Mundial de Esportes Aquáticos – Dias 1 e 2

Na sexta, apenas uma eliminatória. Neste sábado, as as 5 primeiras finais do Mundial!

O Mundial começou na sexta com as eliminatórias do trampolim de 1m masculino. Prata no Pan no de 3m, o mexicano Jahir Ocampo fez a melhor marca com 412,70, seguido do chinês Siyi Xie com 404,40 e do ucraniano Illya Kvasha com 402,60.

5km feminino

Pódio dos 5km feminino. Foto: Reuters

Sem Ana Marcella e Poliana, o Brasil não entrou com seus principais nomes na prova dos 5km. Aproveitando a ausência, a americana Haley Anderson, vice-campeã olímpica, venceu para levar o bicampeonato da prova. Ela completou a distância em 58:48.4, com 1s4 de vantagem sobre a grega Kalliopi Araouzou e 2s6 na frente da alemã Finnia Wunram. Betina Lorscheitter terminou em 15º a 1:09.4 e Carolina Bilich em 17º a 1:18.8.

5km masculino

Embed from Getty Images

Após passar apenas em 16º na metade da prova com 10s de diferença, o sul-africano Chad Ho venceu na batida o alemão Rob Muffels, ambos com 55:17.6. Ho, campeão do circuito de maratonas 10km em 2010, leva sua segunda medalha em Mundiais. A 2s4, o bronze foi pro italiano Matteo Furlan. Numa disputa bem mais apertada que a prova feminina, 16 homens chegaram com menos de 10s de diferença. Victor Colonese terminou em 9º a 6s8 e Samuel de Bona foi o 14º a 8s3 do campeão.

Trampolim 3m Sincronizado feminino

Melhores na qualificação, a dupla chinesa formada por Shi Tingmao e a grande Wu Minxia venceu com a espetacular soma de 351,30. Apenas dois 8,5 em toda a prova. O resto, só 9,0 e 9,5. Assim fica difícil alguém superar. A canadenses Jennifer Abel e Pamela Ware, que foram prata no Pan, terminaram com a prata com 319,47 e a australianas Samantha Mills e Esther Qin ficaram com o bronze com 304,20. Esses 3 países conquistaram as 3 vagas olímpicas em jogo. As brasileiras Tammy Galera e Juliana Veloso estavam bem na qualificação, mas com um péssimo último salto terminaram em 18ª e penúltimo lugar.

Foi o 8º ouro seguido da China na prova. Em 7 dessas vezes, Wu Minxia estava presente. Monstro.

Plataforma Sincronizada Mista

Embed from Getty Images

Na estreia da prova em Mundiais, mais um ouro chinês. Si Yajie e Tai Xiaohu venceram com 350,88, bem a frente da dupla canadense de Meaghan Benfeito e Vincent Riendeau com 309,66. Assim como na prova acima, o Austrália com Domonic Bedggood e Melissa Wu ficou com o bronze com 308,22. Muito perto. Ingrid Oliveira e Luiz Felipe Outerelo terminaram em 12º entre 15 duplas com 283,68.

Solo Técnico

Embed from Getty Images

Como esperado, o ouro no nado sincronizado foi para a Rússia. Svetlana Romashina venceu na final com 95,2680. Foi nada menos que o 17º título mundial da Romashina! E virão outros 4. Pode anotar. A prata foi para a espanhola Ona Carbonell com 93,1284, sua 17ª medalha em Mundiais. Completando o pódio, a chinesa Sun Wenyan com 91,5479. O Brasil não disputou essa prova.

Outras Provas

Embed from Getty Images

Na estreia do dueto misto na rotina técnica, a Rússia também ficou na frente com 88,8539, seguida de EUA e Itália. Foram apenas 6 duplas que competiram pela preliminar e todas estão na final. Na preliminar da equipe técnica, Rússia melhor com 95,1829, seguida de China e Ucrânia. O Brasil passa para a final com a 12ª nota com 83,0283. Assim como no Pan, o Brasil ficou atrás de Canadá (6º), México (9º) e EUA (10º).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s