Jogos Pan-Americanos Toronto-2015 – Dia 3

A canoagem e o badminton mostraram que estão em grande evolução. O judô medalha muito, mas abaixo do esperado. Linda prata nos saltos ornamentais um bronze especial na ginástica da pequena notável.

Ginástica Artística

Captura de Tela 2015-07-13 às 21.52.42

Flávia Saraiva. Foto: Reprodução TV

A pequenina Flávia Saraiva está cada vez maior. Aos 15 anos e 1,33m de altura e em seu primeiro ano como adulta, vem fazendo bonito no Pan e ficou com o bronze no individual geral com ótimos 57,050 na somatória dos 4 aparelhos, pontuação que a colocaria em 7º lugar no Mundial do ano passado! Ela ficou com a melhor nota do solo e a 2ª melhor na trave, graças a um enorme desequilíbrio. Flavia fcou atrás da canadense Ellie Black com 58,150 e da americana Madison Desch com 57,450. Grande prova de Daniele Hypolito, com um excelente 5º lugar com 55,250.

Não veio medalha na final masculina, mas Caio Souza obteve um excelente 4º lugar com 88,850, o que o deixaria em 8º no último mundial. Na forte prova, ouro pro americano Sam Mikulak com 89,650 e prata pro cubano Manrique Larduet com 89,600. Muito muito perto após uma nota polêmica do cubano na barra fixa, último aparelho. Bronze pro colombiano Jossimar Moreno com 89,400.

Canoagem

Show da canoagem brasileira que demonstrou grande evolução, levando 4 medalhas no dia em 5 provas.

Isaquias com seu ouro do C1 1.000m. Foto: CBCa

Isaquias Queiroz confirmou que é um dos melhores do mundo e venceu o C1 1.000m com 4:07.866, deixando o canadense medalhista olímpico em 2º a 1.721. Ele ainda voltou à raia ao lado de Erlon de Souza para ficar com a prata no C2 1.000m, apenas 0.801 da dupla do Canadá.

Até aí OK. Mas as surpresas vieram no caiaque! Celso de Oliveira Jr e Vagner Souto ficaram com o bronze no K2 1.000m atrás de Cuba a Argentina e Ana Paula Vergutz também foi bronze no K1 500m, levando a primeira medalha feminina da história do Brasil em Pans. Terça em mais!

Judô

O judô chegou muito badalado, mas não vem fazendo o Pan esperado. Apesar de 9 dos 10 judocas que lutaram terem medalhado, o excesso de bronzes é um fracasso. Tiago Camilo salvou o dia, ficando com o ouro nos 90kg, conquistando o tricampeonato pan-americano seguido! Na final, derrotou o cubano Asley Gonzalez, prata em Londres, por shido. Tiago já tinha vencido o cubano esse ano na final do campeonato pan-americano.

Os outros 3 judocas que lutaram hoje foram bronze. Maria Portela perdeu na semi dos 70kg para o excelente canadense Kelita Zupancic, que acabou com o ouro, mas venceu mexicana e ficou com o bronze. Mariana Silva não é a melhor da sua categoria (63kg) e o bronze até era esperado. Mas a derrota de Victor Penalber na semi para cubano foi bem questionada, principalmente se observarmos o estado físico do brasileiro, aparentando muito cansaço ainda no meio da luta. Na disputa do bronze, venceu porto-riquenho por ippon.

Saltos Ornamentais – Bela medalha de prata de Ingrid de Oliveira e Giovanna Pedroso para calar aqueles que criticaram o zero da Ingrid na prova individual. elas conquistaram a prata na plataforma sincronizada feminina com 291,36, atrás apenas da dupla canadense bronze em Londres com 316,89 e a frente das mexicanas vice-campeãs olímpicas em Londres! O México venceu as duas provas sincronizadas do trampolim e Cuba faturou a plataforma sincronizada masculina.

Pólo Aquático – O Brasil confirmou e venceu a Argentina na semifinal masculina por tranquilos 15-9 e está na final, onde pegará os EUA, que passaram por apertados 9-8 pelo Canadá. A vaga olímpica em jogo vai para os americanos.

Levantamento de Peso – Veio a primeira medalha do Brasil na modalidade em Toronto. Nos 63kg feminino, Bruna Nascimento levantou 90kg no arranco e 112kg no arremesso, totalizando 202kg e dando-lhe a medalha de bronze, atrás da colombiana Mercedes Tigrero com 235kg e de cubana com 203kg. Dia de Cuba nas provas masculinas, com Addriel La O nos 77kg levantando 338kg no total e Yoelmis Hernandez com 370kg na categoria 85kg, recorde dos Jogos.

TiroBruno Heck passou em 6º para a final do rifle de ar 10m masculino com 614,3. Na final, por muito pouco não medalhou, terminando em 4º. Vitória do americano Connor Davis com 202,5 e vaga olímpica para EUA e Venezuela. Na mesma prova no feminino, ouro para a mexicana Goretti Zumaya com 204,8 contra 204,7 da argentina Fernanda Russo. Na fossa feminina, ouro para a canadense Amanda Chudoba, que venceu no segundo tiro do desempate após 11-11 na final contra a americana Kayle Browning. Janildes Ferreira ficou em 5ª na semifinal.

Badminton – Brasil com bela evolução no esporte e já garantiu 3 medalhas neste Pan, todos nas duplas. Nas masculinas, Daniel Paiola e Hugo Arthuso venceram guatemaltecas 21-15 21-18 e estão na semifinal. Nas femininas, as irmãs Lohaynny e Luana Vicente venceram dominicanas 21-8 21-10 e nas mistas Alex Tjong e Lohaynny venceram jamaicanos por 21-11 21-17. No individual, 4 derrotas, de Daniel Paiola, Ygor de Coelho, Fabiana Silva e Lohaynny. Brasil só perde para EUA e Canadá, que garantiram 6 medalhas cada.

Tênis – Paula Cristina Gonçalves perdeu a segunda rodada para a paraguaia Veronica Cepede por 64 61. Nas duplas mistas, João Menezes e Gabriela Cé perderam 62 62 para colombianos nas 4as. Só restaa dupla feminina que estreia direto na semifinal.

Vôlei de Praia – Sem dificuldades, Carol/Lili venceram dupla da Nicarágua por 21-7 21-3 e Vítor/Álvaro Filho passaram por dupla de Aruba com 21-10 21-13.

Vela – Muitas regatas no dia e o Brasil lidera na Laser Radial com Fernanda Decnop, na RSX masculina com o Ricardo Santos e na RSX feminina com Patrícia Freitas. Martine Grael/Kahena Kunze na 49erFZ estão em 2º lugar após 4 regatas e Robert Scheidt é 5º na Laser.

Remo – Cada vez mais provado que o remo brasileiro está um lixo. Quando disputou final, ficou em último. Canadá faturou no double skiff feminino e no Quatro Sem masculino. EUA venceu os Dois Sem feminino e Cuba ganhou no double skiff masculino.

Hóquei na Grama – Na abertura da modalidade, com disputas femininas, a Argentina arrasou o México com 9-0, Canadá passeou com 12-1 an República Dominicana, EUA 5-0 no Uruguai e Chile 7-2 em Cuba.

Squash – Miguel Rodriguez (COL) foi ouro no masculino com 3-1 sobre Diego Elias (PER) e no feminino, na final americana, vitória de Amanda Sobhy 3-0 em Olivia Blatchford.

Patinação de Velocidade – Festa da Colômbia, com ouro nos 500m feminino com Hellen Andrea Rios e nos 500m masculino com Pedro Armando Rojas. Na corrida 10.000m por pontos, ouro para a Argentina no feminino e pro México no masculino.

Baseball e softball – No baseball, Cuba 8-1 Porto Rico, EUA 5-3 Colômbia e Canadá 6-4 Nicarágua. No softball masculino, México 5-3 Argentina, Venezuela 5-1 República Dominicana e Canadá 3-2 EUA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s