Jogos Pan-Americanos Toronto-2015 – Dia 7

Natação

Etiene Medeiros. Foto: Rob Schumacher/USA Today Sports

Num dia de 8 finais, Etiene Medeiros abriu a piscina vencendo de maneira espetacular os 100m costas! Com sensacionais 59.61, Etiene faturou o primeiro ouro de uma mulher brasileira na natação na história de Pans (os 2 ouros da Rebeca Gusmão em 2007 foram excluídos), bateu o recorde sul-americano e se torna a 1ª sul-americana a baixar da marca de 1min! Com esse tempo, Etiene ficaria em 5ª no último mundial. Maior nome da natação feminina atual, Etiene foi a 1ª campeã mundial do Brasil, 1ª recordista mundial e 1ª campeã em um Pan!

Nos 100m peito masculino, veio o esperado, com a dobradinha brasileira. Felipe França venceu com o tempaço de 59.21 seguido do medalhista no último mundial Felipe Lima, com 1:00.01. Nos 100m costas masculino, Guilherme Guido ficou com a prata com 53.35, atrás do americano vice-campeão olímpico Nick Thoman com 53.20.

Nos 50m livre, Etiene voltou duas horas depois pra piscina para ficar com a prata com excelentes 24,55, mais um recorde sul-americano, atrás da favorita Ariana Vanderpool-Wallace, de Bahamas com 24.38. Na mesma prova no masculino, Bruno Fratus saiu mal, mas ficou com a prata com 21.91, atrás do americano Josh Schneider com 21.86.

Fechando as medalhas brasileiras no dia na piscina, Leonardo de Deus ficou com o bronze nos 400m livre com 3:50.30. Vitória do ídolo canadense Ryan Cochrane com 3:48.29. Manuella Lyrio ficou muito perto de uma medalha, ao ficar em 4ª nos 400m livre feminino com 4:10.92. Nos 100 peito feminino, ouro para a americana Katie Mieli com 1:06.26.

Tiro

Julio Almeida. Foto: Warren Toda/EFE

Dia espetacular pro tiro brasileiro, com dois ouros. Na pistola de 50m, Julio Almeida passou em 6º pra final com baixos 539, assim como Stênio Yamamoto, 2º com 547. Na final, Júlio liderou praticamente a prova toda e venceu com 189,1 contra 186,8 do cubano Jorge Grau. Com o título, o Brasil leva a vaga olímpica em prova que ainda não tinha vaga e aumenta quota para 10 atiradores. Stênio ficou em 7º.

Já no rifle 50m deitado, Cássio Rippel teve um dia perfeito. Assim como na Copa do Mundo de Munique, Cássio foi o melhor na qualificação, com ótimos 625,9. Bruno Heck também avançou a final em 3º com 623,8. Na final, Cássio fez uma excelente prova, somando 207,7 contra 205,5 do americano Michael McPhail, líder do ranking mundial. Tiro com 3 ouros já.

Ciclismo de Pista

Depois do grande primeiro dia da Omnium, Gideoni Monteiro se manteve na segunda colocação após ao 1km contra relógio e a volta lançada. Na corrida por pontos, estava em 2º atrás do colombiano Fernando Rendon, atual campeão mundial da prova. Gideoni não fez muitos pontos nos sprints, mas conseguiu dar uma volta no pelotão. O brasileiro empatou com o argentino, mas nos critérios de desempate ficou com o bronze! Segundo bronze na pista pro Brasil.

No sprint individual masculino, Flávio Cipriano passou das 8as graças a uma relegação do canadense. Já Kácio da Silva perdeu nas 8as para venezuelano, mas venceu na repescagem. Nas 4as, os brasileiros se enfrentaram, com vitória de Flávio por 2-0 uma melhor de três e avança à semifinal neste sábado. No Keirin feminino, Alice de Melo passou pela 1ª rodada, mas na final não se posicionou bem e ficou em 6º, na vitória da canadense Monique Sullivan. Na perseguição por equipe feminina, Canadá venceu os EUA com ótimos 4:19.664 contra 4:26.426 das americanas.

Tiro com Arco – O Brasil quebrou um jejum de nada menos que 32 anos e levou uma medalha de bronze por equipe no masculino. A equipe formada por Marcus Vinícius D’Almeida, Daniel Xavier e Bernardo Oliveira venceu nas 4as o Canadá por 6-0, depois perdeu para os americanos por 6-0. Na disputa do bronze, venceram por 5-3 Cuba e levaram a medalha tão esperada. Na final, o México venceu os EUA por 6-2 e quebrou a invencibilidade americana na prova. Em 9 edições de Pan, 9 ouros pros americanos! No feminino, a equipe brasileira perdeu logo na estreia nas quartas por 5-1 para a Venezuela. O ouro ficou com a Colômbia, com 5-1 no México, que contava com a vice-campeã olímpica Aida Roman. Bronze para EUA.

LutaAline Ferreira pegou logo na estreia a americana Adeline Gray, que a derrotou na final do Mundial do ano passado e perdeu por superioridade da americana, com 10-0. Como Gray chegou na final, Aline foi disputar o bronze, e venceu a porto-riquenha Ana Gonzalez por 10-1. Gray ficou com o ouro na categoria 75kg. Os outros vencedores do dia foram Braxton Stone (CAN) nos 63kg feminino, Dori Yeats (CAN) nos 69kg feminino, Yowlys Bonne (CUB) nos 57kg masculino da luta livre e Brent Metcalf (USA) nos 65kg masculino da livre.

Vela – Bimba e Patrícia Freitas lideram com grande vantagem a classificação do RSX e já tem 9 dedos da mão nos ouros. Robert Scheidt está em 2º na Laser atrás de guatemalteca. Na Medal Race, ele precisa chegar 2 posições na frente. Martine e Kahena na 49erFX devem ficar com a prata atrás das argentinas.

Basquete – O Brasil venceu no seu segundo jogo no feminino 62-57 em Porto Rico. Brasil pega agorsa República Dominicana, que perdeu 94-55 para os EUA, para chegar às semifinais. No outro grupo, Cuba 73-62 Venezuela e Canadá 73-58 Argentina. Cuba e Canadá já nas semifinais.

Hipismo CCE – No adestramento do CCE, Ruy Fonseca foi muito bem e terminou em 1º com nota de 74,10, perdendo 38,90 pontos pro CCE. Carlos Parro foi o 2º melhor brasileiro em 7º com 45,60 pontos perdidos. Por equipe, tudo bem próximo. EUA lidera com 133,0, seguido de Canadá com 133,70 e Brasil com 136,70.

Ginástica Rítmica – Após a apresentação do arco e da bola, Angélica Kvieczynski está em 3ª no geral, com 15,100 no arco e 15,500 na bola. Natália Gaudio está em 8ª com 15,300 no arco (2ª nota) e baixos 12,900 na bola. Nos grupos, Brasil lidera após a apresentação das 5 fitas, com 14,800 contra 14,600 dos EUA.

Handebol – Na estreia masculina, o Brasil arrasou o Canadá com 34.17. Pelo mesmo grupo, Uruguai 33-23 República Dominicana. No outro grupo, Argentina 35-18 Cuba e Chile 33-23 Porto Rico.

Vôlei – Os homens estrearam com vitória tranquila sobre a Colômbia por 3-0, parciais de 25-16 25-13 25-16. Outros jogos Porto Rico 3-1 EUA, Canadá 3-0 México e Argentina 3-1 Cuba.

Vôlei de Praia – A dupla do Uruguai venceu os americanos por 21-15 21-18 na preliminar e vão enfrentar Vítor/Álvaro Filho nas 4as no masculino. No feminino, Carol/Lili também vão enfrentar dupla do Uruguai, que passaram por El Salvador por 2-0.

Golfe – Adilson da Silva ficou com 2 abaixo do par nesta segunda rodada e André Tourinho fez 2 acima. Adilson está em 5º no geral e André em 9º. No feminino, Clara Teixeira fez 10 acima, que está em 24ª no geral. Por equipe, Brasil em 8º.

Hóquei na Grama – Na última rodada feminina, EUA 12-0 Cuba e Chile 3-0 Uruguai pelo Grupo B e Argentina 12-0 República Dominicana e Canadá 4-0 México no Grupo A.

Futebol – Pelo Grupo B do masculino, México 1-0 Uruguai e Paraguai 5-1 Trinidad & Tobago.

Baseball e Softball – No encerramento da primeira fase do baseball masculino, Porto Rico 5-3 Nicarágua, República Dominicana 4-1 Colômbia e EUA 4-1 Canadá. Nas semifinais, teremos Canadá x Porto Rico e EUA x Cuba. No softball masculino, tivemos já semifinais, com Venezuela 1-0 EUA e Canadá 2-0 Argentina.

Squash – EUA venceu o Canadá por 2-0 na final por equipe feminina e dando o 3º ouro no Pan para Amanda Sobhy. No masculino, ouro para o Canadá, com 2-0 no México.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s