Mundial de Tênis de Mesa – Dias 1 e 2

Lá Os dois primeiros dias foram basicamente de rodadas qualificatórias e as duas primeiras rodadas das duplas mistas.

Individual Masculino

Thiago Monteiro. Foto: CBTM/Divulgação

 

Na fase de grupos, todos os favoritos avançaram sem grandes dificuldades. Entre eles, o único brasileiro que não entrou direto na chave final, Thiago Monteiro. Thiago começou vencendo o uzbeque Gennadiy Levchenko por 4-0 (11-9 11-9 11-5 11-3) no domingo e nesta segunda-feira passou em um jogo duro pelo tunisiano Kerem Ben Yahia por 4-1 (11-5 15-13 10-12 12-10 18-16). Ele ficou com o título do grupo e avançou para a fase preliminar. Lá, venceu por 4-1 (11-6 6-11 11-4 11-5 12-10) o cazaque Samat Beisenov e se classificou para a chave final.

Entre os classificados, o mexicano Marcos Madrid, o veterano nigeriano Segun Toriola de 40 anos que esteve em 6 Olimpíadas e é tetracampeão dos Jogos Africanos, o argentino Gaston Alto, o bom paraguaio Marcelo Aguirre (fez um jogo duríssimo contra turco e venceu por 4-3). Bom para dois países que tem relações bem conturbadas, Irã e Israel, que classificaram dois atletas cada.

Individual Feminino

Sem disputar competições internacionais a mais de um ano, a chinesa Mu Zi teve que disputar a fase de grupos para azar das suas concorrentes. Duas vezes vice-campeã mundial nas duplas mistas, ela venceu os 3 jogos sem perder um set sequer.

Entre as latinas classificadas, a porto-riquenha Daniely Rios de 19 anos, a colombiana Lady Ruano, a talentosa uruguaia Maria Lorenzotti, a chilena Paulina Vega e a colombiana Angie Umbacia. As vencedoras dos grupos avançaram para a chave principal, sem precisar disputar rodada preliminar.

Duplas

Hugo Calderano e Caroline Kumahara. Foto: CBTM/Divulgação

 

O Mundial começou de verdade apenas para as duplas mistas, com 2 rodadas disputadas. Hugo Calderano e Caroline Kumahara embalaram e venceram as duas partidas disputadas nesta segunda. Na 1ª rodada, 4-1 em dupla da Mongólia. Na 2ª rodada, passaram com 4-0 pelo australiano Kane Townsend e pela porto-riquenha Adriana Diaz. Eles já igualaram os feitos de Gustavo Tsuboi/Jessica Yamada em 2013 e Claudio Kano/Monica Doti em 1987. Se vencerem, obtém o melhor resultado da história do Brasil nas mistas.

Gustavo Tsuboi e Gui Lin venceram na estreia 4-1 sobre dupla de Israel, mas acabaram surpreendidos por um dupla do País de Gales, bem inferiores, por duros 4-3.

A única dupla chinesa na disputa, Yan An e Wu Yang, sofreu. Na estreia precisaram de 4-3 para passar pelo sérvio Aleksandar Karakasevic e pela lituana Ruta Paskauskiene, tetracampeões europeus, e na 2ª rodada precisaram de 4-2 sobre croatas. Atuais campeões da Coreia do Norte venceram tranquilos.

Cazuo Matsumoto e Thiago Monteiro venceram na qualificatória dois jogos por 3-0 e se classificaram para a chave final de duplas masculinas.

O Mundial começa de vez nesta terça com 10 jogos com brasileiros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s