Jogos Pan-Americanos Toronto-2015 – Dia 11

Dia histórico pro hóquei na grama, começam as provas de campo e pista no atletismo e mais ouro no tênis de mesa.

Atletismo

As provas de estádio começaram com tudo! Grandes marcas, recordes e um vento muito forte atrapalhando bastante.

Juliana dos Santos. Fotos: Wagner Carmo/CBAt

Na sessão da manhã, Juliana dos Santos surpreendeu com um grande sprint final e levou o ouro nos 5.000m com 15:45.97, deixando a mexicana Brenda Flores e a americana Kellyn Taylor, que liderou a prova toda, para trás. No lançamento de dardo, um final eletrizante. Jucilene de Lima assumiu a liderança na 4ª tentativa com 60,42m. Na última rodada, Jucilene queimou, aí a americana Kara Patterson fez 61,44 e depois, no último lançamento da final, a canadense Elizabeth Gleadle fez 62,83 pra ficar com o ouro!

Embed from Getty Images

Ainda pela manhã, desastre brasileiro no salto com vara masculino. Numa prova com muito vento, Thiago Braz e Fábio Gomes queimaram as 3 tentativas em 5,40m e ficaram sem marca. O ouro foi pro canadense Shawnacy Barber com 5,80m, deixando o argentino German Chiaraviglio com a prata com 5,75m. Eles alternaram a liderança a prova toda. Nas eliminatórias dos 100m, Ana Cláudia Silva vence a sua bateria com 10.96 (!), mas com vento muito forte de +4,0m/s. Rosângela Santos ficou em 2º na sua bateria com 11.08 e também avançou bem. Nos 100m masculino, Vitor Hugo dos Santos fez 10.31 e não avançou.

Keila Costa. Foto: Rob Schumacher/USA Today Sports

Nas provas da noite, a única medalha veio com Keila Costa. Numa grande final do salto triplo, Keila foi melhorando a cada salto. Sua série na ordem: 13,59, 14,08, 14,19, 14,21, 14,50 e x. O ouro foi pra favorita colombiana Caterine Ibarguen, com uma série sensacional de 14,37, 14,38, 14,74, 14,59, 14,88 e fechando com 15,08, apesar de todas com vento acima dos 2,0. Flávia de Lima mais uma vez com um ótimo tempo nos 800m, vencendo sua bateria com 2:02.39 e indo pra final.

Embed from Getty Images

No arremesso de peso, ouro pro jamaicano O’Dayne Richards com 21,69m, recorde do Pan e 3ª marca do mundo no ano! Darlan Romani ficou bem abaixo da sua melhor marca e terminou em 6º com 19,74m. No martelo feminino, ouro pra venezuelana Rosa Rodriguez com 71,61m. Na pista, dobradinha canadense nos 3.000m com obstáculos masculino, com vitória de Matt Hughes com 8:32.18. Nos 10.000m masculino, mais um ouro canadense, para Mohammed Ahmed com 28:49.96. Giovani dos Santos liderou boa parte da prova, terminou me 4º, mas foi desclassificado por empurrar dois atletas quando ficou encaixotado. Fechando o dia, os 100m com barreiras feminino, com a americana Queen Harrison vencendo com excelentes 12.52, recorde do Pan e 5º tempo do ano!

Hóquei na Grama

Foi o destaque do dia, com certeza!

Comemoração após a vitória. Foto: William Lucas/inovafoto

O Brasil não tinha vaga garantida nos Jogos do Rio. Para isso, precisava ser pelo menos 6º no Pan. Nas 4as de final, pegou a equipe do EUA, muito mais experiente no cenário internacional. Matheus Borges abriu o placar aos 4min do 2º tempo e o Brasil conseguiu segurar o placar até os 27min, quando Tyler Sundeen empatou o jogo.

Com 1-1, a partida foi para os shoot-outs, os pênaltis. Lucas Paixão abriu 1-0 pro Brasil, quando Patrick Harris chutou pra fora. Yuri van der Heijden confirmou dando 2-0 pro Brasil, quando o goleito salvou mais um chute americano. Bruno Sousa marcou o 3º pro país e os americanos finalmente marcaram com Christia Linney. Com 3-1, o Brasil passou pelos americanos e está na semifinal do Pan, algo impensável umas horas antes da partida! Vai disputar medalha e garante a vaga olímpica! Na semifinal, enfrentará o Canadá. Do outro lado, Argentina x Chile.

Embed from Getty Images

Tênis de Mesa – A equipe masculina fez uma campanha perfeita. Não perdeu uma partida sequer e levou o ouro com 3-0 sobre a boa equipe do Paraguai. Nos três jogos, três 3-0 e o 3º ouro seguido do Brasil na prova, sempre com Thiago Monteiro e Gustavo Tsuboi, que dessa vez contaram com a ajuda de Hugo Calderano. No feminino, uma final inédita. Depois de uma semifinal dura contra Porto Rico, quando venceram por 3-1, o Brasil fez um duelo duríssimo com as americanas. Gui Lin perdeu por 3-1, Caroline Kumahara teve match point, mas perdeu por 3-2, e Lígia Silva/Gui Lin perderam nas duplas. Uma prata inédita e muito comemorada pelas meninas.

Embed from Getty Images

Vôlei de PraiaCarol/Lili Horta arrasaram as canadenses Humana-Paredes/Pischke com 21-9 21-14 e ficaram com o bronze. O ouro foi para a dupla argentina Gallay/Klug com 21-17 19-21 15-7 sobre Cuba. Já na final masculina, Vítor/Álvaro Filho e os mexicanos Virgen/Ontiveros se reencontraram após a partida das 8as do Mundial, quando os brasileiros venceram. Mas dessa vez, deu México, com 18-21 21-13 15-8 e levaram o ouro. Pela primeira vez desde 2003 o Brasil sai se ouro no vôlei de praia.

Esgrima – Nas disputas de espada, Nathalie Moellhausen não repetiu o ouro do campeonato pan-americano deste ano, mas ficou com o bronze, ao perder na semifinal para a americana Katharine Holmes, que levou o ouro. Na espada feminina, o venezuelano campeão olímpico dominou por completo. Ruben Limardo venceu na final argentino por 15-6. Nas 8as, ele venceu por um raro 15-0!

Basquete – O Brasil arrasou Porto Rico na estreia do basquete masculino com 92-59. No intervalo, o Brasil vencia por 60-17! Pelo mesmo grupo, EUA 85-62 Venezuela. Pelo outro, Canadá 105-88 República Dominicana e México 86-84 Argentina.

Handebol – No último jogo da primeira fase masculina, o Brasil arrasou a República Dominicana com 48-18! Na semifinal o Brasil pegará o Chile enquanto a Argentina enfrenta o Uruguai. Pintando a 4ª final seguida entre Brasil e Argentina.

Vôlei – O Brasil venceu a Argentina por 3-0 (29-27 25-21 25-22), venceu o grupo e já se garantiu na semifinal. Pelo outro grupo, foi o Canadá que venceu e já está na semifinal. Nas 4as, Argentina x EUA e Porto Rico x Cuba.

Boxe – Mais uma medalha garantida, com a vitória de Joedison Teixeira nos 64kg com 3-0 sobre mexicano e a vaga na semifinal. Nos 81kg, Michel Borges perde 3-0 para venezuelano e nos 69kg, Roberto de Queiroz também perdeu 3-0 para venezuelano.

Embed from Getty Images

Taekwondo – Mais um dia sem medalha. Julia Vasconcelos, que foi bem no Mundial, perdeu na semi e na disputa do bronze para argentina. Ouros para Jose Cobas (CUB) nos 80kg masculino e para a americana Paige McPherson nos 67kg feminino. Destaque pro bronze do americano bciampeão olímpico Steven Lopez, aos 36 anos.

Hipismo – Na primeira rodada qualificatória dos saltos, 3 conjuntos brasileiros zeraram. Pedro Veniss, Felipe Amaral e Eduardo Menezes passaram incólumes, enquanto Marlon Zanotelli derrubou um obstáculo. Ao todo, 30 conjuntos dos 50 participantes zeraram. Por equipe, Brasil, Canadá, Venezuela, EUA e Colômbia estão zerados.

Futebol – Encerrando a 1ª fase, México venceu 4-2 Trinidad & Tobago e Uruguai 1-0 Paraguai. Definidas as semifinais, com Brasil x Uruguai e México x Panamá.

Baseball e Softball – O Brasil venceu sua primeira partida no softball feminino, com 2-1 na República Dominicana. Outros resultados: EUA 7-0 Canadá e Porto Rico 3-2 Cuba. No baseball feminino, Porto Rico 6-5 Cuba e Canadá 9-3 Venezuela.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s