Jogos Pan-Americanos Toronto-2015 – Dia 1

Dia ruim, com várias decepções e medalhas perdidas.

Judô

Se foram várias decepções, no judô foi 100% de medalha! Não como queríamos, mas vieram 3.

Nathalia Brígida perdeu na semifinal pra medalhista olímpica e mundial, a argentina Paula Pareto. Na disputa do bronze, Nathalia venceu por 2 yukos a equatoriana Diana Cobos para faturar a 1ª medalha do Brasil em Toronto!

Na final dos 60kg masculino, Felipe Kitadai bobeou e levou um ippon do equatoriano Lenin Preciado aos 26s de luta! Deixou a perna e o adversário aproveitou. Uma prata amarga.

Já na final dos 52kg, Érika Miranda fez parecido. Ela aproveitou a bobeada da canadense Ecaterina Guica e deu um waza-ari, levantou e deu outro waza-ari! Sensacional e o primeiro ouro brasileiro no Canadá!

Ginástica Artística

Mesmo sem sua equipe principal completa, o Brasil fez bela prova por equipes e somou 264,050, ficando apenas atrás dos americanos com 267,750. Bronze para a Colômbia com 259,300. Brasil foi o melhor país nas argolas e no salto e perdeu o ouro no solo, com notas ruins.

Avançaram apra as finais do individual geral Caio Souza em 5º e Lucas Bitencourt em 7º. Para as finais por aparelho Arthur Nory no solo, no salto e na barra fixa, Arthur Zanetti melhor nota nas argolas com 15,800, Lucas na barra fixa e cavalo com alças, Caio melhor nota no salto e 4º nas barras paralelas e Francisco Barreto no cavalo com alças e barras paralelas.

Saltos Ornamentais – Dois ouros pro México. Rommel Pacheco começou com um péssimo primeiro salto, mas fez grande prova pra levar o trampolim com 483,35, seguido de Jahir Ocampo (MEX) 442,15 e Philippe Gagné (CAN) 421,20. César Castro fez grande prova de recuperação, mas terminou em 4º com 411,55. Na plataforma feminina, Paola Espinosa (MEX) venceu mais um ouro em Pans com 383,20, seguida das canadenses Roseline Filion com 377,60 e Meaghan Benfeito com 357,45. Ingrid de Oliveira foi 6ª e Giovanna Pedroso 7ª.

Ciclismo BMX – Os favoritos não terminaram as finais. A campeã olímpica Mariana Pajón foi uma delas. O ouro no feminino foi para a americana Felicia Stancil, seguida de Domenica Gonzalez (ECU) e Mariana Diaz (ARG). Priscila Carnaval ficou em 4º a 3s do bronze. No masculino, ouro pro canadense Tory Nyhaug seguido de Alfredo Vintimilla (ECU) e Nicholas Long (USA). Anderson de Souza Filho ficou em 4º a 0.2 do bronze! Renato Rezende teve problema na semi e nem pegou final.

Rugby 7s – O Brasil começou perdendo 36-0 para o Canadá e 26-7 para os EUA no feminino, mas venceu a Argentina 22-5 e segue com chances de disputar o bronze. No masculino, pelo Grupo B, o Brasil perdeu 19-7 para a Argentina e 26-14 pro Canadá, mas venceu 31-5 a Guiana, ficando em 3º no grupo. Nas 4as de final, pega o Uruguai. Outros jogos: EUA x Guiana, Canadá x Chile e Argentina x México.

Nado Sincronizado – Como esperado após as rotinas técnicas, Brasil ficou em 4º no dueto e na prova por equipe. Em ambas o pódio foi idêntico: Canadá, México e EUA. Mexicanas cresceram muito e o Brasil regrediu no esporte. Demais.

TênisJoão Menezes é o único ainda vivo no masculino. Ele venceu de virada Nicolas Jarry (CHI) por 57 63 64 e está na 3ª rodada. Orlando Luz perdeu 61 76(9) para o americano Dennis Novikov. No feminino, Paula Cristina Gonçalves venceu de virada 26 63 76(4) Daniela Seguel (CHI). Gabriela Cé perdeu 63 46 63 para Gaby Dabrowski (CAN).

Pólo Aquático – O Brasil precisava vencer Porto Rico no feminino por 9 gols para ficar em 1º no grupo, mas não conseguia abrir e foi pro intervalo empatado em 7-7. As meninas até tentaram abrir, mas venceram por 17-10. Se tivessem feito um gol a mais, empatariam no saldo com o Canadá, mas passariam no gols pró. Decepção, o 2º lugar no grupo e agora vão enfrentar as americanas na semifinal. Do outro lado, EUA x Cuba. No masculino, Brasil x Argentina e EUA x Canadá.

Triatlo – A chilena Barbara Riveros seguiu com sua ótima temporada e venceu a prova de triatlo com 1:57:18, 30s melhor que a mexicana Paola Diaz e 37s na frente de Flora Duffy, de Bermudas. Pamella Oliveira chegou a ficar na frente ao lado de Duffy e de uma americana no ciclismo, mas foi ficando pra trás e terminou na decepcionante 10ª posição a 2min47s. Luisa Baptista foi 17ª e Beatriz Neres 18ª.

Maratona Aquática – 4ª no último Pan, a americana Eva Fabian levou os 10km no photo finish. Ela e a venezuelana Paola Sierra completaram em 2:03.17.0, mas a americana levou na foto. Bronze para a equatoriana Samantha Salinas a 0.1. Carolina Bilich terminou em 10ª a 1:23.3.

Canoagem – Na primeira final do dia e do Pan, o Canadá venceu o K4 500m feminino com 1:36.495. Cuba e Argentina completaram o pódio. O Brasil ficou em 5º com 1:41.297. Ana Paula Vergutz venceu sua eliminatória do K1 500m com mais de 4s de vantagem e se garantiu na final da prova.

Hipismo Adestramento – Os americanos dominaram o adestramento com Steffen Peters (USA) liderando no Prix St. George com 77,240. Leandro Aparecido da Silva 11º com 69,474, João Victor Oliva 15º com 69,184, João Paulo dos Santos 19º com 67,842 e Sarah Waddel 26ª com 65,632 entre 42 conjuntos. Por equipe, o Brasil está em 4º com 206,500, atrás de Estados Unidos, Canadá e México, que teve uma bonificação de 1,5% sobre a nota de um dos conjuntos.

Levantamento de Peso – Dia perfeito pra Colômbia, com duas dobradinhas no masculino! Nos 56kg, vitória de Habib de la Rosa com 269kg no total (recorde dos Jogos no arremesso com 152kg). Carlos Andres Gonzalez (COL) prata com 265kg e Luis Brito (DOM) bronze com 256kg. Nos 62kg masculino, Oscar Mosquera (COL) venceu com 310kg, seguido de Francisco Valencia (COL) 305kg e Jesus Sanchez (VEN) com 283kg. No feminino, Candida Hernandez (DOM) venceu com 181kg (recorde total e 81kg no arranco, recorde do Pan), seguida de Ana Iris Segura (COL) com 180kg (recorde no arremesso com 103kg) e Beatriz Candelario (DOM) com 175kg.

Badminton – No feminino, Lohaynny Vicente 21-10 21-9 em Melissa Perez (CUB), Fabiana Silva 21-5 21-4 em Priscilla Tjitrodipo (SUR) e Luana Vicente 21-17 21-11 em Camila Macaya (CHI). No masculino, Daniel Paiola venceu 21-16 21-17 Leodannis Martinez (CUB) e Ygor Coelho 19-21 21-8 21-12 em Federico Diaz (ARG). Já Alex Tjong perdeu 21-14 21-13 para Mario Cuba (PER). Nas duplas mistas, Alex e Lohaynny venceram 21-10 21-18 dupla da Guatemala e Hugo Arthuso/Fabiana Silva perderam 21-16 16-21 21-16 para mexicanos.

Futebol – Brasil estreou com vitória no feminino de 3-0 sobre a Costa Rica. Pelo mesmo grupo, Canadá 5-2 Equadro. Pelo outro grupo, Colômbia 1-0 México e Argentina 2-2 Trinidad & Tobago.

Remo – Péssimo dia para o Brasil. Nas 4 provas com eliminatórias, os brasileiros só conseguiram avançar para uma Final A, com Caroline Corado/Sophia Py no double skiff peso leve pegando a última vaga na repescagem. No single skiff masculino, no double skiff masculino e double skiff peso leve masculino, Brasil disputa Final B.

Patinação Artística – Em busca do tetra seguido em Pan, Marcel Sturmer obteve a melhor nota no programa curto com 133,40. No feminino, Talitha Haas ficou com a segunda colocação com 118,20 ayrás da argentina Giselle Soler com 130,00.

Squash – Thaisa Serafini venceu 3-0 Karla Urrutia (MEX) e avançou para as 4as de final. Tatiana Damasio perdeu 3-0 para americana Olivia Blatchford.

Baseball – Na primeira rodada masculina, Cuba venceu a Colômbia por 10-3, Porto Rico 10-9 nos EUA e Canadá 4-1 República Dominicana.

Quadro de medalhas após o 1º dia:

Captura de Tela 2015-07-12 às 00.38.03

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s