o K4 1.000m com o quarteto brasileiro terminando em 5º na Final B.

Após 26 provas, a Bielorrússia sai de Milão com 5 ouros, 2 pratas e 3 bronzes, seguida da Alemanha com 4-2-4, Hungria 3-6-4 e Rússia 2-2-1. Na classificação por pontos, a Rússia foi a grande vencedora com 830, seguida de Hungria 785 e Alemanha 654. O Brasil graças principalmente ao Isaquias e à excelente equipe de paracanoagem terminou em 9º com 428 pontos.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Mundial de Canoagem – Final

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s