Jogos Pan-Americanos Toronto-2015 – Dia 5

No dia das pratas, decepção no remo e na ginástica, mas a natação continua a dominar no masculino. Brasil subiu para 3º lugar no quadro de medalhas enquanto o Canadá segue na frente, mas com os EUA encostando.

Natação

Mais um dia ótimo no masculino e mais recordes no feminino.

Com uma piscina final sensacional, João de Lucca venceu os 200m livre com 1:46.42, recorde do Pan. Nos 200m peito, foi a vez dos Tiagos! Tiago Simon venceu com o ótimo tempo de 2:09.82, recorde do Pan também e 14º tempo do mundo no ano, o que pode colocá-lo numa final do Mundial. Em sua primeira prova individual no Pan, Thiago Pereira ficou com o bronze com 2:11.93.

Thiago Pereira nos 200m peito. Foto: Getty Images

Nos 200m costas, Leonardo de Deus ficou com o bronze com 1:5.27, atrás de dois americanos. Fechando o dia, o revezamento 4x200m livre masculino. Luiz Altamir de Melo abriu muito bem para 1:48.39. Depois, João de Lucca, Thiago Pereira e Nicolas Oliveira fecharam numa disputa forte com os americanos, mas vencida pelos brasileiros. O 5º ouro masculino em 7 provas veio com 7:11.15, recorde do Pan, contra 7:12.20 dos americanos, que haviam sido desclassificados por conta de uma tala nos dedos de um nadador, mas após recurso, a prata foi retomada. Com as duas medalhas do dia, Thiago Pereira se torna o brasileiro com mais medalhas em Pans, 21 no total

Embed from Getty Images

No feminino, a única medalha foi de Manuella Lyrio nos 200m livre com 1:58.03, novo recorde sul-americano, o 4º das meninas neste Pan! A vitória ficou com a campeã olímpica da prova em Londres Allison Schmitt com 1:56.23. Nos 200m costas, Joanna Maranhão terminou em 5º, mas bateu o 5º recorde sul-americano das meninas com 2:12.05. A canadense Hilary Caldwell venceu com 2:08.22 com recorde do Pan. Nos 200m peito, mais um ouro pro Canadá com Kierra Smith com 2:24.38, recorde do Pan.

Levantamento de Peso

Fernando Reis. Foto: Getty Images

Campeão em 2011, o título de homem mais forte das Américas se manteve com o Fernando Reis. A sua vantagem foi imensa na categoria acima de 105kg. No arranco, ele fez 192kg contra 170kg do 2º melhor. No arremesso, com 235kg, Fernando somou 427kg no total, acima das suas marcas nos últimos mundiais. Em 2014, ele foi 9º, mas seria 5º com essa marca! As 3 marcas dele são recordes do Pan.

Nos até 105kg, Mateus Machado fez 175kg no arranco e 202kg no arremesso. Com 377kg no total, ele ficou com a medalha de prata, atrás apenas do venezuelano Jesus Barrios com 385kg, 1º ouro da Venezuela nesse Pan. No acima de 75kg feminino, mais um ouro pra Venezuela com a Yaniuska Espinosa com 263kg total.

TiroEmerson Duarte foi muito bem na pistola de fogo rápido 25m masculina, ficando com a medalha de prata. Na quali, ele terminou em 4º com 579. Na final, na 6ª série, ele, o americano Brad Balsley e venezuelano estavam empatados em 24. Na 7ª, o americano fez 29, mas ele e o venezuelano empataram em 27, mas o brasileiro venceu o desempate. Na última série, o americano ficou com o ouro com 32 contra 31 pontos do brasileiro. Grande prova. Na pistola de 25m feminina, o 2º ouro do Pan pra canadense Lynda Kiejko.

Embed from Getty Images

Badminton – Nas duas finais com Brasil, duas derrotas e duas pratas. Nas duplas femininas, as irmãs Luana e Lohaynny Vicente conquistaram uma prata espetacular perdendo de 21-14 21-6 para americanas Eva Lee/Paula Lynn Obanana. Nas duplas masculinas, Hugo Arthuso/Daniel Paiola perderam 21-18 21-16 para americanos Phillip Chew/Sattawat Pongnairat.

Pólo Aquático – O Brasil não repetiu a grande vitória da Liga Mundial e perdeu para os americanos na final do pólo aquático masculino, por 11-9. Em nenhum momento o Brasil ficou na frente do placar. Bronze para o Canadá, com 16-8 na Argentina.

Embed from Getty Images

Ginástica Artística – No último dia, o Brasil encerrou sua participação bem mal. Apenas um bronze no dia, com Caio Souza na final do salto com 14,925. Vitória do cubano Manrique Larduet com 15,125. O colombiano Jossimar Moreno venceu dois ouros, nas barras paralelas e na barra fixa, obtendo 15,700 em ambas as provas! Notaças! No feminino, Flávia Saraiva decepcionou, com uma queda na trave, prova que era favorita e ficou sem medalha. A canadense Ellie Black se deu bem e levou a trave com 15.050 e o solo com 14,400. Foram apenas 5 medalhas brasileiras, muito abaixo do esperado.

Vela – Os velejadores brasileiros lideram apenas em 2 classes. Após 7 regatas, Bimba e Patrícia Freitas seguem líderes na RSX. Robert Scheidt não embalou e está em 3º na Laser. Kahena e MArtine que estão muito longe do esperado. Após 8 regatas estão em 4º lugar! Nas classes não-olímpicas, apenas na Lightning o Brasil está em posição de medalha, em 2º lugar.

Remo – Nem com a favoritíssima Fabiana Beltrame o Brasil se salvou no remo. Na final do single skiff peso leve, ela ficou com a medalha de prata, perdendo para americana por 5 segundos. Canadá deu show com 3 ouros nesta quarta, no Quatro Sem Leve masculino, no Skiff Quádruplo feminino e no Oito Com masculino. Cubano Angel Fournier venceu o single skiff masculino. Em 10 provas que participou, o Brasil foi último em 5. Campanha patética do remo brasileiro.

Tênis – Bia Haddad Maia e Paula Cristina Gonçalves estrearam já na semifinal das duplas, mas decepcionaram e perderam no super tiebreak para mexicanas e vão disputar o bronze. Na final masculina, Facundo Bagnis (ARG) venceu 61 62 Nicolas Barrientos (COL). Nas duplas masculinas, a dupla chilena Nicolas Jarry/Hans Podlipnik Castillo venceram 64 76(5) Guido Andreozzi/Facundo Bagnis. Nas duplas mistas, Andreozzi e Maria Irigoyen veneram 63 60 canadenses Philip Bester/Gaby Dabrowski.

Tiro com Arco – Nos combates femininos, as 3 brasileiras venceram na estreia, mas perderam nas 8as de final. Sarah Nikitin perdeu 6-2 para mexicana Karla Hinojosa, Larissa Feitosa perdeu 6-0 para colombiana Natalia Sanchez e Ane Marcelle dos Santos perdeu 6-2 para colombiana Ana Maria Rendon. As semifinais serão entre Hinojosa e Rendon e entre Kathuna Lorig (USA) e Aida Roman (MEX).

Embed from Getty Images

Futebol – Com direito a 5 gols de Cristiane, o Brasil arrasou de virada o Equador no futebol feminino, vencendo por 7-1. Costa Rica surpreendeu vencendo o Canadá por 2-0.

Vôlei de Praia – Vítor e Álvaro Filho venceram pela 3ª vez com 21-14 33-31 sobre dupla mexicana Virgen/Ontiveros, ficando em 1º no grupo.

Embed from Getty Images

Luta Greco-Romana – Os americanos chegaram a 3 das 4 finais da greco-romana. Andrew Bisek nos 75kg e Jon Anderson nos 85kg venceram por superioridade, com 8-0 e 9-0 respectivamente. A Venezuela desencantou no dia, levando seu 3º ouro nos 66kg, com Wuileixis Rivas com 13-1 sobre americano. Nos 59kg, ouro pro equatoriano Andres Montaño.

Hóquei na Grama – Na segunda rodada feminina, pelo Grupo A, Argentina 5-0 Canadá e México 1-1 República Dominicana. No B, EUA 2-0 Chile e Uruguai 3-2 Cuba.

Squash – A equipe feminina do Brasil perdeu os dois confrontos do dia, para Colômbia e Canadá, ambos por 3-0 e estão eliminadas.

Baseball e Softball – No baseball masculino, EUA 6-0 Nicarágua, Porto Rico 8-7 Colômbia e Cuba 9-5 República Dominicana. No softball masculino, Venezuela 5-1 México, Argentina 3-1 EUA e Canadá 7-2 República Dominicana.

Quadro de Medalhas após 5 dias

Quadro Dia 5

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s